• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 agentes patogênicos que comem carne humana

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      02/01/19 às 17h30

Só de lermos a frase 'comem carne humana' um arrepio na coluna acontece. Afinal, é terrível imaginar qualquer coisa que possa nos fazer de jantar. Ainda mais se ainda estamos vivos. Agora imagine se seu grande inimigo for um ser (mais precisamente milhões deles) microscópico e que, além de tudo, pode deixá-lo impotente a sua ameaça.

E é exatamente esse o caso de bactérias, amebas e outros agentes patogênicos que existem por aí e que aguardam apenas uma brecha para levar a destruição e o caos para seus hospedeiros. Alguns deles não deixarão sequer os ossos. Pensando nisso, hoje listamos alguns deles que vocês provavelmente não conheciam. Confira!

1 - Streptococcus

A doença é causada pela presença de patógenos que causam o apodrecimento da pele, como por exemplo o streptococcus , especialmente, quando já afetou as camadas mais internas. A fasciíte necrosante precisa ser tratada imediatamente, uma vez que ela pode ser fatal, apresentando mortes em cerca de 25 % a 30% dos casos. Os patógenos não chegam necessariamente a comer a carne, mas excretam toxinas, destruindo os tecidos. Pessoas imunocomprometidas, diabéticos, usuários de drogas e álcool estão particularmente em risco.

2 - Pseudomonas aeruginosa

Esta bactéria basicamente pode crescer em todos os lugares e em praticamente tudo, embora nem sempre seja nociva para nossa saúde. Na verdade, ela aguarda uma oportunidade, como um corte ou um arranhão, para se infiltrar e espalhar P. aeruginosa pode causar fasciíte necrosante. Pessoas saudáveis geralmente possuem risco muito baixo de serem infectadas pela bactéria.

A Pseudomonas aeruginosa pode atingir os órgãos internos e até mesmo levar à morte. Se não tratada, ela vai "comendo" tudo o que vê pela frente até chegar aos ossos. Infecções nos pulmões e no sangue não são difíceis de ocorrer.

3 - Staphylococcus Aureus

Apesar de ser uma bactéria facilmente encontrada na pele e nas fossas nasais de pessoas saudáveis, esta bactéria pode desencadear o desenvolvimento de doenças gravíssimas. Algumas cepas são resistente a meticilina, o que torna suas infecções ainda mais difíceis de serem tratadas. Dessa forma, o Staphylococcus aureus pode se tornar necrótica e começar a comer a carne do corpo humano. Caso a doença vá parar na corrente sanguínea, uma doença brutalmente poderosa se instala. Essa bactéria ainda é capaz de provocar fasciíte necrosante.

4 - Naegleria fowleri

Esta ameba pode ser encontrada na água ou no solo. Ela afeta gravemente o cérebro nas raras ocasiões em que faz os humanos de hospedeiros. Elas são facilmente encontradas em água doce e sob as condições certas elas podem acabar invadindo o corpo e lentamente começar a devorar o cérebro da pessoa. A infecção destrói o tecido cerebral, causando inchaços e até mesmo a morte.

5 - Clostridium perfringens

Esta bactéria pode ser encontrada no solo, na água e no trato intestinal humano. Ela pode causar uma doença chamada gangrena gasosa. As toxinas excretadas por tal bactéria viajam até chegar aos vasos sanguíneos e outros sistemas de nosso corpo, e começam a nos matar por dentro 'envenenando' a carne.

Isso causa uma maciça distensão, formando gigantes bolsas de gás, frutos das bactérias que ao se alimentar liberam esses gases dentro do nosso corpo. Bulbos maciços de cor vermelho e roxo aparecem sobre a pele empurrado pelos gases internos.

6 - Streptococcus Pyogenes

Talvez a causa mais conhecida de fasciíte necrosante seja pelo Streptococcus Pyogenes. Tal bactéria também é agente causador de infecções na garganta, especialmente nas crianças. O Streptococcus Pyogenes também gera toxinas que destroem os tecidos de gordura, músculos e a pele. Apesar de muitas vezes começar de forma leve, o não tratamento pode levar a sérias infecções. Sim, esta bactéria pode "comer" sua garganta até que você morra.

7 - Escherichia coli

Essa bactéria é bastante conhecida, muito por causar intoxicações alimentares. No entanto, o poder letal da E. coli pode ir muito além disso. Algumas cepas podem ocasionar a morte das células à medida que elas devoram lentamente sua carne. Geralmente, estas cepas atacam aqueles com sistema imunológico limitado ou suprimido, que não conseguem combater a infecção.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+