• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 maiores erros nos filmes dos X-Men que você talvez não tenha percebido

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      23/02/18 às 18h40

Heróis vem, heróis vão, e os X-Men não param! Os mutantes deram o ponta pé para a nova tendência de filmes do gênero há dezoito anos, com o lançamento de X-Men: O Filme. A animação dos nerds foi contagiante e chamou a atenção de pessoas que não eram tão entusiasmadas com a cultura pop. Antes da Marvel Studios iniciar seu universo cinematográfico, a 21st Century Fox já expandia o seu. X-Men teve cinco filmes e três spinoffs, contanto com nomes como Wolverine, Deadpool e Novos Mutantes. Esses heróis, com o tempo, ganharam um carinho especial por parte dos fãs. Em especial aqueles que assistiram as animações dos anos 1990 e 2000.

Mesmo assim, uma das maiores dores de cabeça que os fãs enfrentam ao assistirem aos filmes é tentar compreender a ordem cronológica dos eventos. A linha temporal apresentada em X-Men é tão confusa que, a essa altura, o público fica satisfeito apenas ao apreciar mais um bom filme. De qualquer forma, é sempre divertido voltar no tempo e procurar sentido em certas passagens da história. E a seguir, é exatamente isso que faremos. Lembrando que todos os tópicos apontados abaixo são baseados nos filmes lançados, ou seja, não tentaremos encontrar as respostas nos quadrinhos. Divirtam-se!

1 - Como Jean Grey se transforma em Fênix Negra?

Para quem conhece a história original, seja dos quadrinhos ou das animações, sabe a história por trás da entidade Fênix. Mas e quem depende apenas do filme? Lembrando que, independente que sua base de adaptação, um filme tem obrigação de funcionar por ele mesmo. Sendo assim, há indícios no final de X-Men 2 que algo aconteceria com Jean Grey, mas nada disso é explicado na sequência. Ela simplesmente ressurge mais poderosa do que nunca e causando em São Francisco.

2 - O que houve com os Mutantes em Logan?

Logan é um filme sensacional, sem dúvidas ou discussão aqui. Apesar disso, o filme falha em explicar o que houve com o resto dos mutantes no mundo. Tudo que a história nos apresenta são suposições. Devido a algumas menções sobre um certo incidente envolvendo o Professor Xavier e milhares de mortes, muitos fãs teorizam que ele possa ter sido um fator chave para a extinção da espécie. Contudo, nada foi esclarecido oficialmente.

3 - Os poderes da Vampira

Bryan Singer, o homem que começou a franquia X-Men no cinema, não tinha intenção de largar os filmes. Contudo, para o terceiro, ele pediu um pouco mais de tempo para a Fox porque estava na fase final de outro trabalho. O estúdio deu as costas a ele e então tivemos X-Men 3: O Confronto Final. O filme explora a cura mutante, mostra que Vampira aderiu a ideia e injetou a vacina em seu corpo. Dessa forma, ela ficou sem seus poderes. Em Dias de um Futuro Esquecido, Singer voltou ao projeto e, pelo jeito, preferiu ignorar todos os eventos anteriores. Sendo assim, Vampira reaparece com seu uniforme referência aos quadrinhos, mexas brancas e toda poderosa, do nada!

4 - Afinal, quem leva os créditos pelo Cérebro?

No primeiro filme de Bryan Singer, fica estabelecido que Professor Xavier e Magneto foram os responsáveis por desenvolver o Cérebro. Essa poderosa máquina é capaz de conectar Charles com todos os seres humanos no planeta. No entanto, em X-Men: Primeira Classe, que de alguma forma se passa antes de todos os eventos da primeira trilogia, os créditos pela criação do aparelho vão para Hank McCoy, o Fera.

5 - Uma história, duas Tempestade

Em X-Men: Apocalypse somos apresentados a jovem Tempestade. Ela cresceu pelas ruas da cidade do Cairo, no Egito e sabe se virar muito bem. Embora tenha se unido com o vilão no filme, ao fim ela percebe o erro que cometeu e escolhe ficar do lado dos mocinhos. No entanto, essa Ororo Monroe é bem diferente de sua versão que conhecemos no "futuro" anterior. A personagem de Halle Berry não tinha sotaque algum, ou quaisquer outros traços de que havia vivido fora dos Estados Unidos na sua infância e começo da vida adulta. Mais uma falha na continuidade temporal.

6 - Por que Jean teve de sair do jato?

Até hoje essa é uma pergunta persistente entre os fãs. De modo geral, X-Men 2 foi um filme muito bom, mas nada explica aquele final. A não ser, claro, a carga emocional que ele carrega. Jean sacrifica sua vida para salvar seus amigos. Mas ela precisava mesmo? A heroína desce do jato, tranca todos lá dentro, para a enorme onda da represa que chega e faz o motor funcionar. Depois, ela se rende e acaba engolida pela água. Contudo, ela não poderia simplesmente ter feito isso de dentro da aeronave?

7 - As novas garras de Wolverine

Em Wolverine: Imortal, o herói tem suas garras quebradas na luta contra o Samurai de Prata. Depois, já mais no final do filme, vemos que suas garras cresceram novamente, porém, elas são apenas seus ossos, não há revestimento de adamantium nelas. Então, sem explicação alguma, elas magicamente voltam como eram no filme seguinte. Como ele conseguiu o metal novamente?

O que achou do exercício de memória? Apesar de tantos deslizes, você gosta da franquia X-Men? Comente com a gente!

Próxima Matéria
Via   CBR     WC     SR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+