Fatos Nerd

7 jogos mais decepcionantes de 2020

0

Embora 2020 tenha afetado diversas áreas do entretenimento, a indústria de games seguiu fazendo a roda da economia girar. Inclusive, nesse cenário pandêmico onde o isolamento social é a forma mais eficaz de evitar o contágio de coronavírus, a quarentena acabou amplificando o consumo de jogos eletrônicos que, desde sempre, foram uma excelente forma de escapismo do mundo real.

No entanto, apesar de ter contado com ótimos lançamentos, o ano de 2020 foi marcado por decepções, também no ramo dos jogos. É sempre difícil trabalhar em cima da expectativa de um público, mas a mesma é imprescindível para impulsionar a popularidade e, consequentemente, o consumo de algum produto. Porém, é preciso pisar em ovos para não falhar.

Infelizmente, algumas desenvolvedoras acabaram lidando com imprevistos e entregando jogos aquém do esperado. Então, pensando nisso, o WhatCulture.com acreditou que seria válido listar alguns dos jogos mais decepcionantes de 2020 e, inspirados pelo site, reunimos abaixo alguns desses títulos.

7 – Cyberpunk 2077 (a versão de jogos para PS4 e Xbox One)

Embora Cyberpunk 2077, o tão aguardado jogo estrelado por Keanu Reeves, esteja nessa infeliz lista, adiantamos que o problema desse título não se trata de nada relacionado ao jogo em si, mas ao seu desempenho nas máquinas da geração atual. Após oito anos em desenvolvimento, esperava-se que esse jogo rodasse sem bugs ou imprevistos, certo? Bom, isso era o mínimo. No entanto, Cyberpunk 2077 só agradou os usuários de PC e, provavelmente, os compradores de consoles da próxima geração. Se você é adepto do PS4 e Xbox One, simplesmente não foi contemplado pelo RPG mais aguardado do ano.

6 – Call of Duty: Black Ops Cold War

Apesar de contar com um título de qualidade questionável, Call of Duty: Black Ops Cold War não é necessariamente um jogo ruim. Além de apresentar o clássico modo de tiro característico da franquia, o game não deixa desejar no arsenal do modo campanha. Todavia, narrativamente falando, ele foi insuficiente. A jogabilidade sem vigor e sutileza não conseguiu ser relevada nem mesmo diante do visual impressionante. Contando com apenas 8 mapas multijogador 6v6, Black Ops foi desanimador se comparado aos títulos que o precederam.

5 – Crysis Remasterizado (prometia a redenção dos jogos anteriores mas acabou deixando a desejar)

O Crysis original era notório, principalmente por entregar fidelidade visual e tecnologia. Entretanto, apesar de ter ganhado algumas sequências, nenhuma delas foi boa o suficiente. Logo, coube à remasterização salvar o dia, ou pelo menos tentar, como foi o caso. Incapaz de recuperar a reputação original, Crysis Remastered passou a impressão de que nada mudou desde 2007, parecendo mais um relançamento do que uma remasterização real. Embora tenha implementado alguns novos recursos, era praticamente apenas o mesmo Crysis de sempre, fugindo totalmente do rolo compressor gráfico que muitos esperavam e deixando apenas um rastro de decepção.

4 – Resident Evil 3

Resident Evil 3 chegou após um ano sublime para Resident Evil 2 e o esperado era que o mesmo seguisse entregando o mesmo potencial de seu antecessor. Contudo, o resultado final, removeu tanto conteúdo quanto acrescentou, dando ao game uma impressão de falta de ambição. Com quatro horas de duração, parecia um DLC, não ajudado por inimigos repetidos, exploração limitada e design de mapa restritivo. Até o próprio Nemesis ficou um passo atrás em relação ao Mr. X do 2. Apesar de apresentar momentos assustadores, Resident Evil 3 chegou sem qualquer ameaça real, a maioria de suas aparições são em cenários bem elaborados que não conseguem realmente vendê-lo como o vilão.

3 – Mafia 2 (mais um pra lista de jogos remasterizados que não foram bem executados)

Embora o Mafia original estivesse em processo de remasterização, sendo atualizado para uma nova geração, Mafia 2, lançado em maio, arruinou todas as chances de um retorno. Apesar de ser apontada como a melhor maneira de jogar esta sequência amada, a realidade é que foi um completo desastre. O jogo mal conseguia suportar seu próprio peso, com um rácio de fotogramas ofensivo que não apenas deixava o game paralisado durante as sequências exigentes, mas abalava totalmente a experiência, mesmo quando os jogadores não faziam nada mais extenuante do que tomando uma bebida no apartamento de Vito, o personagem principal. Os fãs ficaram um tanto quanto decepcionados porque, enquanto o remake do primeiro Mafia ficou muito melhor, essa remasterização não passou de um arrogante roubo de dinheiro.

2 – Warcraft 3: Reforged

Segundo o WC, Warcraft 3: Reforged não é apenas um dos jogos mais decepcionantes do ano, é um dos piores jogos do ano. Todavia, poderia ter sido diferente. Os fãs de Warcraft estavam ansiosos para jogar uma versão atualizada de sua amada sequência, e os trailers originais em 2018 prometiam uma versão autêntica e modernizada do jogo, com visuais de cair o queixo e uma atenção aos detalhes característicos da franquia. Porém, deu tudo errado. Pra começar, o visual foi completamente diferente do prometido. Contudo, o verdadeiro problema foi a forma como o jogo desconsiderou o que os fãs amavam no original, trocando componentes centrais e empregando um desprezo geral por sua própria história.

1 – Marvel’s Avengers (um dos jogos mais criticados dos últimos tempo, e com razão)

Já falamos algumas vezes sobre os problemas em torno do jogo dos Vingadores da Marvel, então não é uma surpresa ver o título encabeçando essa lista. Visto que os filmes da Casa das Ideias são tão aclamados publicamente, esperava-se que pelo menos parte desse sucesso fosse projetado nos jogos, mas não é bem assim. Há sim pontos positivos em Vingadores, desde a história comovente até o combate espetacular, mas tudo parece sem paixão. Enquanto o Homem-Aranha da Insomniac transborda criatividade e inspiração, os Vingadores da Marvel são corporativos, sem nenhuma identidade real própria. É como se o título fosse uma simples obrigação contratual, então, dá pra imaginar o quão divertido é jogá-lo.

Fonte: WhatCulture.com
Imagens: CD Projekt RED  Square Enix  Capcom.

7 melhores remakes de filmes de terror

Matéria anterior

Apatia pode ser um primeiro indicador de demência antes mesmo de outros sinais

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Fatos Nerd

Comentários

Comentários não são permitidos