Simples ilusão de ótica está movimentando a internet

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      12/04/18 às 19h11

Não há como negar... É só alguém falar em ilusões de ótica que logo nos sentimos atraídos. Em termos técnicos, podem ser definidas como imagens que "enganam" nosso sistema visual, dessa forma, acabamos enxergando algo que não está presente ou vemos os itens na imagem de maneira distorcida. É como se realmente apresentassem uma mensagem subliminar.

Por outro lado, uma ilusão de ótica também traduz o poder de nosso cérebro. Quer uma prova? Lá vamos nós para mais uma experiência impressionante dessas. Observe a imagem abaixo e escolha um ponto ao centro (para melhorar sua experiência, você pode abrí-la em uma nova aba no navegador). Em seguida fixe o olhar e observe a "mágica" acontecer. Deixe seus olhos relaxarem e não os desvie para qualquer outro ponto. Dentro de 20 segundos a 1 minuto, você perceberá algo acontecer.

Observe a ilusão de ótica a seguir

E aí, pode nos dizer o que aconteceu? Exatamente, as cores começaram a se desvanecer, até que a imagem ficou completamente branca... Ou quase isso. Pra onde é que tudo foi? Seria isso um gif disfarçado? Definitivamente não. A explicação para este fenômeno pode ser encontrada no que chamamos de Efeito Troxler.

Trata-se de uma percepção visual, que ganhou seu nome inspirado no responsável pela descoberta - Ignaz Paul Vital Troxler. No século 19, ele notou que alguns objetos e cores poderiam desaparecer diante de nossos olhos. Em um artigo publicado por ele no ano de 1804, intitulado como "Sobre o desaparecimento de determinados objetos do nosso campo visual", ele explica que assim que nossos olhos se concentram em "um estímulo visual imutável por um longo período de tempo, os detalhes de nossa visão periférica começam a ser enfraquecidos"... Provocando assim, o que chamamos de ilusão de ótica.

O fenômeno ocorre de forma ainda mais fácil, quando os itens de nossa visão periférica são borrados ou possuem um contraste muito baixo... O que por sinal, acontece na imagem observada acima, já que apresenta cores em tom pastel e ainda se parecem com um borrão. Segundo o que sugere a comunidade científica, isso apenas acontece porque o cérebro humano é excelente em se adaptar a novos estímulos.

Exemplificando

Imagine a seguinte situação: ao colocar uma calcinha ou cueca pela primeira vez, logo de manhã, você sente o tecido em contato com sua pele. No entanto, dentro de poucos segundos depois, seu corpo acaba se acostumando e você praticamente deixa de sentir o tecido... A não ser que tente se concentrar nessa sensação.

Seus neurônios sensoriais se adequam ao contato com o pano e já que o sentimento é imutável e não há como evitá-lo, sendo que ao mesmo tempo não representa nenhum tipo de ameça, seus neurônios simplesmente começam a ignorar esse estímulo, considerando que ele não é importante.

O mesmo acontece com seu nariz, por exemplo. Você não percebe, mas seus olhos o enxergam o tempo todo sendo projetado para frente de seu rosto. No entanto, é como se ele nem estivesse ali, justamente porque os neurônios sensoriais o ignoram. No momento em que olhamos para uma ilusão de ótica no estilo Troxler, nossa adaptação visual pode ser acelerada caso nos forcemos a olhar fixamente em um ponto central.

Assim, à medida que os olhos começam a se adaptar à imagem, os elementos que estão ao redor começam a se misturar, assumindo a mesma cor do fundo... No caso, o branco. Podemos dizer então que seu cérebro simplesmente preenche algumas informações que, até certo ponto, ele considera "chato demais para ser processado".

E então pessoal, o que achara? Interessante, não acha? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Via   Live Science     IFL Science  
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+