Curiosidades

7 personalidades que não morreram como as pessoas imaginam

0

A morte é uma coisa extremamente triste, mas que faz parte da vida de todo mundo. Mesmo que seja uma constante da vida, parece que nunca vamos nos acostumar com tal realidade. Principalmente, quando acontece com alguém famoso e admirado por várias pessoas.

Ela pode acontecer de diversas maneiras. Seja por causa de acidentes, doenças, ou até mesmo causada por outras pessoas. Independente do motivo, não tem como fugir. Mais cedo ou mais tarde, ela chegará para cada um. E os motivos, que levam a ela, podem ser mais inesperados ainda.

Quando se trata de mortes de famosos, algumas parecem ficar fixadas na cabeça das pessoas, mas podem não ser o real motivo da morte. Histórias e teorias da conspiração, geralmente, têm um grande papel nessa confusão de como algum famoso morreu. Mas também uma falta de conhecimento médico no passado também levou a vários mal entendidos. Mostramos aqui, qual foi a causa da morte de algumas personalidades.

1 – Edgar Allan Poe

Esse famoso escritor americano foi visto no dia das eleições de 1847 delirando e vagando pelas ruas de Baltimore com roupas estranhas. Depois de alguns dias ele morreu no hospital local. O escritor morreu aos 40 anos de idade.

Das teorias sobre sua morte, a mais aceita é que ele foi vítima de cooptação. Isso era uma tática de fraude eleitoral onde as pessoas eram pegas nas ruas e colocadas em uma sala onde recebiam bebidas alcoólicas para que eles fizessem o que os era mandado. Quem se recusasse era espancado até a morte.

O fato de que Poe estava com roupas estranhas era mais uma evidência para se acreditar nessa teoria. Mas ele podia ser uma pessoa muito conhecida para ser alvo desse golpe. E uma outra teoria que surgiu foi que ele pode ter morrido de raiva. Poe tinha os sintomas da doença, incluindo a confusão mental e dificuldade em engolir.

2 – Mozart

Wolfgang Amadeus Mozart é tido como um dos maiores compositores clássicos de todos os tempos. E compôs até a sua morte. Morte que todos pensam que aconteceu quando um rival o matou. Essa ideia foi fixada com a peça e o filme “Amadeus”, colocando Antonio Salieri como culpado.

Mas em 2009, um estudo feito por epidemiologistas europeus deu uma nova visão sobre a morte de Mozart. Quando eles examinaram os registros históricos de mortes na casa do compositor, em Viena, eles viram que na mesma época aconteceu um grande aumento na morte de jovens na cidade. A nova teoria é que Mozart morreu por causa de uma infecção estreptocócica durante uma epidemia na cidade.

3 – Vincent Van Gogh

Além de ser um dos pintores mais famosos do mundo, sua reputação de ter e ser uma alma torturada é bastante conhecida. Os fatos da morte dele são bem conhecidos. Ele saiu da casa onde estava hospedado, para ir pintar em um campo em uma manhã. Ele voltou no fim da noite com um tiro no peito. E dois dias depois, ele morreu, em 1890. De acordo com o irmão de Van Gogh, Theo, o pintor tinha se matado.

Durante toda a sua vida, Van Gogh sofria com uma doença mental. E foi ela que o fez cortar sua própria orelha. Mas agora, os historiadores modernos têm uma nova teoria para a morte do pintor. Eles dizem que Van Gogh foi baleado acidentalmente por um garoto que atormentava o pintor com frequência. E o pintor pode ter dito que ele se atirou para proteger o menino. A teoria tem fundamento porque o material de pintura e arma desapareceram do lugar do acidente.

4 – Napoleão Bonaparte

Em 1815, o imperador da Europa foi forçado ao exílio, na ilha de Santa Helena. Lá, ele começou a sentir dor, angústia digestiva e sudorese. Os médicos, que estavam com ele, disseram que Napoleão tinha morrido de câncer de estômago. Doença que já tinha levado alguns parentes dele. Mas em seu leito de morte, Napoleão disse que os britânicos o tinham envenenado.

Algumas evidências científicas apoiam essa alegação. Os níveis de arsênico, que foram achados nos cabelos de Napoleão, eram fatais. Níveis que também foram encontrados nos cabelos da família do imperador. Mas como o governo francês não permite que o corpo seja exumado, o mistério ficará sem solução.

5 – Alexandre, o Grande

Ele criou um grande império em toda a Eurásia e morreu aos 32 anos. Alexandre sofreu dor e paralisia parcial, durante duas semanas antes de finalmente morrer. E depois de seis dias já morto ele não tinha nenhum sinal de deterioração. Isso levou as pessoas a acreditarem que ele era, na verdade, um deus. Mas essa falta de decomposição foi uma das coisas que ajudou a saber como ele morreu.

Por vários tempos acreditou-se que ele tinha morrido em decorrência de doenças tropicais, provavelmente, malária ou febre tifoide. Mas as novas pesquisas mostram que Alexandre pode ter sofrido da Síndrome de Guillain-Barré (GBS). Ela é um distúrbio autoimune que causa paralisia e morte. E Alexandre pode não ter “decomposto” porque na verdade ainda não estava morto, mas sim paralisado.

6 – Joseph Stalin

Responsável pela morte de milhões de pessoas, Stalin foi um dos líderes mais brutais da história. Mas sua morte não foi violenta. Seus funcionários o acharam no chão de seu quarto vestindo roupas sujas e com um copo de água derramado do seu lado. Eles demoraram mais de 10 horas para chamar um médico, porque tinham medo que o ditador parecesse fraco na visão do médico.

Quando o médico finalmente chegou, Stalin estava parcialmente paralisado e sua pressão estava alta. Passado um tempo, ele vomitou sangue e morreu. Os médicos disseram que era um derrame. Mas Stalin tinha vários inimigos que queriam matá-lo. Vários associados visitaram Stalin e beberam vinho junto dele, dias antes da sua morte.

Os historiadores especulam que um deles possa ter colocado algo no vinho que simularia os sintomas de um derrame.

7 – Pablo Neruda

Neruda ganhou um prêmio Nobel, foi político e poeta. E morreu em 1973, doze dias depois da tomada militar do Chile. Em seu atestado de óbito, a causa da morte está caquexia de câncer. Mas Neruda não tinha o principal sintoma desse tipo de câncer, que era a perda de peso.

O ativismo político dele podia ter sido um problema para o regime no país. E por isso, ele pode ter sido assassinado. Seis homens foram presos, em 2009, por envenenar o ex-presidente chileno na mesma época que Neruda morreu.

Vídeo de Digimon revela novas formas de Agumon e Gabumon

Matéria anterior

Afinal, Thanos pode retornar ao MCU?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos