• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 mitos sobre a banda Queen que você sempre acreditou

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      22/03/19 às 17h40

Como se tornar uma lenda do rock? Eu não sei a resposta e provavelmente você também não sabe. Mas sem nenhuma dúvida, Freddie Mercury descobriu como fazer essa proeza, uma vez que ele e a sua banda se tornaram um dos maiores símbolos do rock' n roll. Alias, é injusto dizer que o Queen era apenas deles, uma vez que a banda também era composta e levada por Brian May, John Deacon e Roger Taylor. Os quatro fizeram o grupo inspirar uma geração inteira de jovens, além de conseguir transcender o tempo e ainda ser, atualmente, uma das mais escutadas de todos os tempos.

O Queen se tornou tão grande que acabou sofrendo do mesmo problema que todos os grandes mitos sofrem: mentiras. Eu tenho certeza de que, pelo menos uma vez na sua vida, você ouviu algum tipo de mentira sobre o Queen que acreditou prontamente. Muitos boatos foram criados ao longo dos anos, inclusive pelo próprio filme semi-biográfico, que teoricamente seria mais realista, Bohemian Rhapsody. Quer descobrir algumas informações que são mitos e que, talvez, você não saiba ainda? A Fatos Desconhecidos te conta mais agora mesmo.

1 - Sexualidade no armário

Freddie Mercury mantinha sua vida realmente em off, longe da mídia. A sua contaminação com o vírus do HIV e o desenvolvimento da AIDS demoraram muito tempo para serem revelados na mídia. O caso só foi divulgado por ele quando já estava perto da sua morte.

Mas todo esse seu protecionismo não funcionava em relação a sua sexualidade. Ele nunca escondeu sua preferência sexual por homens, assim como nunca foi disfarçado para bares gays. Ele não admitiu com todas as palavras que era homossexual, porém, também nunca negou. Ele só era reservado.

2 - Os dentes eram o seu segredo do sucesso

Os dentes de Freddie Mercury não cabiam dentro da boca, isso porque ele tinha quatro dentes a mais na parte superior. Se na infância isso foi motivo de bullying, quando se tornou adulto, ele começou a acreditar que os dentes eram o motivo pela sua voz fabulosa. Por isso, quando ficou rico, não quis arrumar os seus dentes. A crença falsa acabou chegando ao seu público, que também criou o mito de que o vocalista do Queen só fez sucesso por causa dos seus dentes.

3 - Ego infinito de Freddie Mercury

Freddie Mercury era um showman, ou seja, ele sabia como ninguém conquistar uma platéia de cima de um palco. Acontece que tamanho poder de sedução, levou muitas pessoas a acreditarem que ele tinha um ego gigante. Mentira! A maioria das pessoas que conheciam o astro pessoalmente, diziam que ele, na verdade, era uma pessoa muito humilde e que tratava todo mundo a sua volta muito bem. Essa é a verdade: Freddie Mercury não tinha um ego gigante.

4 - Freddie Mercury fingia não ser indiano

Muitas pessoas acham que Freddie Mercury escondia seu verdadeiro país de origem: a Índia. Acontece que ele nunca escondeu isso, uma vez que ele realmente não era indiano. Ele nasceu em Zanzibar, e realmente aos 8 anos de idade, viveu na Índia, mas não nasceu lá e nem ficou um período realmente grande da vida por lá. Mas ele não nega as origens da sua família, realmente indianas, e também a influência da cultura do país na sua vida.

5 - Mal na guitarra

Freddie Mercury ganhou a fama de ser péssimo na guitarra, e chegou a responder várias perguntas sobre isso em entrevistas, nas quais alimentava ainda mais esses boatos. Mas acontece que isso não era bem verdade, ainda mais que em seus shows, ele costumava cantar e tocar um solo de guitarra com muita frequência quando iria apresentar "Crazy Little Thing Called Love"Sim, ele era um bom guitarrista, mas ele nunca iria ofuscar todo o talento de Brian May.

6 - "I Want to Break Free" foi Freddie Mercury saindo do armário

Como já foi dito no primeiro tópico, Freddie Mercury nunca esteve no armário. Portanto, quando lançou "I Want to Break Free", ele não estava tentando mostrar ao mundo que era gay, como muita gente pensou. A verdade é que o clipe dessa música é uma paródia de uma novela britânica, chamada "Coronation Street". Advinha? Os americanos, e boa parte do mundo, não pegaram a referência e tiraram suas próprias conclusões mentirosas.

7 - Mensagens subliminares

Na década de 1980, quando o vinil era a forma mais popular de se escutar música, existia o costume de escutar a música de trás para frente para ver se existia alguma mensagem subliminar. E claro que o Queen foi alvo de muitas teorias da conspiração envolvendo mensagens subliminares. Já houve pessoas que falaram que eles influenciavam subliminarmente os jovens a usarem drogas ilícitas em suas músicas. Obviamente, é tudo balela.

Próxima Matéria
Via   Grunge  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+