Fatos Nerd

15 versões alternativas do Majin Boo que você sempre quis ver no anime

0

Majin Boo é um dos vilões mais clássicos de Dragon Ball. Apesar de sua primeira forma ter uma aparência adorável e ainda combinar com o jeito infantil do personagem, não se engane: ele é uma criatura muito poderosa. Mas é uma combinação interessante ver tanta maldade misturada com a personalidade excêntrica de Majin Boo, afinal de contas: nada como derrotar seus adversários transformando-os em chocolate e fazendo uma deliciosa refeição.

Além da primeira versão que conhecemos de Majin Boo, outras surgiram ao decorrer do arco como o Evil Boo, que é toda a parte ruim do vilão isolada. E após este absorver seu divertido original, consequentemente, cria Super Boo e Kid Boo, versões ainda mais poderosas do vilão.

O recurso narrativo de Dragon Ball Z de um personagem poder se fundir a outro ou até mesmo absorver os seus adversários a fim de gerar uma versão melhorada de si mesmo é amplamente utilizada durante toda a saga. E, quando isso não ocorre, claro que sobra para os ilustradores mais fanáticos pela obra usarem a sua imaginação e criarem várias outras possibilidades. E esse é o caso de Majin Boo. Qual é? Se já reviveram Freeza em Dragon Ball Super, por quê não trazer Majin Boo de volta? Se for alguma dessas incríveis versões desenvolvidas por fãs seria ainda mais interessante!

#1 – Kibito Kai

#2 – Babidi

#3 – Broly

#4 – Piccolo

#5 – Cell

#6 – Cell Jr.

#7 – Cooler

#8 – Janemba

#9 – Trunks

#10 – Trunks do Futuro

#11 – Freeza

#12 – Baby

#13 – Broly

#14 – Beerus

#15 – Ultimate

Qual dessas versões você acredita que seria a mais poderosa e difícil de derrotar? E qual seria a mais fraca? Conta pra gente nos comentários como você acha que seriam a luta contra ela! E se você gostou dessa série de ilustrações, não deixe de conferir também Personagens de Dragon Ball em outros universos ficcionais!

Dragon Ball Super – O que acontece com os Universos eliminados no Torneio do Poder?

Matéria anterior

7 coisas que as mulheres não fazem pois sentem medo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos