Entretenimento

Youtuber transforma vaso sanitário em um PC para jogos

0

O YouTube é uma das maiores plataformas de vídeo hoje em dia. Com sua imensa popularidade, as pessoas que se propõem a criar conteúdo para ela começam a ganhar dinheiro com seus vídeos, e chegam a virar celebridades. Os youtubers são as pessoas que criam seus canais específicos na plataforma e, por lá, lançam alguns vídeos de diversos segmentos e para diferentes públicos. Dessa forma, cada youtuber faz o que pode para entreter o seu público.

Como por exemplo, o youtuber Basically Homeless, que montou um PC gamer no vaso sanitário. Esse PC consegue rodar o jogo Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). No vídeo, o influenciador conta que o desafio principal foi separar os sistema de água do vaso do computador em si. Isso porque, o PC gamer desse youtuber foi feito em um vaso sanitário que funciona.

Invenção do youtuber

Tech mundo

O “Toilet PC” tem um processador Intel Core i7-12700 e é equipado com uma placa de vídeo GeForce RTX 3060 da Nvidia. Todo o projeto foi pensado para um PC totalmente funcional, tendo em vista as preocupações necessárias para sua refrigeração e alimentação elétrica.

No vídeo de divulgação do “Toilet PC”, o youtuber mostra seu dia a dia de todo o processo de construção. Para que a parte hidráulica do vaso ficasse separada do computador, Homeless criou uma parede de acrílico que as separa e isolou os espaços com cola de silicone.

Depois de cortar a cerâmica para que fosse possível ter uma visão interna, o youtuber fez a instalação das luzes RGB e a verificação do fluxo de ar, com a instalação de apenas um fan. Com tudo isso feito, a máquina estava pronta para ser usada.

Funcionando

Depois do seu projeto finalizado, o youtuber jogou uma partida de CS:GO em seu “Toilet PC” para fazer uma demonstração e provar que sua invenção realmente funcionava. E mesmo os fãs do youtuber ficaram impressionados com o que estavam vendo.

Um dos motivos que fez o youtuber criar esse PC é que ele estava cansado de jogar em aparelhos portáteis como Nintendo Switch e Steam Deck no banheiro. Ele queria ter uma experiência completa de jogar com teclado e mouse. E depois de toda essa empreitada, Basically Homeless disse que agora sabe “mais de encanamento do que ele jamais pensou que saberia”.

Visualizações

Os youtubers precisam e querem sempre o maior número de visualizações em seus vídeos. Mas, às vezes, para conseguir isso eles acabam passando dos limites e fazendo coisas realmente absurdas e até mesmo perigosas.

Como por exemplo, o caso do youtuber que foi acusado de causar um acidente de avião, de propósito, para ganhar visualizações em seu vídeo. Como consequência disso, as autoridades aéreas dos Estados Unidos caçaram a licença do criador de conteúdo. Depois dessa decisão, o youtuber publicou um outro vídeo em seu canal dizendo que ficará uns tempos sem voar.

Esse criador de conteúdo é Trevor Jacob, que era um snowboarder olímpico e virou youtuber de sucesso. Em dezembro do ano passado, ele publicou um vídeo em seu canal chamado “I crashed my plane”, traduzido como “Eu bati meu avião”, que alcançou 2,5 milhões de visualizações.

No vídeo, é possível ver o avião colidindo com as montanhas da Floresta Nacional de Los Padres, na Califórnia. A batida acontece alguns minutos depois de Jacob saltar de paraquedas do avião.

Então, a Administração Federal de Aviação (FAA), dos EUA, após analisar as imagens do vídeo, concluiu que o acidente foi causado pelo youtuber de maneira proposital.

“Em 24 de novembro de 2021, dia da gravação, você demonstrou falta de cuidado, julgamento e responsabilidade ao optar por pular de uma aeronave apenas para gravar as imagens do acidente”, afirmou o comunicado da FAA.

Com toda a repercussão do caso, outros youtubers também se manifestaram. Eles disseram que a punição a Jacob deveria ter sido aplicada mais cedo e de uma forma mais rigorosa. Além disso, nos comentários do vídeo, o youtuber  foi bastante criticado por conta da gravação em si.

Por conta da punição, Jacob não pode tirar outra licença de piloto durante um ano.

Fonte: Tech mundo, R7

Imagens: YouTube, Tech mundo

Banda islandesa viraliza cantando “Ilariê”, hit de Xuxa

Artigo anterior

Rara descoberta de restos de nave da SpaceX na Austrália

Próximo artigo