As 4 lendas urbanas brasileiras mais assustadoras

POR Ultra Curioso    EM Mistérios & Horror      11/06/15 às 18h36

Quem nunca ficou pelo menos um pouco intrigado com alguma lenda urbana que ouviu por aí? Elas rodam na boca do povo, e assustam um bocado de gente.

Algumas pessoas até batem o pé e juram que algumas lendas urbanas aconteceram de verdade. A maioria dessas lendas urbanas sempre pode ter um "quê" de verdade, outras nem tanto. A questão é que, elas têm o poder de nos fazer arrepiar até o "cabelo da alma".

O Ultra Curioso te dá um lista de 4 lendas urbanas de arrepiar a espinha, e te mostra os casos mais sinistros que aconteceram (ou não), e que vão e vem nos relatos das pessoas.

1. A lenda do opala preto

opala-ss-625

Essa é uma das lendas urbanas que intriga muita gente. Ela conta a história do assassino carioca Ubiratã Carlos de Jesus Chavez, que aterrorizou o Rio de Janeiro na década de 1970.

Segundo a lenda, Ubiratã dirigia um Opala preto durante uma perseguição policial, quando entrou em um túnel em alta velocidade e bateu violentamente num fusca.

Do acidente não restou nenhum sobrevivente, mas segundo dizem, há certas noites em que se percebe um opala preto perseguindo os carros que passam pelo túnel em alta velocidade, desaparecendo repentinamente no fim dele.

2. A Viúva Machado

My beautiful picture

Amélia Machado era viúva do empresário português Manoel Machado, e ficou conhecida como Viúva Machado. Pelo que se consta, Amélia era uma mulher de orelhas de tamanho descomunais, e que se trancafiou em casa depois de perder seu marido.

Após um surto de loucura, a Viúva Machado teria matado uma criança que invadiu sua propriedade, e depois cozido e devorado seu fígado. Depois disso, passou a procurar crianças pela noite para sustentar seu vício.

O casarão onde supostamente viveu a Viúva Machado até hoje é alvo de receio e medo por parte da população local, e sua histórias faz parte das lendas urbanas da região.

3. A lenda da boneca da Xuxa

bonecos_xuxa

A boneca satânica da Xuxa é uma das lendas urbanas que mais causou medo nas décadas de 1980 e 1990. Na época em que a boneca da apresentadora Xuxa virou febre entre as crianças, começou a circular a história de que uma mãe havia adquirido o brinquedo para sua filha, como presente de aniversário. E então o terrível aconteceu.

A menina dormia com a boneca toda noite, por ser seu brinquedo predileto. Mas sua mãe começou a perceber o surgimento repentino de arranhões e hematomas na filha, que ao ser questionada, dizia não saber como se machucara.

Até que numa tarde, a mãe da menina a encontrou degolada em seu quarto, com a boneca da Xuxa em cima de seu corpo. O pânico foi tão grande na época, que inúmeras lojas deixaram de vender a boneca, e algumas centenas foram recolhidas do mercado.

4. A noiva da estrada

noivafantasma

Segundo a versão mais popular dessa lenda urbana, a noiva da estrada é o espírito rancoroso de uma noiva que nunca conseguiu se casar, e que aparece para viajantes desavisados na estrada onde morreu.

A história conta que uma noiva estava prestes a fazer seu tão sonhado casamento, e estava indo de carro para outra cidade para buscar seu vestido. No caminho, um motorista de caminhão que dirigia bêbado bateu de frente com a mulher, matando-a na hora.

Dizem que seu espírito ficou tão amargurado e ressentido por não ter conseguido realizar seu casamento, que não conseguiu partir do plano material. Ela já foi avistada na beira da estrada pedindo carona, de olhar abatido e pele pálida, esperando que alguém a leve para buscar seu vestido.

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+