Terra enfrenta sua 6ª extinção em massa e poder perder até 30% de suas espécies

POR Pietro Bottura    EM Ciência e Tecnologia      04/11/14 às 00h15

Talvez você só conheça a extinção dos dinossauros, que está diretamente relacionada às mudanças climáticas da chamada "Era do Gelo" - como no filme - que obrigaram diversas espécies a mudar de habitat, alimentação e costumes, revolucionando os biomas terrestres. Entretanto, o que você provavelmente ainda não sabe é que essa fase não foi única em nosso planeta, que já passou 5 vezes por essa situação: na verdade, a Terra enfrenta períodos de resfriamento, e enquanto os humanos (nós) dominaram o meio, nenhuma dessas fases aconteceu. Até agora.

Isso porque, de acordo com a comunidade científica, os aumentos de temperatura, degelo de calotas polares e extinção em massa de espécies atual são o início do fim - ou da sexta temporada de extinção, se preferir chamar assim. A pior delas, que aconteceu há 250 milhões de anos, foi responsável por fazer desaparecer 96% das espécies aquáticas e 70% das espécies terrestres.

Em seu livro "A Sexta Extinção", a pesquisadora Elizabeth Kolbert discute a facilidade e agilidade com quais espécies como o rinoceronte e o tigre estão desaparecendo de nossa biosfera, de maneira que em pouco tempo pode ser que grande parte das espécies que consideramos comuns - inclusive a nossa - acabem tendo esse mesmo e triste fim.

Para Kolbert, o processo se dará nos próximos 60 mil anos, e a mudança química dos oceanos seria o mais corroborador para o fatídico futuro da vida em nosso planeta, que depende muito de corais e algas, por exemplo, extremamente sensíveis à variações térmicas no mar.

IceAge2Wallpaper800

 

Essas, por sua vez, só pioram, já que a presença crescente de dióxido de carbono na atmosfera adentra a água e cria um ambiente ácido, mudanças tão fortes que, de acordo com a pesquisadora, não aconteceram de forma tão preocupante em nenhum período nos últimos 300 milhões de anos.

Ainda de acordo com as previsões, estima-se que entre 20% e 30% de nossas espécies sofrerão grande transtorno com as mudanças climáticas (de aproximadamente 2ºC) nos mares e continentes, que poderão ser essenciais para a adaptação de animais, plantas e microorganismos.

Se você não acredita nesse tipo de notícia, dê uma olhada nessa e nessa matérias, que vão te mostrar que esse não é simplesmente um discurso alarmista, e sim uma mudança histórica acontecendo diante de nossos olhos - ou seja, talvez ainda dê tempo de fazer algo a respeito!

ice_age_4-cover

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+