Curiosidades

As bizarras revelações sobre a mansão da Playboy

0

A emissora A&E lançou a série documental “Secrets of Playboy” ( “Segredos da Playboy”, em tradução livre) em janeiro deste ano, e traz relatos de ex-coelhinhas que moraram na mansão do empresário Hugh Hefner.

A maior parte das revelações chocantes sobre a vida sexual das modelos com o magnata começaram principalmente depois da morte de Hefner em 2017. Sexo de um minuto, aborto como consequência desse estilo de vida, zoofilia e uso constante de drogas são exemplos das revelações.

Além do documentário, relatos sobre a vida na mansão também são contados no podcast “Girls Next Level”, recentemente lançado pelas ex-coelhinhas Holly Madison e Bridget Marquart.

De acordo com elas, a rotina sexual com Hefner era vista “como uma obrigação” pelas mulheres que moravam na mansão da Playboy. “Caso contrário, seríamos expulsas da casa”, disse Madison. “Nenhuma das mulheres curtia. Desculpa, mas é a verdade”.

“É difícil explicar como aquilo tudo era constrangedor, especialmente mais para o fim, com várias brigas com outras garotas”, acrescentou. “Você ficava, literalmente, pelada fazendo sexo em frente a um grupo de pessoas que te odiava e ficava te xingando enquanto você está fazendo sexo. Era um inferno.”

A ex-coelhinha também contou que na primeira vez que dormiu com o empresário tudo terminou em um minuto. “Foi decepcionante e constrangedora. Durou um minuto. Eu deitei na cama, a outra menina recém-chegada já estava lá. Havia vibradores para cada uma. Eu nunca tinha usado um antes. Então fiquei lá deitada esperando as outras usarem antes”, relatou Madison.

Zoofilia e cocaína na mansão da Playboy

Foto: Images Press/ Getty Images

Já no episódio de “Secrets of Playboy” chamado “O circo”, lançado em fevereiro, Sondra Theodore, 65 anos, ex-modelo que namorou o empresário entre 1976 e 1981, disse que já flagrou o dono da Playboy fazendo sexo com o cachorro do casal.

“Uma vez eu cheguei e ele estava com o nosso cachorro; Eu falei, ‘o que você está fazendo?’. Ele respondeu, ‘bem, cachorros também têm necessidades’. Aí eu disse, ‘pare com isso, apenas pare!’. E nunca mais voltei a deixá-lo sozinho com o cachorro. Eu não pude acreditar no que estava vendo”, revelou.

Também de acordo com ela, os cachorros da casa tinham uma vida diferente do normal. Como estavam cercados por cocaína, um poodle teria se viciado na droga.

“Dante tinha um cachorro chamado Louis, um pequeno poodle, que ficou viciado em cocaína”, disse. “O cachorro conseguia sentir o cheiro [do pó] do outro lado da sala. Era preciso trancar o animal quando havia gente por perto. Uma pessoa bastante famosa foi até a mansão uma vez e o bicho pulou do sofá e ficou lambendo o nariz dela. Ela disse: ‘Ele simplesmente me ama'”.

Além disso, Sondra também relembrou que o dono da Playboy pedia para ela fazer viagens para buscar carregamentos de cocaína. “Eu estava com muita vergonha, por vários motivos, mas eu era uma ‘mula’ de drogas para Hef. Não significava nada para ele.”

“Era como se ele me mandasse buscar um litro de leite. Se eu fosse pega, minha vida estaria acabada”, narrou. “Se Hef estivesse vivo, ele estaria na cadeia. E onde quer que ele esteja, não acho que seja um bom lugar. Sei que ele sabe que eu disse a verdade e sei que ele não está feliz com isso”.

Aborto de ex-namorada

Foto: Jason Merritt/ Getty Images

No último episódio da série documental, Karissa e a irmã gêmea Kristina Shannon falam sobre a experiência de serem as duas das últimas namoradas do empresário. 

De acordo com Karissa, toda relação sexual com Hefner era “agressão” e “como estupro”. Ela também contou que quando descobriu que estava grávida do magnata, sentiu nojo do próprio corpo e, por isso, decidiu abordar para não ter nenhuma relação com o dono da Playboy. “Ele usou mecanismos de controle completamente em tudo, então estou feliz por ter feito o aborto”, disse,

“Eu não queria que ele soubesse que eu estava grávida. Não queria que ele quisesse que eu tivesse [o bebê]. Não queria ficar ainda mais presa naquela bolha. Eu acho que é uma maneira de ele me controlar ainda mais, me ter na coleira”, finalizou.

Fonte: Aventuras na História

Mulher se apaixona por vendedor e se casa em cerimônia celebrada por filhas

Previous article

Mulher ajuda no parto da amiga na porta de casa

Next article

Comments

Comments are closed.