Enquanto alguns atores consideram demais os papéis que os tornaram famosos e queridos, outros têm um relacionamento mais complicado, com tais personagens. Os motivos são vários. Alguns atores, simplesmente, odeiam personagem. Outros, por exemplo, não gostam do filme ou série de TV que estrelaram. E, por fim, há aqueles atores que não suportam a repercussão, que tal papel teve em suas vidas reais.

Quer saber que atores são esses? Claro, né? Aqui, na nossa matéria, listamos sete deles. Confira, portanto, quais atores se sentiram ressentidos por ter desempenhado algum papel icônico nas telinhas.

1 - Carrie Fisher

Interpretar a Princesa Leia, na franquia Star Wars, fez de Carrie Fisher uma estrela internacional, mas isso não significa que ela amou o papel. De fato, em uma entrevista em 2008, a falecida atriz revelou que não gostou da experiência. E sabe qual era o motivo? Fisher não gostava de ser um ícone global.

2 - Blake Lively

Publicidade
continue a leitura

Blake Lively conquistou fama, por retratar a rica colegial de Manhattan Serena van der Woodsen, no programa de sucesso Gossip Girl. Enquanto milhões de fãs adoravam Serena, Lively não. O personagem de Serena era tão diferente de sua realidade, que ela, às vezes, achou difícil desempenhar o papel. Segundo a People, Lively disse que estava comprometida com o papel, mas que não tinha orgulho dele.

3 - Jack Gleeson

O ator irlandês ficou conhecido após interpretar Joffrey Baratheon, em Game of Thrones, um dos únicos personagens realmente maus. Quando o personagem sádico foi finalmente eliminado do show, fãs da série em todo mundo se alegraram. Depois de retratar o cruel rei adolescente, Gleeson revelou que não queria mais atuar. Em entrevista à People, Gleeson admitiu que atuar não é "a única coisa que ele quer fazer".

4 - Robert Pattinson

Publicidade
continue a leitura

O ator não estava preparado para retratar o galã literário Edward Cullen, o vampiro de Twilight, poderia ter mudado sua vida. Pattinson, instantaneamente, se tornou um ídolo adolescente em todo o mundo. No entanto, o ator se sentia desconfortável interpretando o vampiro e, além disso, também se sentia desconfortável com a fama. Em entrevista a meios de comunicação, disse que achava o vampiro super depressivo.

5 - Katherine Heigl

Depois de interpretar uma protagonista na comédia Knocked Up, de 2008, Katherine Heigl resolveu falar, abertamente, sobre o quanto ela não gostava de sua personagem e pensava que o filme era sexista. Mais tarde, ela se retratou, e disse que realmente gostou do filme, que foi produzido e dirigido por Judd Apatow. Ela simplesmente não gostou do papel que desempenhou. "Ela era uma espécie de pessoa que julgava. Era controladora também. E eu fui todas essas coisas enquanto estava interpretando o papel", disse a atriz, em um programa de rádio.

6 - Jamie Dornan

Publicidade
continue a leitura

Quando foi lançado, Fifty Shades of Grey ganhou destaque em todo o mundo, devido a seu conteúdo ousado. Uma pessoa, que não gostou desse teor, foi o ator da Irlanda do Norte, Jamie Dornan, que interpreta o protagonista. Em uma entrevista à GQ Australia, Dornan admitiu que o personagem não é o tipo de cara com quem ele se daria bem. Ativistas e outras figuras criticaram Gray e o próprio filme por serem problemáticos e influenciarem, negativamente, o público jovem.

7 - Sean Connery

De todos os atores que interpretaram James Bond, Sean Connery se destaca. Afinal, dentre todos, o ator foi o único que não tinha muita simpatia pelo papel. Em 1964, ele confessou, ao The New York Times, que não admirava o personagem que estava interpretando, afirmando: "Ele não faz meu tipo".

Publicado em: 22/12/19 18h45