7 propagandas bizarras que eram veiculadas durante a II Guerra Mundial

POR Rafael Miranda    EM História      21/03/16 às 14h40

Embora a Primeira Guerra Mundial tenha acontecido também no século XX, a Segunda Guerra Mundial foi, sem dúvida, a guerra do século 20. Ao contrário do conflito anterior, que foi o culminar de eventos profundamente enraizados no século 19, a II Guerra refletiu totalmente as tendências tecnológicas, políticas e culturais do século em que ela ocorreu.

Um dos exemplos mais notáveis foi a propaganda. Os ministros, comissários e publicitários que os governos dependiam para vender sua guerra, empregavam cada técnica moderna que podiam para convencer as populações, muitas vezes céticas, que a carnificina e destruição eram justas e absolutamente necessárias.

O cartaz de propaganda foi a ferramenta mais eficaz dos governos para informar, seduzir e convencer suas populações. Agora, eles são potentes, e muitas vezes bizarros, artefatos da última vez em que todo o globo tentou se matar.

"Agentes do fascismo!"

20

O NKVD, ou soviética Polícia Secreta, publicou este cartaz direito antes do início da II Guerra Mundial. No cartaz diz: "Nós vamos erradicar os espiões e sabotadores do fascismo. Durante os anos 30, anti-fascismo foi um tema popular para muitos cartazes de propaganda soviéticos.

"Capitalistas do mundo, uni-vos!"

21

Este cartaz do pré-guerra foi impresso apenas alguns anos após o fim da I Guerra Mundial, e fala das relações exteriores entre a União Soviética e outras potências ocidentais. O post descreve os Estados Unidos, Inglaterra e França como superiores ao resto do mundo. A parte superior do cartaz diz: "Capitalistas do mundo, uni-vos!" e é uma provável reação à formação do Tratado de Versalhes, que foi realizada na Conferência da Paz de Paris.

Nós e eles

22

Este cartaz lado-a-lado contrasta o estado de países ocidentais com a sociedade próspera sob o comando de aliados de Stalin. O cartaz foi lançado em 1941, tempo em que Espanha, França, Bélgica e Holanda estavam sob o domínio fascista. O colapso da República Espanhola foi um tema sensível para muitos russos, e este cartaz mostra isso.

Para a pátria!

23

Para muitos russos, a Segunda Guerra Mundial foi realmente chamada a Grande Guerra Patriótica. Este cartaz representa claramente isso, e contém uma frase encontrada em muitos cartazes de propaganda soviética: "para a pátria!"

Campanha contra DST'S

24

Uma das grandes preocupações durante o período de guerras era as Doenças Sexualmente Transmissíveis. Esse cartaz pede para que os soldados e marinheiros não procurem os serviços de prostitutas durante a guerra.

Mulheres e a Guerra

25

As mulheres não podiam atuar em combate na II Guerra Mundial. No cartaz, é enaltecido o trabalho do homem na marinha enquanto as mulheres só podem sonhar com a possibilidade de participar da batalha.

"Este é o inimigo"

26

Uma das principais características de propaganda durante a guerra é a tentativa de apelar para a mais vil das emoções humanas e ideais, quer se trate de desejos humanos nobres como justiça e liberdade, ou menos nobres como o ódio e medo. Uma das ferramentas mais eficazes para agitar esses pensamentos é o racismo.

Usado por exércitos desde o início dos tempos, a técnica funciona porque ele lança os inimigos como algo menos que humano; um flagelo que precisa ser erradicado antes que ele destrua tudo o que se ama e aprecia.

Bônus: Confira alguns videos raros de propaganda da II Guerra Mundial

Confira também um documentário sobre os acontecimentos da II Guerra Mundial:

 

Via   Allday  
Imagens Allday
Rafael Miranda
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+