• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 coisas comuns sobre a escola que você não sabia

POR Ultra Curioso    EM Curiosidades      02/05/17 às 14h31

Cerca de 12 anos da vida da maioria das pessoas são passados na escola. Frequentar o colégio é importante, pois é onde a criança é preparada para o futuro, e onde o ser humano recebe o conhecimento necessário para enfrentar os obstáculos que surgem no caminho. Sendo assim, a escola deixa de ser apenas um campo de troca de conhecimentos e adentra uma esfera emocional, onde permeiam outros tipos de trocas, principalmente as afetivas.

Pensando na importância desse ambiente para a sociedade, a Fatos Desconhecidos selecionou oito coisas comuns sobre a escola que poucas pessoas sabem, como, por exemplo, a influência da Grande Depressão no ensino médio e a importância da leitura na vida das pessoas.

1 - Muitos alunos dependem da escola para terem acesso à Internet

A internet tornou-se uma fonte imprescindível de pesquisa e informação hoje. No entanto, muitos estudantes de baixa renda não têm acesso à internet em casa. Estudos mostram que 97% dos estudantes de baixa renda confiam em sua escola para fornecer acesso à internet. Estima-se que 40 milhões de estudantes ainda não têm acesso à internet na escola.

2 - Pessoas com baixa capacidade de leitura abandonam a escola mais rápido

Estudos afirmam que as crianças com baixa capacidade de leitura, até a terceira série, têm quatro vezes mais chances de abandonar a escola e acabar na prisão. Isso mostra a importância de conscientizar as crianças à leitura desde cedo.

3 - O ano escolar é diferente entre países

No Brasil, um ano escolar começa em janeiro e termina em dezembro, com férias em julho e recesso no último mês do ano. Em países como os Estados Unidos, um ano escolar normalmente decorre de setembro até o final de maio, com férias de verão de junho a agosto. Já na Austrália, o ano letivo é de 200 dias, a partir do final de janeiro a dezembro.

4 - O motivo de os alunos presentearem os professores com maçãs

Hoje pode parecer estranho, mas no século 19 era uma prática comum. O pensamento tradicional estava ligado à simbologia bíblica. Uma vez que os professores devem ser conhecedores em muitos assuntos, os alunos lhes davam maçãs. As famílias dos estudantes também davam comidas aos professores como uma maneira de apoiá-los.

5 - Um lápis pode desenhar mais de 50 quilômetros

Utilizado diariamente por estudantes do mundo  todo, o que poucos sabem é que com o objeto é possível escrever em uma linha reta por 56,327 quilômetros.

6 - A Índia abriga a maior escola do mundo

A escola na cidade de Montessori conta com mais de 40.000 alunos, 2.500 professores, 3.000 computadores e 1.000 salas de aula. A escola entrou no Guinness World Record como a maior do mundo.

7 - A Grande Depressão ajudou a impulsionar escolas de ensino médio

Também conhecida como a Crise de 1929, foi uma grande depressão econômica que teve início em 1929, e que persistiu ao longo da década de 1930, terminando apenas com a Segunda Guerra Mundial. O que poucos sabem é que foi por causa da crise que o governo dos Estados Unidos começou a pagar estudantes do ensino médio para estudarem e trabalharem na escola. Isso fez com que fosse criada uma demanda para escolas de ensino médio, dando aos adolescentes um salário e uma educação que eles não teriam de outra forma.

8 - Em vários países as pessoas pagam para estudar em escola pública

Diferente do Brasil, onde o governo oferece escolas gratuitas aos cidadãos, em diversos países a escola pública não é gratuita. Geralmente isso acontece em países em desenvolvimento. O custo pagos para os colégios servem para remunerar os professores e adquirir materiais didáticos.

O que você achou dessas curiosidades? Compartilhe sua opinião conosco.

Próxima Matéria
Via   List25  
Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+