• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

8 razões pelas quais os Defensores não deveriam se misturar com os Vingadores

POR Gabriela Tyemi    EM Fatos Nerd      20/03/18 às 15h41

Em 2008, o Universo Cinematográfico Marvel estava dando o seu primeiro passo com o seu primeiro filme, Homem de Ferro. 14 filmes e cinco séries de televisão depois (e várias outras em desenvolvimento), a Marvel conseguiu se estabilizar como ninguém. Agora, a empresa está livre para introduzir novos personagens e, claro, fazer os tão desejados crossovers tanto no cinema, quanto nas séries.

Desde que Demolidor foi lançado, muitos fãs se questionaram sobre a possibilidade de o herói aparecer nos filmes dos Vingadores. A dúvida aumentou ainda mais depois do lançamento de Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Aço se juntando aos Defensores. Será que um dia um crossover entre os Vingadores e Defensores vai acontecer? Certamente, não seria uma boa ideia! Separamos 8 razões pelas quais os Defensores não deveriam se misturar com os Vingadores:

1 - Os tons são muito diferentes

Enquanto os filmes dos Vingadores são voltados para um público mais amplo, as séries dos Defensores são voltadas para o público mais maduro. Imagina assistir cenas como o assassinato brutal de Anatoly Ransahov em Demolidor em um filme da Marvel? O tom das séries simplesmente não se encaixaria muito bem aos tons mais leves dos filmes, e mudar isso seria estranho.

2 - Os personagens secundários teriam que ser cortados

Devido a extensão, os roteiristas das séries têm mais tempo de desenvolver os personagens. Isso não faz muita diferença em relação aos protagonistas - que de qualquer forma ganham muito tempo de tela - mas faz muita diferença em relação aos personagens secundários e vilões. Não é por acaso que a relação de Jessica e Trish em Jessica Jones parece ser mais profunda que a de Tony e Rhodey nos filmes de Homem de Ferro. Certamente, se houvesse um crossover entre os Vingadores e Defensores, esses personagens secundários teriam que ser cortados da produção.

3 - Muitos personagens para pouco "tempo de tela"

O Universo Cinematográfico Marvel possui uma lista grandinhas de super-heróis. Resultado disso é que cada um desses personagens recebe muito pouco "tempo de tela" no corte final. Em Os Vingadores, que focou em cinco heróis titulares, Thor e Hulk apareceram 25 minutos e 28 minutos, respectivamente. Agora, imagina se acrescentasse os Defensores na história? Alguns personagens teriam 5 minutos de tela? Muito pouco! Além disso, uma produção com tantos personagens titulares ficaria extremamente carregada.

4 - As introduções poderiam ser problemáticas

A Marvel possui uma fórmula básica para apresentar os seus super-heróis para as novas audiências: fazer um filme solo. As únicas exceções aconteceram com o Homem Aranha e o Pantera Negra em Guerra Civil. Bom, o Homem-Aranha o público conhece muito bem, mas e o Pantera Negra? Aqueles que chegaram sem saber nada sobre a história e os poderes do herói ficaram um pouco apáticos sobre ele. Agora, imagina se isso acontecesse com os Defensores? Aqueles que não acompanham os quadrinhos ou as séries da Marvel ficariam bem confusos com a presença desses personagens nos filmes. Ou seja, seria obrigatório assistir as séries, e ninguém precisa ser obrigado a isso para curtir um filme no cinema.

5 - Os Defensores são equipados para ameaças de menor escala

Isso pode ser um grande problema! É muito claro para quem acompanha as séries e filmes da Marvel que as ameaças são bem diferentes. Enquanto os Defensores são preparados para enfrentar ameaças de menor escala, os Vingadores estão sempre prontos para atacar ameaças bem maiores, a níveis globais. Por isso, um crossover entre os dois times significaria tirar um deles do seu elemento: os Defensores lutando com problemas bem maiores ou os Vingadores sendo forçados a lidar com problemas muito abaixo de suas capacidades.

6 - Um crossover precisaria colocar as séries em hiato - e não queremos isso!

Demolidor, Jessica Jones, Punho de Ferro, Luke Cage, Justiceiro e Os Defensores são as seis séries da Marvel produzidas pela Netflix. Há todo momento, pelo menos três delas estão em alguma fase de desenvolvimento. Se os fãs já ficam furiosos quando as empresas demoram para soltar uma temporada, imagina se os atores estivessem ocupados com os filmes do UCM também? Acho que não daria muito certo.

7 - Não há necessidade

Nos últimos oitos anos, cada filme da Marvel foi um sucesso de bilheteria e crítica - e as séries não ficaram para trás. Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage conseguiram excelentes avaliações. Então, não há necessidade de um crossover tanto financeiramente, quanto criativamente. Seria legal? Sim, claro! Mas poderia estragar tudo o que a Marvel está construindo.

8 - Há o problema com a sequência

Depois que os Vingadores se uniram pela primeira vez em 2012, muitos fãs se questionaram porque eles não entraram em contato nos filmes subsequentes. Por que Tony não pediu ajuda ao Hulk depois que sua casa foi destruída em Homem de Ferro 3? Por que o Capitão América não pediu para o Homem de Ferro explodir os helicópteros durante o clímax de Capitão América: Soldado Invernal? Se os Defensores interagissem com os Vingadores, esses questionamentos ficariam ainda maiores.

E aí, você acha que esse crossover entre os Vingadores e Defensores deveria acontecer? Deixe nos comentários e compartilhe a matéria.

Próxima Matéria
Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+