10 Famosas teorias da conspiração da cultura pop

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      26/02/15 às 20h32

O mundo do entretenimento e quem está por trás dele estão sempre nos holofotes. Artistas, profissionais da comunicação, personalidades, empresários e diversas outras pessoas são alvos constantes de manchetes e de teorias mirabolantes.

A seguir você vai saber sobre as principais teorias da conspiração envolvendo personalidades da cultura pop. Para quem não sabe, teoria da conspiração são teorias que explicam um evento histórico ou atual como sendo resultado de um plano secreto levado a efeito geralmente por conspiradores maquiavélicos e poderosos, tais como uma "sociedade secreta" ou "governo das sombra".

Orson Welles e a Guerra dos Mundos

30

Em 1938, Orson Welles produziu uma transmissão radiofônica intitulada A Guerra dos Mundos, adaptação da obra homônima de Herbert George Wells e que ficou famosa mundialmente por provocar pânico nos ouvintes, que imaginavam estar enfrentando uma invasão de extraterrestres.

Um Exército que ninguém via, mas que, de acordo com a dramatização radiofónica, em tom jornalístico, acabara de desembarcar no nosso planeta. O sucesso da transmissão foi tão grande que no dia seguinte todos queriam saber quem era o responsável pela tal "pegadinha". A fama do jovem Welles começava.

A lenda que surgiu a partir desse fato foi de que Welles fez as pessoas entrarem em pânico de propósito. Welles teria sido contratado para que pudesse ser feita uma pesquisa sobre como a população reagiria em caso de um iminente ataque de alienígenas.

Mortes de atrizes famosas

31

Enquanto existem milhares de teorias à respeito de qualquer celebridade que morre jovem, dois casos em particular, permanecem na imaginação do público de uma forma que poucos fazem: as mortes de Marilyn Monroe (em 1962) e Natalie Wood (em 1981). A morte de Monroe foi um suicídio, já a de Wood um acidente de barco.

Dizem por aí que ambas foram assassinadas. Muitos dizem que Marilyn morreu devido seu envolvimento com os Kennedy's. Já Wood teria sido morta por seu marido que sabotou o barco após uma briga conjugal. Nada ficou comprovado.

Morte de John Lennon

32

Tudo começou em 1971, quando Lennon realizou o concerto Free John Now Rally, pela libertação do poeta e ativista político americano John Sinclair, preso por porte de maconha. Até 1976, a vida do roqueiro foi investigada por espiões e grampos telefônicos, virando um dossiê de 300 páginas.

O FBI e a CIA julgavam Lennon um radical muito perigoso, porque o astro sabia se comunicar com milhões de jovens, através de suas músicas e apresentações. Qualquer ideia subversiva seria facilmente aceita pela juventude norte-americana.

O governo precisava detê-lo de qualquer forma, pois estava em jogo a segurança da nação. Segundo Bresler, a solução encontrada foi a mesma já destinada a Martin Luther King e outros líderes populares do país: o extermínio.

Entretanto, no ano de 1976, os republicanos perderam as eleições presidenciais para os democratas. O novo presidente, Jimmy Carter, "protegeu" Lennon da polícia federal e do serviço secreto e deram a John o green card. Lennon decidiu fazer um retiro profissional, sob a alegação de acompanhar o crescimento de Sean, seu segundo filho, o primeiro com Yoko Ono. Foram anos de paz, nos quais ele e a família puderam viver em segurança nos Estados Unidos.

Esses anos de paz foram seus últimos de vida. Nas novas eleições no começo da nova década, os republicanos venceram a guerra e retornaram ao poder. Nessa mesma época, Lennon lançava o álbum Double Fantasy, que estourou nas paradas de sucesso. Então, o recém-eleito presidente resolveu iniciar seu mandato sem o temido ativista.

William Casey, administrador da campanha vitoriosa de Ronald Reagan, nos anos seguintes se tornaria um dos mais poderosos chefes da CIA. Ele tinha carta branca para assassinar John Lennon antes do final de 1980.

O assassino, Mark Chapman, já estava sendo preparado pelo programa de controle mental do serviço secreto americano. Ele viajaria do Havaí para Nova York, procuraria a vítima e mataria Lennon a sangue frio, à frente de testemunhas (Yoko Ono e o porteiro do Dakota) que, posteriormente, o identificariam como o criminoso.

