Curiosidades

Bateria recarregável feita de comida foi criada por cientistas

0

Geralmente quando falamos em bateria logo nos lembramos dos dispositivos eletrônicos que usamos no dia a dia, como celulares e notebooks. Contudo, outros dispositivos também usam bateria, como aqueles que são usados na medicina e até colocados dentro do corpo humano. Mas diferente dos dispositivos eletrônicos, carregar os que estão dentro de alguém não é uma coisa tão simples.

Felizmente a medicina e a tecnologia estão sempre avançando e um novo avanço é essa bateria recarregável que pode ser a solução do problema visto na saúde. Isso porque ela é feita de elementos comestíveis e pode ser dissolvida de forma segura no estômago depois que ela tiver cumprido o seu papel.

Um estudo descreveu o protótipo desse dispositivo. Ele irá operar com 0,65 volts e conseguirá dar uma corrente de 48 microamperes durante 12 minutos. Esse é o tempo necessário para que os pequenos eletrônicos dentro do corpo recebam energia.

“Os usos potenciais futuros variam de circuitos comestíveis e sensores que podem monitorar as condições de saúde até a alimentação de sensores para monitorar as condições de armazenamento de alimentos. Além disso, dado o nível de segurança dessas baterias, elas podem ser usadas em brinquedos infantis, onde há alto risco de ingestão”, disse Mario Caironi, autor sênior e pesquisador de eletrônica molecular do Instituto Italiano de Tecnologia.

Bateria

Science alert

Essa bateria foi construída a partir de uma lista de ingredientes bem variada e é a primeira bateria recarregável funcional que pode ser engolida. Dentre os seus componentes estão: a vitamina riboflaviana para sua extremidade “negativa”, e o suplemento quercetina no lado “positivo”. Quem gera a carga elétrica, fazendo as vezes do eletrólito, é uma solução à base de água. E para evitar curtos-circuitos eles usaram nori, que é uma alga muito usada na culinária.

Outro ingrediente dessa bateria é o carvão ativado, que nesse caso, aumenta a condutividade elétrica. E os contatos externos, que servem para transferir a eletricidade para outro dispositivo, são feitos de cera de abelha.

Claro que o gosto pode não ser dos melhores, mas o potencial desse dispositivo é enorme. Até porque, essa bateria consegue manter sua carga por dezenas de ciclos, mas ela precisa estar fora do corpo para ser recarregada. Até o momento, o protótipo mede um centímetro quadrado. No entanto, os pesquisadores já disseram que estão estudando formas de fazê-lo ficar menor.

“Na verdade, já estamos desenvolvendo aparelhos com maior capacidade e reduzindo o tamanho total. Esses desenvolvimentos serão testados no futuro também para alimentar robôs macios comestíveis”, disse Caironi.

Possibilidades

Eurekalert

Para quem ainda não entendeu como essa bateria pode ajudar na medicina, ela pode ter várias possibilidade. Como na varredura feita por alguma câmera ou dispositivo dentro do corpo que não é uma das coisas mais confortáveis. É justamente nesse ponto que essa bateria pode ajudar.

Outro possível uso para ela é no monitoramento da qualidade dos alimentos. Até porque ela pode ser usada para fazer a verificação dos alimentos e observar se eles estão nos padrões exigidos quando estão no intestino de alguém.

Claro que isso ainda são possibilidades para o futuro. Mesmo assim, os pesquisadores que criaram essa bateria esperam que sua criação traga desenvolvimento para a área, como por exemplo, a criação de baterias maiores que possam ser usadas para armazenar energia e também em carros elétricos.

“Embora nossas baterias comestíveis não forneçam energia para carros elétricos, elas são a prova de que as baterias podem ser feitas de materiais mais seguros do que as atuais baterias de íons de lítio. Acreditamos que eles inspirarão outros cientistas a construir baterias mais seguras para um futuro verdadeiramente sustentável”, concluiu Ivan Ilic, um dos coautores e cientistas de armazenamento de energia sustentável do Instituto Italiano de Tecnologia.

Fonte: Science alert

Imagens: Science alert, Eurekalert

Quais os efeitos no corpo se você beber dois litros de água por dia?

Previous article

Saliva do mosquito pode suprimir sistema imunológico

Next article

Comments

Comments are closed.