Curiosidades

Brasil está entre países que mais fazem cirurgias plásticas. Veja o ranking

0

É certo que todos nós, ou a maioria, temos coisas que queremos mudar a nosso respeito mas, às vezes, isso pode sair do controle e virar praticamente um vício. E graças às cirurgias plásticas, é possível que mudemos aquilo que não gostamos. Elas têm como objetivo a reconstituição de uma parte do corpo, que por razões médicas ou estéticas, a pessoa deseja mudar. Por isso, a cirurgia plástica se divide em duas facetas, a reparadora e a estética.

A cirurgia plástica reparadora tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. Já a estética é realizada pelo paciente com o objetivo de fazer melhorias na aparência e não visa de fato realizar nenhum ajuste em termos de saúde (apesar que isso pode ser possível), mas sim chegar ao aspecto físico que agrada ao paciente que se submete à intervenção.

Em qualquer cirurgia plástica, pretende-se que a zona afetada mantenha o seu funcionamento e, na medida do possível, que conserve um aspecto natural. Mas também tem aquelas que têm como objetivo negar a aparência natural e fazer outra forma completamente diferente.

Ranking

G1

Com o passar dos anos, a procura por esse tipo de cirurgia aumentou no mundo todo. E em 2020, o Brasil voltou para o segundo lugar no ranking dos países que mais fazem cirurgias plásticas no mundo. Nosso país perde apenas para os Estados Unidos.

O ranking, de 2020, dos países com mais cirurgias plásticas feitas foi:


1° – Estados Unidos (1.485.116)

2° – Brasil (1.306.962)

3° – Rússia (478.200)

4° – México (456.489)

5° – Alemanha (425.855)

6° – Turquia (360.542)

7° – Argentina (284.320)

8° – Índia (255.528)

9° – Itália (245.400)

10° – Japão (222.642)

Os dados globais de 2020 são os mais recentes disponíveis. Nos outros anos, 2018 e 2019, o Brasil estava no topo do ranking, conforme os dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS, sigla em inglês).

Plásticas

Paraná shop

Dentre as cirurgias plásticas, a mais procurada em 2020 foi a lipoaspiração. Depois dela veio a prótese mamária. O ranking das plásticas mais procuradas pelos brasileiros foi:

1° – Lipoaspiração

2° – Aumento de mama

3° – Cirurgia de pálpebra

4° – Abdominoplastia

5° – Lifting de mama

6° – Rinoplastia

“No Brasil, temos um cenário que é centrado na cirurgia corporal. Somos um país tropical, há uma maior exposição do corpo. A procura das pacientes por cirurgias corporais como mama, abdômen, cintura é bem alta”, explicou Alexandre Munhoz, cirurgião plástico do Hospital Sírio-Libanês.

E se engana quem pensa que são apenas as mulheres que procuram os centros cirúrgicos para mudar aquilo que não gostam. De acordo com Munhoz, 25% dos pacientes dele atualmente são homens.

“Quinze anos atrás esse número não chegava a 5%. Eles estão procurando cirurgia para melhorar a parte estética. Estamos vivendo mais e esses homens estão vendo os sinais de envelhecimento”, pontuou ele.

Plásticas no rosto

Veja

De acordo com o SAPS, o Brasil ficou em primeiro lugar do ranking de cirurgia feitas no rosto, como por exemplo, rinoplastia e lifting facial. Segundo os médicos, essa procura por plásticas no rosto é um efeito da era das selfies e das reuniões virtuais, que ficaram bem comuns durante a pandemia no momento de isolamento social.

“Essa vontade de estar bem consigo mesmo foi exacerbada com a popularização das selfies. As pessoas começaram a se autoanalisar e a cirurgia do nariz começou a ser mais procurada. O nariz, sozinho, pode embelezar ainda mais o rosto”, disse o cirurgião plástico Volney Pitombo, que também é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

“Em 2020, tivemos um contingente muito grande de pessoas em lockdown. Mulheres e homens passaram a ter uma exposição muito grande do rosto durante reuniões online, em câmeras que não são ideais, luz que não é ideal. No final de 2020, começou um boom de pacientes procurando por cirurgias de face, como pálpebra, nariz e rosto”, completou Munhoz.

Segundo os dados do ISAPS, no Brasil foram feitas 87.879 rinoplastias em 2020. O segundo lugar para esse tipo de plástica ficou com a Turquia, com 66.950 e, em terceiro, os Estados Unidos, com 55.436.

Fonte: G1

Imagens: G1, Paraná shop, Veja

Jovem descobre que mãe falecida foi professora do namorado

Matéria anterior

Cadela salva vigilante de assalto em escola de Manaus

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos