• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 tentativas de assassinato que falharam miseravelmente

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      20/09/18 às 17h53

A história da humanidade está marcada por variadas tentativas de assassinato. As vítimas são as mais variadas possíveis. Podemos ir de cantores famosos até políticos renomados. Não faz muito tempo que o Brasil passou por algo assim, uma vez que um dos presidenciáveis com maior intenção de votos, levou uma facada em meio a uma carreata. A questão é que ao longo da História, existiram as mais diversas tentativas de assassinato. Elas são muito comuns e proeminantes, mesmo no século 21, aonde esse tipo de ação não deveria mais acontecer com tanta frequência em um mundo, teoricamente, evoluído.

Nós já presenciamos presidentes, primeiros-ministros, defensores dos direitos humanos, líderes religiosos e celebridades de fama mundial sofrerem terríveis tentativas de assassinatos. Em alguns casos, os criminosos conseguiram levar a cabo seus malignos planos. Mas não vamos falar dos assassinatos que deram certo, o nosso assunto são as tentativas fracassadas. Na maioria das vezes, quem comete essas tentativas tem algum tipo de desiquilíbrio emocional. Em outros não. Mas vamos ao que interessa nestas 7 tentativas de assassinato que falharam miseravelmente.

1 - Adolf Hitler

Em 11 de março de 1944, um oficial da cavaleria alemã, Eberhard von Breitenbuch, tentou matar Adolf Hitler com uma pistola escondida. Ainda um pouco antes do fim do nazismo alemão, o homem achou que aquela loucura já havia ido longe demais e que ele precisava conseguir parar o líder nazista. Quando o capitão chegou na sala de conferência para tentar assassinar Hitler, o marechal Ernst Busch o deteve, mesmo sem suspeitar dos seus planos. Ele acabou dizendo a Eberhard: "Desculpe, nenhum ajudante além deste ponto".

2 - Vladimir Lenin

Fanya Kaplan, membro do Partido Social-Revolucionário atirou três vezes contra o líder soviético Vladimir Lenin, em meio a um discurso em 30 de agosto de 1918. O ombro e a mandíbula foram atingidos e ele ficou em estado grave, mas ainda assim Lenin sobreviveu. A tentativa de assassinato acabou despertando uma onda de represálias dos bolcheviques contra os social-revolucionários.

3 - Ronald Reagan

Em 30 de março de 1981, Ronald Reagan, o 40° presidente dos Estados Unidos, estava saindo do Hotel Hilton após um discurso presidencial quando foi alvejado com seis tiros. John Hinckley, o autor da tentativa de assassinato, que tinha problemas mentais, disparou um revólver calibre 22 que perfurou o pulmão de Reagan. Porém, o motivo pelo qual Hinckley tentou matar Reagan é o mais impressionante. Ele era obcecado pela atriz Jodie Foster e acreditava que se conseguisse matar o presidente, iria impressioná-la o suficiente para ter seu amor.

4 - Papa João Paulo II

Em 13 de maio de 1981, o papa João Paulo II estava a caminho de discursar na Praça de São Pedro quando o atirador turco Mehmet Ali Agca atirou nele. A afirmativa usada pelo criminoso era que o papa era o símbolo supremo do capitalismo. Ele disparou os tiros enquanto o líder religioso caminhava pela multidão. O papa foi levado às pressas para o Hospital Gemelli e sobreviveu.

5 - Fidel Castro

Quem você acha que já tentou matar Fidel Castro, um dos lideres políticos de Cuba? Sim, a CIA. Não que seja uma novidade, você já deveria saber disso. Porém, nunca cansamos de lembrar que a CIA já tentou matar o líder centenas de vezes. Entre as tentativas, já houve bombas enquanto ele mergulhava, charuto envenenado, canetas tóxicas, e muitas outras formas. Porém ele morreu em 2016, por motivos de doença, sem precisar da ajuda da CIA.

6 - Mussolini

Após discursar em Roma, no Congresso Internacional de Cirurgiões em 1926, Benito Mussolini foi até seu carro e não notou a presença da irlandesa Violet Gibson, que se encontrava na multidão e estava prestes a matá-lo. Ela apontou para o líder do Partido Nacional Fascista, mas o mesmo se virou na hora para a frente da bandeira, com o intuito de cantar o hino oficial do Partido. Em vez de passar pela sua cabeça, a bala acertou o nariz de Mussolini

7 -  George W. Bush

George W. Bush estava discursando na Praça da Liberdade, na Geórgia, em 10 de maio de 2005. Inesperadamente um assassino tentou matar o presidente dos EUA na época,  jogando uma granada no presidente. Por alguma razão, talvez muita sorte de Bush, a granada não explodiu e caiu a mais de 30 metros de distância do presidente.

E aí, você conhecia essas tentativas de assassinato? Conhece outras? Comenta com a gente e compartilha essa notícia nas suas redes sociais.

Próxima Matéria
Via   L25  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+