Clube dos 27

39

O que Janis Joplin, Jim Morrison, Kurt Cobain e Jimi Hendrix têm em comum? Todos fazem parte do clube dos 27, nome dado ao grupo de músicos mortos aos 27 anos. Esta lenda voltou às páginas do jornal com a morte de Amy Winehouse, falecida em 2011 também com esta idade. Não há nenhuma razão mítica para esta idade ser tão problemática, mas se você for um músico de sucesso é bom ficar esperto perto de seu aniversário de 27 anos.

Mensagem Subliminar

34

Você está bem confortável na poltrona do cinema e, de repente, vem uma forte vontade de beber um determinado refrigerante. Posteriormente, tem conhecimento de que, ao longo do filme, foram exibidas imagens incentivando o consumo da bebida sem que você percebesse.

Outro dia, decide visitar algumas lojas para comparar preços. Mas, inesperadamente, a sua compulsão de compra aumenta na primeira loja visitada. O artifício desta súbita vontade está na música ambiente, que sussurra frases inaudíveis do tipo "Compre o que gostou".

Parece até filme de ficção científica, mas há quem acredite na força das mensagens abaixo do limiar da percepção, as chamadas mensagens subliminares. Dizem que elas têm o poder de ditar comportamentos, aumentar o consumo de determinados produtos ou, em resumo, manipular mentes. Este é um tema, sem dúvida, controvertido e polêmico, que não consegue ser descartado cientificamente e que, volta e meia, vem à tona apresentando experiências de cair o queixo.

Disney é um império do mal

35

A Walt Disney Company é um dos conglomerados mais antigos e bem sucedidos dos Estados Unidos. Fundado em 1923, a Disney é proprietária da rede ABC e todas as suas redes afiliadas, da ESPN, da Marvel Entertainment, da Lucasfilm além de diversos outras empresas de destaque. A Casa do Mickey Mouse é provavelmente a mais influente e poderosa do mundo.

Claro que mais cedo ou mais tarde iriam surgir muitas teorias as conspiração sobre o império Disney. Os mais radicais dizem que a empresa quer sugar todo o dinheiro da carteira dos pais e transformar as crianças em ávidos consumidores precoces além da boa e velha lavagem cerebral através de mensagens subliminares.

Illuminatis

37

As teorias conspiratórias envolvendo os Illuminati são teorias da conspiração que afirmam que a "sociedade filosófica" alemã dos Illuminati da Baviera, historicamente dissolvida em 1785, tem persistido na clandestinidade e prossegue com um plano secreto para dominar o mundo. Essas teorias, cuja primeira referência remonta às obras de John Robison e Augustin Barruel, são confundidas com as teorias conspiratórias maçônicas, segundo as quais os Illuminati realizaram seus planos de infiltração em diferentes governos, particularmente a partir de revoluções, e em outras sociedades secretas, incluindo a Maçonaria.

A mídia programa nossos pensamentos

38

Sim, nós sabemos que não existe imparcialidade. A mídia sempre escolhe como vai noticiar determinado fato. Mesmo assim, é exagero dizer que ela "programa" nossos pensamentos. Muitas pessoas afirmam que a mídia faz uma espécie de "lavagem cerebral" nas pessoas para que elas possam, por exemplo, comprar mais determinado produto ou que as pessoas compactuem somente com determinado ideal.

Celebridades sofrem de lavagem cerebral e controle da mente

36

MKULTRA foi o nome de código dado a um programa ilegal e clandestino de experiências em seres humanos, feito pela CIA - o Serviço de Inteligência dos Estados Unidos da América. As experiências em seres humanos visavam identificar e desenvolver drogas e procedimentos a serem usados em interrogatórios e tortura, visando debilitar o indivíduo para forçar confissões por meio de controle de mente.

Dizem as más línguas que o projeto teve continuidade e que as celebridades norte-americanas são os principais alvos.

Programas de TV que previram o futuro

33

Algo que está sempre sendo debatido pelas pessoas que acreditam em teorias da conspiração são os programas de TV que previram o futuro. Dizem que, essas "previsões" serviam para saber a reação do público para eventos futuros. Bizarro, não?

 

Rafael Miranda
Jornalista viciado em memes e amante da cultura pop.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+