7 fatos sobre Cleópatra que você não aprendeu na escola

POR Isabela Ferreira    EM Curiosidades      09/04/18 às 15h36

Cleópatra Tea Filopátor, mais conhecida apenas pelo nome de Cleópatra, é uma figura bastante importante na história mundial. Ela foi a última rainha da dinastia de Ptolomeu e também a general responsável por governar o Egito após a conquista do país pelo rei Alexandre, o Grande. Figura marcada não apenas em diversas obras literárias e cinematográficas, mas também nos livros didáticos a que somos apresentados durante nossa atividade escolar.

Provavelmente você já estudou sobre a história do Egito e, consequentemente, sobre a importância de Cleópatra para a nação. Deve conhecer sua fama, sua inteligência e suas paixões, mas é provável que muitos fatos interessantes sobre a vida da rainha tenham passado despercebidos, ou sequer foram mencionados. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 fatos sobre Cleópatra que você não aprendeu na escola. Confere aí!

1 - Na verdade, Cleópatra não era egípcia

Se alguém lhe pedisse para nomear uma das maiores egípcias de todos os tempos, provavelmente você daria o nome de Cleópatra. Bem, o que nem todo mundo sabe é que ela na verdade, não tinha origem egípcia, mas sim grega. Ela descendia da dinastia dos ptolomeus, que possui acedência da Grécia. Os ptolomaicos, para legitimar que tinham descendência divina, costumavam casar entre si. Cleópatra inclusive, chegou a se casar com dois de seus irmãos.

2 - Ela era bem mais inteligente do que bonita

Cleópatra normalmente é retratada como uma mulher de beleza acima da média. No entanto, não era bem assim. Em fevereiro do ano de 2007, foi encontrada uma antiga moeda da época, em que a rainha era representada com uma aparência comum... Nada realmente glorificante. Um dos trechos que consta em um livro escrito por Plutarco, conta: "Sua beleza real... Não era tão notável que nenhuma pudesse ser comparada a ela, ou que ninguém pudesse ser comparada a ela. Mas o contato de sua presença, era irresistível. O personagem que assistiu tudo que ela disse ou fez foi algo fascinante".

Por outro lado, ela foi uma das diplomatas mais astutas de toda a história. Ela estudava matemática, medicina, alquimia, história, geografia, enfim... Tinha real interesse em diversos assuntos sobre o nosso mundo, sem contar que falava nove idiomas de forma fluente.

3 - Filha de um incesto

Assim como dissemos anteriormente, os ptolomaicos tinham o costume de casar entre si. Como Cleópatra descendia de tal dinastia, não deve ser uma grande surpresa saber que ela foi filha de um incesto. Segundo informações históricas, os pais da rainha era irmãos.

4 - Ela chegou a matar três de seus irmãos

Era comum que o Egito precisasse que os faraós governassem em pares - cada regente precisaria de um co-regente, que deveria ter o sexo oposto. Dessa forma, durante um curto tempo, Cleópatra teria governado ao lado do pai, Ptolomeu XII, até a morte dele. No testamento, ele deixava claro que a filha deveria se casar com o irmão, Ptolomeu XIII, que tinha apenas 11 anos. No entanto, os dois não se gostavam nenhum pouco.

O relacionamento terminou quando ele tentou tomar o controle sozinho. Nesse momento, Cleópatra pediu ajuda de Júlio César para tentar reconquistar seu poder. Isso fez com que mais tarde, os irmãos entrassem em uma guerra civil. Como César apoiava a rainha, foi fácil vencer Ptolomeu XIII, e em seguida, foi condenado ao afogamento no rio Nilo.

Após o acontecido, ela precisou se casar com outro irmão. Tudo indica que este, ela matou com as próprias mãos, na intenção de que o filho dos dois se tornasse seu co-regente. Mas não parou por aí. Ela ainda teria arquitetado a morte de Arsione, sua irmã... Que era considerada como sua principal concorrente ao trono.

5 - Sua famosa maquiagem era usada para outro fim

Cleópatra sempre é representada com uma maquiagem forte, uma de suas principais características. No entanto, ao contrário do que muitos acreditam, a intenção por trás dos traços não era chamar atenção, e nem mesmo era um cuidado com a beleza... Embora tenha sido pensado como tal mais tarde. A maquiagem era feita à base de chumbo, e era tóxica para bactérias que provocavam infecções oculares... Portanto, era usada com a finalidade de evitar doenças do tipo.

6 - Abriu um "clube de bebedeira" com Marco Antônio

Além de inteligente e astuta, Cleópatra também era uma grande festeira. Na época, ela mantinha um romance com Marco Antônio, que também tinha seu lado festivo. Aproximadamente em 41 antes de Cristo, os dois criaram um clube exclusivamente para beberem e comerem a vontade. Segundo historiadores, eles ficaram cerca de um ano fazendo inúmeras festas, onde bebiam e comiam sem se preocupar com o dia de amanhã.

7 - Cleópatra gastou alguns milhões em um coquetel

Segundo o que reza a lenda, Cleópatra teria apostado com Marco Antônio que ela seria capaz de gastar cerca de 10 milhões de sestércios (antiga moeda romana) em uma refeição bastante modesta... Seria o equivalente a cerca de 20 milhões de dólares hoje em dia. Em seguida, ela teria pedido aos seus súditos que levassem uma taça de vinagre. Dessa forma, tirou a pérola de um de seus brincos, esperou que ela se dissolvesse no líquido e bebeu em seguida... Provando assim que faria absolutamente tudo para ganhar uma aposta. Supostamente, era uma pérola realmente grande.

No entanto, historiadores contestavam a história, alegando que vinagre não poderia derreter um material como aquele. Mas os testes foram feitos e para a surpresa de muitos, as propriedades do líquido são realmente potentes ao ponto de conseguir tal proeza... Mas leva mais de um dia para que a pérola consiga desaparecer.

E então pessoal, o que acharam? Conhecem outras curiosidades sobre Cleópatra? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+