Antes mesmo de receber seu famoso nome, esse bifes diferenciados que usamos loucamente em sanduíches, já existiam mas, claro, que em uma versão mais rústica. Dizem que os primeiro hambúrgueres foram originados devido ao costume nômade dos tártaros, no séculos 12 e 13, de carregar a carne crua embaixo das celas de seus cavalos. Conforme os historiadores, quando esses bárbaros paravam para comer, a carne já havia virado uma pasta e, nem por isso, era desperdiçada.

Mas, a sensação da América só chegou aos Estado Unidos na segunda metade do século 19, levados por alemães, que embarcavam no porto de Hamburgo. Daí a carne chegou ao "novo continente" com o nome de hamburg steak (ou bife de Hamburgo) e foi primeiramente consumida, em larga escala, pelos marinheiros americanos. Eles costumavam colocar a carne entre dois pedaços de pão para comer sem precisar parar o trabalho.

Publicidade
continue a leitura

1

Publicidade
continue a leitura

Depois disso, já no século 20, foram as classes trabalhadoras, de forma geral, que acolheram a novidade. Além de baratos, esses alimentos eram saborosos, rápidos e práticos, da forma como o ritmo da explosão industrial do país pedia. E foi a partir dos Estados Unidos que o hambúrguer conquistou o mundo.

Publicidade
continue a leitura
Publicado em: 20/11/14 20h09