Curiosidades

O primeiro carro voador do mundo agora é certificado para voo e tem um alcance de 177 km

0

O desejo de um carro voador sempre permeou a sociedade. Alcançar esse sonho se provou não ser tão fácil, mas mesmo assim, empresas não desistiram de fazê-lo virar uma realidade. Tanto é que a Alef Aeronautics conseguiu não somente fazer esse sonho se tornar realidade, mas a realidade ganhou um sinal verde para poder decolar.

Ela é uma empresa automobilística bastante inovadora que fica em San Mateo, na Califórnia. E recentemente a Alef Aeronautics divulgou que recebeu o Certificado de Aeronavegabilidade Especial da Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA). Isso quer dizer que o carro voador da empresa tem um certificado oficial para poder voar. A conquista é um verdadeiro marco na história, visto que é a primeira vez que um veículo desse tipo tem autorização para funcionar nos EUA.

Certificado

Mas o que esse certificado quer dizer? O fato é que a FAA está trabalhando no estabelecimento de regras para os veículos de decolagem e pouso vertical elétricos (eVTOL), que é o caso do carro voador da Alef Aeronautics. Por isso que esse certificado impõe alguns limites sobre onde e por quais motivos o veículo pode estar no ar. Mesmo assim, é uma conquista porque permite que o carro voe.

Esse carro voador pode levar duas pessoas e tem uma autonomia de 177 quilômetros. Mas é claro que ele não seria uma coisa barata. Quem quiser tê-lo terá que desembolsar 300 mil dólares. O mais impressionante é que, de acordo com a empresa, eles têm mais de 440 carros voadores pré-encomendados tanto por empresas como por pessoas. E as primeiras entregas estão previstas para o fim de 2025.

Carro voador

G1

Esse sonho do carro voador é visto no mundo todo, inclusive no Brasil. Tanto é que, em 2022, a Gol encomendou o “carro voador” elétrico VX4 com planos para usá-lo a partir de 2025 no país.

Em outubro do ano passado, esse carro voador levantou voo pela primeira vez, de acordo com informações da fabricante, a Vertical Aerospace. O teste era parte de várias etapas para certificar a segurança e eficácia desse veículo. Em seu primeiro voo, feito em outubro de 2022, o VX4 ficou a 1,5 metro do chão e foi manobrado por um piloto humano.

Os próximos testes que serão feitos colocarão o carro voador a 15 metros de altura e depois a uma altura entre 1,5 e três quilômetros acima do solo. Essa aeronave VX4 faz pouco barulho e tem zero emissões de gases estufa. No entanto, ela consegue andar distâncias menores do que helicópteros. Mas a expectativa é que esse carro voador transporte quatro passageiros e o piloto, e consiga alcançar uma velocidade máxima de até 325 quilômetros por hora.

Esse “carro” faz parte da categoria chamada de veículo elétrico de pouso e decolagem vertical (eVTOL). A Gol falou que pretende comprar ou arrendar 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL). A companhia aérea também disse que essa frota de carros voadores será formada pelas aeronaves VX4, que é considerado um dos modelos de taxi aéreo mais avançados. E a Avolon, empresa irlandesa, ficará responsável pelo fornecimento desses veículos.

A Gol informou que essa frota de carros voadores irá ser um reforço para a sua estratégia de investimento no mercado regional de transporte aéreo. Além disso, a empresa pretende abrir novas rotas e começar a atender os mercados domésticos que são carentes de aviões maiores.

Com a parceria confirmada entre o Grupo Comporte, controlador da Gol, e a Avolon, a próxima etapa é fazer um estudo de viabilidade para o projeto. Nessa etapa estão incluídos a certificação do eVTOL e a verificação da infraestrutura que são necessárias para que esses veículos operem.

Fonte: Mistérios do mundo, G1

Imagens: YouTube, G1

Carta enviada do Titanic por passageiro uruguaio vai a leilão em Montevidéu

Artigo anterior

Jovem russo tem uma loba como pet de estimação enorme em casa

Próximo artigo