Entretenimento

16 imagens que provam que crianças são a força mais destruidora da natureza

0

James A. Baldwin, famoso escritor americano uma vez disse: “As crianças nunca foram muito boas em ouvir os mais velhos, mas nunca deixaram de imitá-los.” E é bom pensar nisso um pouquinho nisso quando você se deparar com o último desenho que o “pestinha” fez na parede que você pediu 1 milhão de vezes para não riscar.

Aqui na Fatos Desconhecidos já escrevemos sobre as 7 crianças mais perigosas do mundo e 7 razões para acreditar que as escolas podem estar fazendo mal para as crianças. Hoje, listamos algumas imagens que vão te provar que as crianças as vezes podem ser mais poderosas que um furacão. Confira!

#1

Basta sair dois minutos e você recebe inteiramente grátis uma nova pintura.

#2

“Deixa as crianças serem crianças…”, eles disseram.

#3

Releituras. Chocolate sobre bebê.

#4

É arte moderna que fala, né?

#5

Não sabia que dava para usar pasta de amendoim nos móveis também!

#6

Assim fica difícil saber quem vai precisar de um banho primeiro.

#7

Talvez ele precisava se exercitar um pouco para aguentar todo o peso.

#8

“- A mamãe disse que não era pra brincar durante o banho. Mas não disse nada sobre o banheiro”.

#9

A equipe de decoração chegou no pedaço.

#10

“- Eu só queria deixar ele mais bonito”.

#11

” – As vezes nem mesmo as palavras conseguem descrever o que está em nosso coração”.

#12

“- Eu só preciso achar o tamanho certo para mim”.

#13

“- Pai, acho que consegui consertar seu celular!”.

#14

Tem crianças que gostam de palhaços, tem outras que querem ser um deles.

#15

“- Eu nem coloquei a mão ali. Eu juro!”.

#16

“- Corrigindo as coisas na internet. Ao menos é o que minha mãe me diz estar fazendo todos os dias quando ela está no computador”.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Tudo que você precisa saber sobre o novo filme do Coringa

Matéria anterior

7 mais estranhas fobias modernas

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos