Curiosidades

Cavalo sem cabeça misterioso foi encontrado em cemitério medieval

0

Os fósseis nos ajudam a dar asas à imaginação quando se fala do passado. São recursos que podem transformar os pensamentos sobre como teria sido a vida, ou algum animal, em respostas científicas. Contudo, às vezes eles podem intrigar mais ainda os pesquisadores, como foi o caso desses restos mortais de um homem enterrado há 1.400 anos perto de um cavalo sem cabeça.

Esses fósseis foram descobertos em um cemitério antigo na cidade de Knittlingen, no sul da Alemanha. Provavelmente, o homem era o dono do cavalo que estava vivo.

O enterro desse homem aconteceu no momento em que a dinastia merovíngia floresceu, de 476 a 750 d.C. Essa dinastia governou um território gigante no que atualmente é a França e Europa Central. Provavelmente, enquanto estava vivo, o homem servia aos reis dessa dinastia.

Cavalo

Science Alert

“Ele estava em uma ‘cadeia de comando’ com os reis merovíngios no topo. O que significava que ele era obrigado a participar das campanhas do rei. Como membro da elite local, ele provavelmente era o chefe de uma família agrícola composta por sua família e seus servos. No entanto, o homem não era um agricultor em sentido estrito, pois outros trabalhadores podem ter feito grande parte da agricultura real”, disse Folke Damminger, arqueólogo responsável pela pesquisa no local.

Contudo, o motivo pelo qual o homem foi enterrado perto de um cavalo sem cabeça ainda não está claro. Entretanto, Damminger sugere que, muito provavelmente, o cavalo foi decapitado como uma parte da cerimônia de enterro.

“O cavalo pode ter sido colocado perto de seu dono como um ‘bem grave’ para a vida após a morte, em vez de um sacrifício”, pontuou ele.

Análises

Science Alert

“Os membros de sua família gostariam de retratá-lo como um indivíduo rico e importante para que pudessem se beneficiar de seu status. Uma função desta cerimônia foi a ‘encenação’ do falecido em seu antigo status e riqueza como uma reivindicação de seus sucessores para manter esse status”, explicou Damminger.

Além desse homem junto com o cavalo sem cabeça, os pesquisadores descobriram vários outros restos mortais de outras pessoas que viveram na mesma época. Todos estavam dentro do mesmo cemitério antigo.

Alguns dos restos mortais também tinham sido enterrados com bens ao seu lado, como por exemplo, uma mulher que foi enterrada junto com um broche de ouro. Ademais, alguns homens tinham sido enterrados junto de armas, como espadas, lanças, escudos e pontas de flechas.

Pesquisa

Daily mail

Portanto, os pesquisadores continuarão a investigar esse enterro, em específico do homem junto a um cavalo sem cabeça, além de também escavar mais enterros feitos no cemitério.

De acordo com Damminger, a equipe está escavando e restaurando os bens do túmulo desse homem misterioso. Ele também revelou que será feito o trabalho antropológico futuro dos ossos e dentes do homem para que eles compreendam mais sobre a saúde dele, o motivo de ele ter falecido e quantos anos ele tinha no momento da sua morte.

Fonte: Science Alert

Imagens: Science Alert, Daily mail 

Urano e Netuno não têm a mesma cor, como mostra um novo estudo

Matéria anterior

Formas estranhas do gelo derretendo em diferentes temperaturas

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos