O primeiro filme da saga Crepúsculo arrecadou cerca de $400 milhões nas bilheterias, e se tornou uma febre no mundo todo. Com esse nível de sucesso, o surgimento de escândalos é inevitável. Recentemente o ator Robert Pattinson, que interpretava o Edward na saga, afirmou que já teve um conflito de ideias com os produtores do filme e quase foi demitido - o ator queria que seu personagem fosse mais obscuro, enquanto os produtores queriam que ele fosse mais sorridente.

Foi em Crepúsculo que grande parte do elenco ficou conhecido. Será que você lembra de todos os escândalos envolvendo o elenco? Confira alguns deles:

1 - A relação de Kristen Stewart e do Robert Pattinson era marketing?

Robert e Stewart começaram a namorar graças a Crepúsculo. Contudo, alguns fãs e sites de fofocas se perguntavam se o relacionamento do casal era apenas uma jogada de marketing. Verdade ou não, existem alguns incidentes que mostram que isso pode ser verdade - como por exemplo, quando a Kristen foi pega aos beijos com o diretor Rupert Sanders, ou quando ela disse ao T Magazine em 2016 que o relacionamento do casal, eventualmente, se tornou um "produto". "As pessoas queriam tanto que eu e o Rob ficássemos juntos, que o nosso relacionamento se transformou em um produto", afirmou a atriz.

2 - O nude de Ashley Greene

Em 2009, algumas fotos com os nudes da atriz Ashley Greene, que interpretava Alice Cullen na franquia, foram vazadas na Internet. Ela falou para a Allure como a sua família reagiu ao incidente: "Um membro da minha família me disse, 'Ashley, todo mundo já fez isso. Você é apenas famosa.'" Contudo, a atriz deixou claro em uma declaração do seu advogado que iria processar as pessoas que postassem e compartilhassem as suas fotos online.

Publicidade
continue a leitura

3 - Taylor Lautner quase foi substituído como Jacob

Quando o diretor Chris Weitz foi contratado para dirigir o segundo filme de Crepúsculo, Lua Nova, surgiram rumores de que ele desejava substituir Taylor Lautner por um ator que fosse fisicamente mais parecido com o Jacob dos livros. Chris chegou a dizer à imprensa em 2009 que "havia uma possibilidade" de que Taylor fosse substituído, mas que ele "estava convencido de que o ator seria capaz de fazer". Em meio ao drama, Taylor fez uma campanha para continuar no filme, e no final ele continuou como Jacob.

4 - O incidente de Bronson Pelletier no aeroporto

De acordo com a TMZ, o ator Bronson Pelletier - que interpretou um dos lobos amigos do Jacob - foi considerado "muito intoxicado para voar", pelos oficiais do aeroporto de Los Angeles. Então, ele teve que esperar o próximo voo, e enquanto isso, começou a "urinar em público pelo portão". Os policiais voltaram à cena e o prenderam por intoxicação pública. Mais tarde, ele foi condenado a dois anos de liberdade condicional pelo incidente.

5 - O passado de Nikki Reed

Publicidade
continue a leitura
Publicidade
continue a leitura

No início de 2002, Nikki Reed e a eventual diretora de Crepúsculo, Catherine Hardwicke, co-escreveram o filme Aos Treze, que é baseado na educação tumultuada de Reed, envolvendo conflitos com seus pais, sexo, drogas e muita dramatização. "Quando ela começou a mudar de 12 para 13 anos, eu a vi perdendo sua alegria. Ela ficou tão brava. Isso me assustou de verdade. Eu queria ela de volta às coisas criativas, ao invés das destrutivas", contou Hardwicke ao New York Daily News no lançamento do filme em 2003. Mais tarde Nikki admitiu que "não estava pronta" para fama aos 15 anos". Em entrevista para a Screener a atriz revelou: "Eu escrevi este filme sobre os meus pais, sobre suas falhas e imperfeições e sobre como era crescer. Foi escrito na perspectiva de uma criança problemática. Você envelhece e fica tipo, como ousei representar o meu pai como sendo totalmente vago e descuidado?" Hoje, Nikki parece ter uma relação forte com a sua mãe.

E aí, o que você achou desta matéria? Deixe nos comentários e compartilhe com os seus amigos.
Publicado em: 01/08/17 18h12