Curiosidades

Carro voador já está sendo vendido nos EUA. Saiba quanto custa

0

O desejo de um carro voador sempre permeou a sociedade. Alcançar esse sonho se provou não ser tão fácil, mas mesmo assim, empresas não desistiram de fazê-lo virar uma realidade. E ao que tudo indica, esse futuro já é uma coisa do presente. Isso porque, nos Estados Unidos, os entusiastas de aviação já podem comprar seu próprio carro voador.

Esse veículo do futuro se chama Lilium Jet e é feito com uma tecnologia de ponta, além de ter um ótimo desempenho e luxo. E claro que por conta disso tudo o preço desse carro voador não é um valor camarada.

A possibilidade de compra desse tipo de veículo foi confirmada na quarta-feira dessa semana e, logicamente, é vista como um marco e um ponto de virada para esse setor. Até porque, o mercado norte-americano é considerado o maior em aviação privada do mundo.

Carro voador

Esse “carro voador” é na realidade uma aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical (eVTOL) feita pela Lilium, uma startup de aviação alemã. A cabine do veículo pode ser configurada para caber até seis pessoas, além do piloto. Mas uma configuração sem nenhum assento também pode ser feita para que cargas sejam transportadas.

O carro voador pode chegar a uma velocidade máxima de 280 quilômetros por hora, tendo uma autonomia estimada de 250 quilômetros por cada carga. Para isso foram desenvolvidas baterias de alta densidade específicas para esse veículo. Quem as desenvolveu foi a também alemã Customcells.

E ao contrário da maior parte dos carros voadores atuais, o Lilium Jet adapta a tecnologia de motores a jato, que é usada na maior parte dos aviões comerciais, para o veículo através de um sistema de rotor/estator de estágio único movido por um motor elétrico.

Esse sistema é pioneiro e, de acordo com a empresa, ele tem um desempenho excepcional. Além disso, seus níveis de ruídos são diminuídos e ele é capaz de levar uma carga útil maior do que os outros modelos.

Preço

Olhar digital

Como dito, todo esse luxo e desempenho oferecidos fazem com que o preço desse carro voador não seja dos mais atrativos. Tanto é que, quem quiser ter um deles em casa terá que desembolsar entre sete e 10 milhões de dólares, equivalente a 50 milhões de reais.

Quem irá revender o Lilium Jet é a EMCJET, uma empresa de corretagem e gerenciamento de aeronaves do Texas. Até 2030, essas revendas serão feitas somente para vendas privadas.

Até o momento, esse carro voador está disponível em Austin, Houston, Dallas e San Antonio, mas tem a promessa de que ele estará disponível em todo os Estados Unidos.

Futuro

G1

Claro que não são apenas os EUA que sonham em ter um carro voador em operação. Mesmo que eles sejam o país onde a venda desse tipo de veículo já esteja acontecendo, isso não quer dizer que outros países não tenham planos para o futuro, como por exemplo, o Brasil.

O “carro voador” elétrico VX4 levantou voo pela primeira vez em outubro do ano passado, de acordo com informações da fabricante, a Vertical Aerospace. Esse veículo foi encomendado pela Gol, que tem planos para usá-lo a partir de 2025 no Brasil.

Esse teste é parte de várias etapas para certificar a segurança e eficácia desse veículo. Em seu primeiro voo, feito na segunda-feira, o VX4 ficou a 1,5 metro do chão e foi manobrado por um piloto humano.

Os próximos testes que serão feitos colocarão o carro voador a 15 metros de altura e depois a uma altura entre 1,5 e três quilômetros acima do solo.

Essa aeronave VX4 faz pouco barulho e tem zero emissões de gases estufa. No entanto, ela consegue andar distâncias menores do que helicópteros. Mas a expectativa é de que esse carro voador transporte quatro passageiros e o piloto, e consiga alcançar uma velocidade máxima de até 325 quilômetros por hora.

Esse “carro voador” faz  parte da categoria chamada de veículo elétrico de pouso e decolagem vertical (eVTOL).

A Gol falou que pretende comprar ou arrendar 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL). A companhia aérea também disse que essa frota de carros voadores será formada pelas aeronaves VX4, que é considerado um dos modelos de taxi aéreo mais avançados. E a Avolon, empresa irlandesa, ficará responsável pelo fornecimento desses veículos.

A Gol informou que essa frota de carros voadores irá ser um reforço para a sua estratégia de investimento no mercado regional de transporte aéreo. Além disso, a empresa pretende abrir novas rotas e começar a atender os mercados domésticos que são carentes de aviões maiores.

Com a parceria confirmada entre o Grupo Comporte, controlador da Gol, e a Avolon, a próxima etapa é fazer um estudo de viabilidade para o projeto. Nessa etapa estão incluídas a certificação do eVTOL e a verificação da infraestrutura, que é necessária para que esses veículos operem.

Fonte: Olhar digital, G1

Imagens: YouTube, Olhar digital, G1

Elon Musk confirma níveis de assinaturas premium para o uso do X/Twitter

Previous article

Cientistas criaram o maior mapa do cérebro humano do mundo

Next article

Comments

Comments are closed.