Curiosidades

Sinal de rádio misterioso foi detectado do sistema estelar mais próximo do nosso

0

Desde que o mundo é mundo, os primeiros humanos já eram fascinados pelo céu e pelos astros que eram vistos. Conforme a tecnologia foi avançando e o pensamento científico também foi sendo mais elaborado, o encanto pelo espaço e pelos ambientes, ao redor do universo, apenas aumentaram. É claro que, com o fascínio pelo espaço e com o aumento de recursos, o fascínio pela possibilidade de existir vida fora da Terra também cresceu.

Tanto que, astrônomos em busca de sinais de rádio de civilizações alienígenas detectaram um sinal intrigante vindo da direção de Proxima Centauri. Esse é o sistema estelar mais perto do sol.

Os pesquisadores ainda estão escrevendo o artigo sobre sua descoberta, e por isso os dados ainda não foram divulgados. No entanto, o sinal é supostamente um feixe estreito de ondas de rádio de 980 MHz. Esse sinal de rádio foi detectado em abril e maio do ano passado no telescópio Parkes, na Austrália.

Esse telescópio faz parte do projeto Breakthrough Listen, que custou 100 milhões de dólares. Ele foi feito com o objetivo de buscar sinais de rádio de fontes tecnológicas além do nosso sistema solar.

Sinal

O sinal de rádio de 980 MHz apareceu apenas uma vez e nunca mais foi detectado. De acordo com a Scientific American, essa frequência é importante porque, normalmente, essa faixa de ondas de rádio precisa de sinais de naves humanas e satélites.

O Breakthrough Listen detecta sinais de rádio estranhos o tempo todo. Entretanto, esse sinal parece ter vindo diretamente do sistema Proxima Centauri. Sistema que está a apenas 4,2 anos-luz da Terra.

E um fator mais tentador é que o sinal supostamente mudou ligeiramente enquanto ele estava sendo observado. Essa mudança parecia ter sido causada pelo movimento de um planeta. E Proxima Centauri tem um mundo rochoso conhecido que é 17%  maior que a Terra e é um conhecido gasoso.

O The Guardian citou uma fonte não identificada que parece ter tido acesso aos dados do sinal de rádio. “É o primeiro candidato sério para uma comunicação alienígena desde o ‘Wow! Sinal'”, disse a fonte.

Contudo, o The Guardian também advertiu que esse sinal “provavelmente também terá uma origem mundana”. Dentre as fontes mundanas, podem estar um cometa ou sua nuvem de hidrogênio.

Possibilidade

Mesmo assim, Sofia Sheikh, que liderou a análise do sinal para Breakthrough Listen, mostrou seu entusiasmo com esse achado de frequência.

“É o sinal mais empolgante que encontramos no projeto Breakthrough Listen, porque não tivemos um salto de sinal muitos dos nossos filtros anteriores”, disse ela.

Um desafio que os pesquisadores encontram com relação à busca por comunicação com alienígenas é que ninguém sabe como os aliens podem  se comunicar. E ninguém conhece todas as fontes naturais que são potenciais ondas de rádio no universo.

Por conta disso, quando sinais, que parecem plausivelmente tecnológicos, chegam e não se tem uma explicação fácil para eles, é bastante tentador dar a possibilidade para um contato alienígena.

Até agora, nenhum outro dado foi informado ao público a respeito do sinal. E é provável que mesmo depois que ele se torne público não existam respostas conclusivas de onde ele veio.

Sonda chinesa traz de volta para Terra novas amostras lunares depois de décadas

Matéria anterior

Besta louca, que viveu entre os dinossauros, quebrou as regras da evolução

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar