5 hábitos alimentares excêntricos de pessoas famosas

POR Fabiana Souza    EM Entretenimento      28/09/15 às 17h46

O hábito alimentar é construído desde a infância até chegar na fase adulta. Antes de atingirmos idade suficiente para decidir o que queremos e precisamos comer, nossos pais fazem isso por nós, nos dando noções do que é necessário para nossa alimentação. Embora muitos de nós não cheguemos a seguir esses hábitos alimentares saudáveis para a nossa saúde e desenvolvimento quando adquirimos uma certa idade, tendemos a voltar a adquiri-los quando a falta deles começa a fazer mal para o nosso organismo.

A humanidade sempre teve um relacionamento íntimo com comida. Porém, alguns gostos culinários peculiares que as grandes estrelas e figuras históricas têm/tiveram causam um certo tipo de surpresa.

5 - A Sopa de Beethoven

beethovens-piano-1344527332-article-0

Muito se sabe sobre o emblemático compositor Ludwig van Beethoven, porém, porém, poucas pessoas conhecem seus gostos alimentares. Um deles, inclusive, levado muito a sério: A sopa.

Segundo Beethoven, só uma cozinheira de "coração puro" era capaz de preparar uma boa sopa. Sempre que seu secretário, Anton Schindler, lhe enviava uma governanta que não cozinhasse uma boa sopa, o compositor mandava correspondências à Schindler questionando o seu juízo.

A sopa preferida de Beethoven era uma preparada com pães e 10 ovos batidos, que ele ingeria metodicamente toda quinta-feira. Ele inspecionava pessoalmente os ovos, mantendo-os à luz e conferindo se estavam frescos na hora do preparo. Para o compositor, isso era bem sério, quando sua cozinheira não preparava a sopa com ovos frescos, ela era castigada. Ainda mais estranho que suas preferências alimentares era o castigo que as cozinheiras sofriam caso Beethoven não gostasse da comida. Elas eram "apedrejadas" com os ovos, para aprenderem uma "lição". De acordo com Ignaz von Seyfried, membro da ópera e colega de Beethoven na época "as governantas estavam sempre prontas para bater em retirada. Elas já estavam acostumadas com o bombardeio de ovos, e ficavam sempre prontas para fugir."

4 - Nicolas Cage e sua dieta digna

Nicolas Cage Wallpaper @ Go4Celebrity.com

Nicolas Cage, o eterno Motoqueiro Fantasma é mundialmente conhecido por suas performances em filmes famosos. O ator já fez papel de vilão, justiceiro, monstro e mocinho. Todos os seus filmes tiveram uma altíssima arrecadação de bilheteria, fazendo sucesso por onde passaram.

Porém, o que fica entre as entrelinhas dessa história é o gosto um tanto quanto excêntrico do ator. Nicolas só consome animais que ele julga que praticam o acasalamento de forma "digna". Segundo suas explicações para o The Sun, o ator disse: "Eu tenho fascínio pelos peixes, pássaros e répteis. Eu realmente escolho o que comer de acordo com como esses animais fazem sexo. Eu acho que os peixes são dignos com o sexo, assim como as aves. Porém, os porcos nem tanto. Por isso, eu não como carne de porco ou coisas assim. Como peixes e aves."

3 - Hitler e o vegetarianismo

adolf-hitler1

Até o início da década de 30, Hitler consumia carne e determinados produtos derivados dela, ele tinha preferência por bolinhos de fígado e salsichas. Porém, ele dizia concordar com a teoria de Wagner, que dizia que "a sede da carne e do sangue nunca pode ser apagada e enche suas vítimas de loucura e fúria, não coragem". No entanto, ele não se voltou completamente contra o consumo do alimento até sua sobrinha e possível amante Geli Raubal cometer suicídio em 1931. Depois disso, Hitler começou se recusando a comer presunto, que segundo ele era "como comer um cadáver", seguido por todos os outros tipos de carne.

Outra justificativa para tirar a carne de seu cardápio era a crença de Hitler de que o alimento causava constipações e flatulência. Assim, os alimentos que passaram a ser os preferidos do ditador eram aveia com óleo de linhaça, couve-flor, queijo cottage, maçãs cozidas e pontas de aspargos em molho branco.

A dieta de fibras teve justamente o efeito contrario em seu drama intestinal. Depois que Hitler mudou seus hábitos alimentares, seu médico, Theo Morell, registrou no diário do paciente: "Constipação e flatulência colossal. Em uma escala raramente encontrada antes."

Claro, isso não foi apenas culpa da sua dieta vegetariana, mas também do regime ridículo de medicamentos e tratamentos administrados por seu médico, que incluíam fortes doses de suplementos. Alguns desses suplementos eram vitaminas, testosterona, extratos de fígado, laxantes, sedativos e glicose. A discussão sobre o vegetarianismo de Hitler é bem frequente, pois ele nunca deixou de fazer, ocasionalmente, uso de alguns produtos de origem animal (assim como 70% dos vegetarianos).

2 - Gastronomia de Kim Jong Il

KimJong-il_1444913c

Devido ao testemunho do ex-chefe pessoal de Kim Jong Il, Kenji Fujimoto, sabemos um pouco sobre os hábitos alimentares do ex-tirano norte-coreano. Embora grande parte do país estivesse morrendo de fome, Kim abusava de um cardápio farto de comidas e bebida caras. Ele tinha uma adega com mais de 10 mil garrafas e uma biblioteca com milhares de livros de receitas.

Kim mandava enviados em operações especiais para conseguir os ingredientes de sua alimentação refinada. Ingredientes esses como, caviar, conhaque, carne de porco, uvas da China Ocidental e pés de camelo. Muitas dessas expedições era feitas para lugares distantes, como Irã, Uzbequistão, Dinamarca e até Tailândia.

Kim criou um instituto de médicos e cientistas para projetar uma dieta para aumentar sua longevidade. Os médicos  inspecionavam cada grão de arroz que passavam por suas mãos afim de se certificar que estavam perfeitamente em forma, sem rachaduras ou chips. Kim insistia para que o arroz fosse cozido em forno a lenha, usando árvores cortadas do Monte Paektu, uma montanha lendária na fronteira com a China. O ditador também era um amante de sushi.

1 - Zuckerberg come somente o que ele mata

dear-naysayers-facebook-is-10-years-old-and-clearly-not-a-fad-mark-zuckerberg-says

Fundador do Facebook, Mark Zuckerberg é famoso por assumir desafios de auto-aperfeiçoamento, tais como usar uma gravata todos os dias, no ano de 2009, ou estudar chinês todos os dias durante 2010. Porém, o mesmo declarou em 2011 que "a única carne que estou comendo é a de animais que eu mesmo mato." Depois de anunciar a decisão na sua página privada, ele postou: "Eu acabei de matar um porco e uma cabra", o que levou a várias reações de seus seguidores.

De acordo com um e-mail que foi enviado por Zuckerberg a Fortune Magazine, "Eu comecei a pensar sobre isso no ano passado quando eu comi um porco assado na minha casa. Um monte de gente me disse que mesmo que eles adorassem comer carne de porco, eles não gostavam de pensar sobre o fato de que o porco estava vivo. Isso pareceu irresponsável para mim. Eu não tenho problemas com o que as pessoas escolhem comer, mas eu acho que elas devem assumir a responsabilidade e serem gratas pelo que elas comem em vez de tentar ignorar de onde vieram."

Fabiana Souza
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+