Fatos NerdNotícias

Confira os jogos de terror mais assustadores de 2020

0

O terror de sobrevivência é um gênero em ascensão entre os consumidores de jogos eletrônicos e em 2020, apesar dos pesares, não foi diferente. Assim como as demais áreas da indústria audiovisual, o universo de produção de games sofreu muitos cancelamentos e adiamentos decorrentes da pandemia de coronavírus. Sendo assim, este ano acabou deixando a desejar nos lançamentos de produtos de entretenimento, e isso inclui jogos. Porém, nem tudo foi perdido. Muitas empresas conseguiram contornar as adversidades e tentar se adaptar ao atual cenário, por isso, apesar de não ter contado com a vasta quantidade de títulos com a qual nos acostumamos, esse ano trouxe exemplares significativos. Portanto, o Looper apresentou três grandes títulos de terror de 2020. Será que você vai concordar com a seleção?

Amnesia Rebirth (um jogo clássico do terror de sobrevivência)

Amnesia: Rebirth é um título da Frictional Games e também o terceiro jogo geral da franquia Amnesia. Apenas contextualizando, esse game é a sequência direta de Amnesia: The Dark Descent de 2010, mais conhecido como o jogo que aterrorizou PewDiePie e se tornou viral. Apesar de afastar dos sustos, Rebirth não deixa de oferecer uma experiência memorável e altamente elogiada pela crítica especializada.

Assim como na narrativa do jogo anterior, nesse título o jogador assume o controle de um personagem tentando recuperar memórias perdidas. Desta vez, a protagonista é a infeliz Anastasie “Tasi” Trianon, uma arqueóloga francesa que pousou no deserto da Argélia em 1937 e precisa rastrear seus colegas desaparecidos. O perigo é frequentemente mais psicológico do que físico, já que Tasi é forçada a enfrentar tanto monstros reais quanto seus demônios pessoais.

Rebirth usa uma fórmula clássica do terror de sobrevivência: Tasi é muito menos poderosa do que seus inimigos, e muitas vezes é melhor simplesmente se esconder em vez de lutar contra eles. O jogo também usa luz e escuridão com grande êxito. Se Tasi ficar na escuridão total por muito tempo, ela ficará louca. A única maneira de evitar a insanidade é uma fonte de luz, mas o combustível da lâmpada e os fósforos são escassos. Então cabe ao player administrar os recursos sem perder a cabeça.

The Dark Pictures Anthology: Little Hope (um excelente jogo pra quem não gosta de sustos mas não quer perder a adrenalina do suspense)

Se você tem a pressão baixa e coração fraco mas não quer deixar de lado a adrenalina, talvez um jogo de terror com menos susto e mais história seja uma boa pedida pra ti. Sendo assim, pode ser que você queira dar uma conferida em The Dark Pictures Anthology: Little Hope. Esse jogo desenvolvido pela Supermassive Games é o segundo de oito jogos planejados para a série Dark Pictures .

Little Hope refere-se ao cenário do jogo, uma pequena cidade da Nova Inglaterra saída das histórias de HP Lovecraft. A narrativa segue quatro estudantes universitários e seu professor que ficam presos em Little Hope quando seu ônibus bate durante uma viagem de campo. Eventualmente, eles descobrem que Little Hope tem um segredo sombrio: uma história de caça às bruxas e perseguição brutal que não ficou no passado.

Como seu predecessor, Man of Medan, Little Hope se desenrola como uma assustadora história de aventura para adultos. Em vez de lutas, o jogo se baseia mais na exploração, diálogos ramificados, avisos de botões em tempo rápido e escolhas que afetam a história – assim como quais personagens morrerão. E as escolhas que você faz, realmente parecem significativas.

Resident Evil 3 (não é exatamente um ícone dos jogos terror, mas quem não adora atirar em zumbis, não é mesmo?)

Provavelmente uma das franquias mais atemporais no mundo do entretenimento, Resident Evil é desenvolvida pela Capcom que, após Resident Evil 7: Biohazard, mudou a jogabilidade voltada para a ação e voltou para o enfoque na atmosfera de suspense responsável por tornar os originais tão memoráveis. Como resultado disso, surgiu um dos jogos mais assustadores da década. Em seguida, o remake de Resident Evil 2 continuou essa tendência no ano passado. No entanto, o remake de Resident Evil 3 de 2020 foi aclamado pela crítica.

Assim como o Resident Evil 3: Nemesis original, o remake ocorre simultaneamente com os eventos de Resident Evil 2 e coloca Jill Valentine contra o apropriadamente chamado “Nemesis”, uma arma biológica ultra-ameaçadora que assume a forma de um enorme zumbi desfigurado. Nemesis aparece ao longo do jogo em interações com script e lutas contra chefes, perseguindo Jill enquanto ela tenta impedir uma epidemia de T-Virus em Raccoon City. Nemesis é o vilão perfeito que simplesmente não morre, como o Sr. X era em Resident Evil 2.

Faz sentido que este jogo seja mais pesado em combate, já que o original também era voltado para a ação. Pode não te dar pesadelos, mas ainda é divertido atirar em zumbis.

Fonte: Looper
Imagens: Frictional Games Supermassive Games  Capcom.

O que aconteceu com o elenco de Sexta-feira Muito Louca?

Matéria anterior

Arte incrível mostra Chris Pine como Ciclope no MCU

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.