Curiosidades

Você conhece os monstros bíblicos?

Behemoth - monstros bíblicos
0

Qualquer pessoa sabe responder a seguinte pergunta: qual é a religião mais praticada do Brasil? O cristianismo totaliza em 87% de toda a população brasileira, que giral em torno de 211 milhões de pessoas atualmente, mas nem sempre foi assim.

Por causa da colonização portuguesa, o catolicismo foi introduzido na região como religião oficial, o que só mudou em 1891, quando a constituição republicana declarou o Estado laico. Isso significa que o governo não possui uma religião específica. 

Mas, as pessoas podem seguir o que elas desejam, desde que não firam os direitos do próximo ou a Constituição. Sendo assim, a Bíblia é o texto sagrado do cristianismo. Nele, você pode conhecer todos os ensinamentos de Cristo e também as histórias de criação e destruição. 

No entanto, quantas pessoas realmente leem a Bíblia? Se você faz parte das pessoas que só seguem os Dez Mandamentos, então vai se chocar com o conteúdo real da Bíblia. Assim, na Bíblia, monstros terríveis foram descritos – e não foram poucos. 

Behemoth

Behemoth - monstros bíblicos

Reprodução

O Behemoth foi descrito em Jó, um dos livros mais antigos da Bíblia. A criatura gigante com uma cauda grande que só poderia ser domesticada por Deus é considerada um dinossauro por muitos leitores. Contudo, Behemoth tinha um umbigo, ou seja, não poderia ter saído de um ovo como os répteis pré-históricos. Outras pessoas acreditam que o monstro é só uma representação poética de um animal grande, como um hipopótamo.

Primeira Besta

Primeira Besta do Apocalipse

Reprodução

Já o livro Apocalipse é o melhor para encontrar essas criaturas terríveis. A primeira besta de Apocalipse recebeu seu nome por ser a primeira mencionada e trata-se de um monstro de sete cabeças e 10 chifres que emerge do mar. Ele tem pés de urso, boca de leão e a aparência predominante de um leopardo.

Segunda Besta

Segunda besta do Apocalipse

Reprodução

A segunda besta recebeu o nome pelo mesmo motivo da primeira e ninguém achou uma denominação melhor para o monstro que se levanta da terra. Ele tem dois chifres, bem menos que a besta anterior, e fala como um dragão, como descrito no livro. Sendo assim, a função desse monstro é realizar falsos milagres que incentivam a população a adorar a primeira besta. 

Unicórnio

Unicórnio na Bíblia

Reprodução

O próximo monstro é um que foi bastante infantilizado e nem deveria estar na Bíblia, mas que está por conta de um erro. Unicórnios são mencionados nove vezes na Bíblia do Rei Jaime, que ordenou uma tradução medieval e é a oficial da igreja Anglicana até hoje. Mas, linguistas descobriram que re’em, palavra hebraica traduzida como unicórnio, refere-se ao auroque, aquele antecessor gigante do boi moderno, extinto no século XVII. 

A verdade é que as traduções sucessivas realizadas ao longo dos séculos alteraram bastante o conteúdo da Bíblia. Com isso, linguistas especializados concordam que muita coisa deve ter sido escrita com outros significados. 

Gafanhotos

Gafanhotos de Abaddon

Reprodução

Esse próximo monstro é muito estranho, tanto que é difícil dizer que, de tão louco, pode ser poético, um erro de tradução ou que é real. 

Você já provavelmente ouviu falar da nuvem de gafanhotos que assola o mundo em Apocalipse, mas não sabia que eram governados por Abaddon, o anjo do abismo, cujo nome significa destruidor.

Dessa forma, quando eles aparecem, não são nem de perto gafanhotos normais. Eles se parecem com cavalos de guerra, têm caudas de escorpião, rostos humanos, cabelo comprido, coroas de ouro de couraças blindadas. Acho que isso nem pode ser considerado um gafanhoto!

Os monstros do livro de Daniel

Bestas de Daniel

Wikimedia Commons

Como o Apocalipse, o livro de Daniel é lotado de visões com bestas. Em uma dessas visões, Daniel vê quatro monstros emergirem do mar. Um deles é um leão com asas de águia, que depois se transforma em uma criatura com aparência humana.

Assim, outro é parecido com um urso, o terceiro se assemelha a um leopardo, com quatro asas e quatro cabeças, e o último tem dentes de ferro e 10 chifres, que causam a destruição da Terra. Alguns acreditam que esses quatro monstros simbolizam as quatro nações que existiam no tempo de Daniel.

Rim de porco de grau clínico é transplantado para paciente humano

Matéria anterior

O que aconteceu com o dodô?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Continue in browser
To install tap Add to Home Screen
Add to Home Screen
Fatos Desconhecidos
Adicione nosso aplicativo web. Não vai ocupar espaço no seu telefone e você recebe as notificações de novos conteúdos.
Install
See this post in...
Fatos Desconhecidos
Chrome
Add Fatos Desconhecidos to Home Screen
Close

For an optimized experience on mobile, add Fatos Desconhecidos shortcut to your mobile device's home screen

1) Press the share button on your browser's menu bar
2) Press 'Add to Home Screen'.
Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications