icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 coisas que você não sabia sobre as Valquírias da mitologia nórdica

POR Bruno Dias EM Curiosidades 16/01/19 às 21h22

capa do post 7 coisas que você não sabia sobre as Valquírias da mitologia nórdica

As pessoas que sabem um pouco sobre mitologia nórdica, já devem ter ouvido falar de Valquíria. No imaginário das pessoas, elas são retratadas como mulheres nobres e guerreiras que simbolizam um passado quando os escandinavos atacavam grandes partes do mundo. E se você está pensando que já ouviu falar dela em algum lugar, pode ter sido no filme da Marvel, Thor: Ragnarok de 2017.

As pessoas que são familiarizadas com a mitologia talvez ficassem impressionadas com a forma como as Valquírias são representadas hoje em dia. A visão delas não é totalmente distorcida, mas algumas coisas podem não ser conhecidas pela maioria das pessoas. Listamos aqui alguns desses fatos sobre Valquírias.

1 - Não são realmente guerreiras

Normalmente, as Valquírias são representadas no entretenimento com capacetes, armadas e prontas para batalha, mas essa não era a principal função delas na mitologia original. Essa percepção foi tida quando houve uma mistura da mitologia nórdica com as amazonas da mitologia grega.

O propósito da criação delas pelo deus nórdico Odin foi para que elas, no final de uma batalha, escoltassem os guerreiros caídos para o sagrado Valhalla. E por estarem nas proximidades dos campos de batalha, há essa confusão delas com guerreiras femininas é compreensível.

2 - Mortais elevados

As Valquírias não foram criadas por Odin, elas foram escolhidas do reino dos mortais e elevadas ao status de semideusas. Mas nem todas eram camponesas antes de Odin tê-las escolhido. Uma delas, Svana, era filha do rei Eylimi e outras eram rainhas antes de se tornaram Valquírias. Normalmente, elas eram rainhas e princesas de tribos e nações grandes.

3 - Virgens

Em várias regiões do mundo, existem registros de culturas que veneravam a virgindade feminina. Mas no caso das virgens de Valhalla, essa virgindade era requerida não porque era uma coisa boa, mas sim porque as Valquírias precisavam ser virgens para continuarem imortais. E mesmo com isso, existem relatos de humanos se relacionando com as Valquírias e protagonizando romances trágicos.

4 - Capas de penas

A imagem de uma Valquíria é com armaduras e trajes no estilo mediterrâneo, mas não foi assim que elas foram originalmente imaginadas. Na mitologia nórdica, elas vestiam capas de penas de cisnes ou corvos. E algumas vezes, as Valquírias têm as habilidades de transformarem suas capas em asas.

5 - Teares

Algumas representações das Valquírias as faziam parecer menos um ideal feminino e mais com monstros vistos em filmes de terror. E num dos textos da mitologia nórdica, Eddas e as Sagas, ao invés delas irem até os soldados para verem quais iriam para o céu, elas estavam em teares tecendo o destino dos soldados. E o tear não era comum, o cordão era de intestino e as cabeças decapitadas eram usadas como pesos. E as espadas e flechas serviam como ferramenta para a tecelagem.

6 - Servas

O papel de seleção das Valquírias de quem era digno ou não de ir para o céu pode parecer com que elas tivessem uma importância muito grande entre os deuses. Mas nos períodos entre as batalhas, elas serviam bebidas a Odin e os heróis que elas levaram ao céu.

7 - Número

Em histórias e filmes como Thor: Ragnarok, as Valquírias vão para as batalhas em um grande número, mas a verdade é que não existiam muitas delas. Segundo fontes como a mitologia nórdica, de A a Z falavam que não existiam mais de 13 por vez e às vezes, existiam apenas nove delas.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest