• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 pessoas da história que simplesmente se recusaram a morrer

POR Leticia Rocha    EM Curiosidades      27/02/19 às 19h57

A morte não é o assunto preferido de todos. Na verdade, a maioria das pessoas evita o assunto terminantemente. Afinal, viver não é nada mal. E a ideia de que um dia não estaremos mais cercados das pessoas que amamos, das coisas que amamos, nem sempre é fácil de lidar. Apesar de tudo isso, como nossos avós diziam: a única certeza dessa vida é a morte. Um dia ela virá, por mais que tentemos escapar.

Acontece que algumas pessoas simplesmente não aceitam morrer. Mesmo que estejam extremamente doentes ou em uma situação realmente extrema, elas persistem. Talvez seja por sorte também, nós não sabemos dizer, mas as pessoas dessa lista simplesmente colocaram a morte para esperar e foram viver suas vidas!

1 - Anne Greene

Em 1650, Anne Greene foi seduzida pelo neto de seu patrão e acabou engravidando. Ela não contou sobre a gravidez para ninguém e com seis meses realizou um aborto e enterrou o corpo do bebê sozinha. Quando o corpo foi encontrado, a mulher foi acusada de infanticídio e por isso foi declarada culpada e condenada à forca. No dia do enforcamento, Anne permaneceu pendurada por cerca de 30 minutos. Ela até pediu para que suas amigas puxassem suas pernas para pôr logo fim a isso. O corpo da mulher então foi encaminhado para a Universidade de Oxford, onde seria dissecado por alunos.

No entanto, pouco antes de começar o procedimento, perceberam que ela ainda tinha pulso, apesar de fraco. Tentaram então ressuscitá-la e conseguiram, depois de alguns dias, a mulher estava bem! Mais tarde, ela recebeu perdão e teve mais três filhos antes de morrer no parto, em 1665.

2 - Matthew Wall

O fazendeiro Matthew Wall estava de casamento marcado quando morreu. No dia de seu enterro, seus amigos estavam carregando o caixão em um morro íngreme, quando uma das pessoas que carregavam o caixão escorregou e caiu. Junto, caiu também o caixão. Após o baque, o silêncio constrangedor foi substituído por sons e gritos abafados que vinham de dentro do caixão. Quando abriram, Matthew estava lá e vivo! Acontece que o homem estava em coma, a queda do caixão fez com que ele voltasse à consciência. Depois do ocorrido, o homem se casou como estava planejado, teve 2 filhos e morreu de velhice anos mais tarde.

3 - Margorie McCall

Margorie adoeceu e morreu em 1705. A mulher que estava com uma doença misteriosa foi enterrada as pressas. No dedo, ela levava um anel extremamente valioso. O marido até tentou tirar a joia do dedo de Margorie, mas não conseguiu. Todos temiam que ladrões desenterrassem seu corpo para roubar a joia e foi exatamente isso o que ocorreu. Os ladrões desenterraram o caixão, mas também não conseguiram arrancar o anel. Eles então decidiram cortar o dedo fora, mas quando perfuraram a pele da mulher, ela retomou a consciência, em um grito de susto. Os ladrões saíram correndo, apavorados! Margorie se levantou e voltou para casa. Anos mais tarde, ela retornou para o túmulo, onde está escrito "Viveu uma vez, enterrou duas vezes".

4 - Rei Zog

O rei Zog da Albânia, um pequeno país da Europa, não era muito querido por seus oponentes. Em 1931, o homem foi baleado enquanto deixava a "pera Estatal de Viena, mas essa não foi a primeira vez. Uma década antes do ocorrido, Zog já havia sofrido outra tentativa de assassinato também com um tiro. Nem mesmo seus súditos o apoiavam. Seu hábito de assassinar oponentes só piorava a sua situação. Ele tentou se cercar de todas as formas possíveis, mas ao longo de sua vida, sofreu mais de 50 tentativas de assassinato, mesmo depois de ser exilado de seu país. Apesar de tantas tentativas, Zog sobreviveu a todas e morreu de causas naturais, em 1961.

5 - Fernando Magalhães

Fernando Magalhães foi o primeiro homem a navegar do Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico. Foi durante essa viagem que o homem se viu de frente com a morte diversas vezes. A primeira foi em um motim, a segunda foi quando estava no meio do oceano sem comida e sem ter o que beber. Os homens de sua tripulação começaram a morrer de fome. A viagem que ele planejava que duraria apenas algumas semanas, durou meses. Quando ele finalmente conseguiu chegar às Filipinas, acabou sendo morto pelos nativos que o acertaram com flechas envenenadas.

6 - Jim Bowie

Jim Bowie lutou durante a Revolução do Texas e também a Batalha do Álamo. A primeira vez em que esteve de frente com a morte foi em um duelo, ao qual sobreviveu. Depois disso, o homem enfrentou uma série de doenças como: febre amarela, febre tifoide e tuberculose pulmonar. Além disso, o homem também era alcoólatra. Uma vez caiu do telhado enquanto estava bêbado e quebrou várias costelas. Isso o deixou com dificuldades de respirar. Enquanto estava na enfermaria, o homem ainda foi atacado por soldados inimigos, mesmo assim ele lutou por sua vida! Antes de morrer, ele ainda esfaqueou um de seus inimigos e atirou em outro.

7 - Keith Caldwell

Keith Caldwell foi um exímio piloto que atuou durante a Primeira Guerra Mundial. Ele era conhecido por seus ataques ousados, que muitas vezes colocavam em risco sua própria vida. Até que, uma vez, a aeronave de Caldwell sofreu uma colisão no ar. Isso fez com que a aeronave despencasse no ar, girando em direção ao chão. Mas o experiente piloto conseguiu controlar o avião pouco antes de ele atingir o solo. Não apenas controlou a aeronave, como saltou dela e salvou sua vida. Caldwell saiu da Primeira Guerra sem nenhum arranhão e seguiu sua vida como agricultor.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+