Ciência e TecnologiaCuriosidades

A culpa é do cloro? Saiba mais sobre os ”olhos vermelhos” após ficar muito tempo na piscina

0

Vivemos em um país predominantemente tropical, ou seja, com médias de temperatura anuais, que na maior parte do ano, nos fazem termos que dar o nosso “jeitinho brasileiro” pra não morrermos com a agonia do baita “calorão”.

Seja no clube, seja na piscina do condomínio, ou visitando aquelas cidades turísticas termais, o contato com a água em lugares com o acesso de distintas pessoas é algo muito comum na vida do brasileiro e ao mesmo tempo requer uma certa cautela.

Mas e quando você passa certo tempo dentro da piscina e seus olhos começam a ficar vermelhos, ardendo e com certa irritação? Seria tudo por culpa do cloro? Saiba de antemão que não é bem assim:

O cloro se conecta diretamente com tudo o que de certo modo pode vir a fazer mal pro seu organismo. Ou seja, o que gera aquele avermelhado aos olhos, a ardência constante e a irritabilidade, é proveniente da reação do contato do cloro com o suor, a urina e outras substâncias contidas na água das piscinas.

Algumas pessoas podem até mesmo adquirirem uma certa tosse momentânea por ficar determinado tempo na água.

Culpa de algum fator de resfriamento do ambiente ou umidade? Necessariamente não, pois essa tosse pode ser provocada pela reação do seu pulmão à ingestão indireta desse combo de urina, suor e cloro pelas suas vias respiratórias ao nadar.

8dW34

Por isso tenha sempre o bom senso de não urinar, defecar nesses lugares, muito menos engolir água da piscina. Prezando pela sua saúde, você auxilia até na do seu próximo. Pense nisso!

Os 9 maiores animais aquáticos que já foram capturados

Previous article

As 5 drogas mais viciantes do mundo

Next article

Comments

Comments are closed.