Curiosidades

Prince Jackson diz que seu pai, Michael Jackson, sentia-se inseguro sobre seu vitiligo

0

Michael Jackson é considerado o Rei do Pop e mantém até hoje seus recordes nas paradas musicais. Mesmo depois de uma década de sua morte, ele ainda serve de inspiração para incontáveis artistas e produções. É inegável que Michael teve uma carreira astronômica, incomparável e polêmica.

Além de alcançar o topo da Billboard, parada musical americana, nove vezes, o cantor possui uma marca de 30 músicas que entraram no top 10. As vendas de álbuns e número de público em seus shows também foi algo absurdo e assustador para quem acompanhou a carreira do Rei do Pop.

Michael começou bem cedo e enfrentou diversas barreiras em sua carreira, que foi ascendendo de forma meteórica. E quando ele era vivo, ele era conhecido pelos mistérios da sua vida pessoal. Dentre vários mistérios, um dos mais discutidos sobre a vida de Michael Jackson era a sua aparência, principalmente sua mudança ao longo dos anos.

Pele de Michael Jackson

Diário do nordeste

Uma mistura de procedimentos estéticos e questões dermatológicas levaram o artista a ser um dos rostos mais reconhecidos, e debatidos, do mundo. Uma dessas questões era o vitiligo que Michael tinha.

Agora, seu filho mais velho, Prince Jackson, disse que o pai era muito preocupado com sua pele. Recentemente, Prince participou do podcast “Hotboxin with Mike Tyson”, onde ele contou sobre seu pai, falecido em 2009.

De acordo com o jovem de 26 anos, as pessoas pensavam que quando Michael “estava mudando de pele porque queria ser branco, estava mudando porque queria brilhar. Ele queria ser uma luz, ele queria brilhar”.

O apresentador do podcast perguntou a Prince se Michael Jackson tinha contado para ele isso, e Prince disse que quando ele era mais jovem, seu pai conversava com ele a respeito de como lidar com o vitiligo.

“Ele tinha muita insegurança, parecia meio manchado em sua aparência. Então ele queria ver se conseguia suavizar sua aparência, para ajudar na segurança de sua aparência física”, disse Prince.

Ainda de acordo com o filho do Rei do Pop, o “brilho” pode ter sido parte disso porque Michael “era visionário do jeito que ele pensava”. Em 1993, o cantor falou em uma entrevista para Oprah Winfrey sobre o seu problema de pele. “Tenho um distúrbio de pele, a pigmentação da minha pele. É algo que não posso evitar”, disse Michael na época.

O cantor morreu aos 50 anos por conta de uma intoxicação aguda por propofol.

Trabalho

A carreira de Michael Jackson é conhecida por praticamente todo mundo. Contudo, quando as pessoas pensam nos trabalhos feitos por Michael, o que vem à mente são seus álbuns. No entanto, quem não acompanha muito o mundo dos jogos, pode não saber que várias celebridades já fizeram parcerias com determinado jogo, como por exemplo, o jogo lançado em 1994 “Sonic the Hedgehog 3”, que teve uma participação extremamente especial.

Além da parceria na trilha sonora, o Rei do Pop, Michael Jackson, trabalhou junto com a Sega para criar um jogo interativo lançado um ano antes. Até agora, parece que as pessoas não se lembravam desse fato, ou pelo menos não tinham visto todas as imagens que Michael tinha produzido. Tanto é que foi em um bazar de venda de carros que uma filmagem rara do jogo foi descoberta. Claro que logo esse vídeo do eterno Rei do Pop foi compartilhado na internet.

O jogo em questão se chama “Scramble Training” e foi lançado em 1993. Ele é uma mistura entre os games de arcade de tiro e um passeio interativo pelos parques temáticos da Sega World. O que Michael fazia nesse jogo era o papel de narrador que guiava quem estava jogando.

Essas filmagens raras estavam em uma fita master chamada “Sega AS-1 (Michael Jackson Vers)”. Ela foi vendida por um parente de um ex-funcionário da Sega Amusement Europe. Quando o grupo de fãs da Sega e Oxford Duplication Center encontraram esse conteúdo, eles o retiraram e o colocaram no YouTube, tendo gravações em inglês e japonês.

De acordo com o site Gaming Alexandria, essa é supostamente a primeira cópia que se tem conhecimento do jogo. Por conta disso, vários mistérios ainda o cercam. Um desses grandes rumores da época em que “Sonic the Hedgehog 3”, em 1994, foi lançado era que Michael Jackson tinha sido responsável pela trilha sonora do game.

Apenas agoraYuji Naka, o criador do personagem, falou publicamente sobre esses rumores antigos. De acordo com o Consequence of Sound, o criador admitiu a veracidade das especulações. A confirmação veio através de uma sequência de tuítes comemorando o 31º aniversário do primeiro jogo da franquia, que foi lançado em 1991.

Ainda com informações do site, o que parece ter motivado essa revelação depois de tantos anos foi a chegada do “Sonic Origins”, que é uma compilação remasterizada dos quatro primeiros jogos do personagem. Esse jogo chegou no dia 23 de junho de 2022.

Em um tweet, Naka perguntou: “O Sonic Origins Sonic 3 tem uma música diferente?”. Depois disso, ele explicou toda a confusão a respeito da discrepância do relançamento: “Oh meu Deus, a música para Sonic 3 mudou, mesmo que a Sega use a música de Michael Jackson”.

Ainda sobre Michael e o jogo, o criador fez um post com uma foto aérea do Rancho Neverland, propriedade do Rei do Pop. No post ele escreveu: “Esta é uma foto tirada por mim com minha câmera quando fomos à casa dele em seu helicóptero. Está bem desbotado. Tenho saudade”.

Fonte: CNN,  Rolling Stone

Imagens: YouTube, Diário do nordeste

Bebê nasce com 26 dedos e é considerada a “reencarnação da deusa hindu”

Previous article

RNA de tigre-da-tasmânia extinto é recuperado pela primeira vez de animal do século 19

Next article

Comments

Comments are closed.