• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Como as outras pessoas ouvem a sua voz? Descubra com esse pequeno truque

POR PH Mota    EM Curiosidades      31/08/17 às 19h49

Se você já utilizou um microfone ou ouviu sua voz gravada de alguma forma (alguém falou em áudios de WhatsApp?), provavelmente você sabe como sua voz soa para os outros, mas isso não significa que você consiga compreendê-la com clareza, principalmente se não tem o hábito de se ouvir com frequência. Para descobrir como a sua voz soa para os outros durante um discurso ou apresentação de uma música, você pode utilizar um simples truque.

Mas antes disso, vamos entender o motivo que torna nossas vozes tão diferentes para os outros e para nós mesmos.

A verdade é que, por mais que sua voz numa gravação pareça estranha e irreal, o áudio não mente. Você pode achar que o jeito que sua voz está saindo é estranho, mas ela é percebida assim por todos que te ouvem falar. É cruel para alguns, mas acontece por conta do jeito que o som viaja dentro de seu ouvido.

Todos os sons que ouvimos, sejam pássaros cantando, pessoas falando ou gravações de nossas vozes, são resultado de ondas se movendo pelo ar. Nosso ouvido externo captura essas ondas e as encaminha pelo canal auditivo, até o tímpano. Ali, as vibrações passam pelo ouvido interno, onde são traduzidas em sinais enviados para o cérebro.

Quando você fala, as vibrações de suas cordas vocais ressoam em sua garganta e sua boca, além de pasarem pelos ossos de seu crânio e pescoço. Assim, o ouvindo interno responde a esses estímulos assim como os outros, criando sinais elétricos que também chegam ao cérebro. Isso faz com que você perceba não só o som propagado pelo ar, mas também pela vibração óssea.

Essa combinação de estímulos que chegam ao ouvido por dois caminhos diferentes acaba transformando sua voz em um som único, que a voz que as outras pessoas ouvem somente pelo ar não tem. Especificamente, seus ossos valorizam vibrações de frequências mais baixas, dando um tom mais grave do que o percebido em gravações.

Uma gravação de sua própria voz elimina a condução dos ossos que você considera ao pensar em sua voz normal, o que faz com que você ouça apenas as vibrações causadas no ar. Por causa disso, a verdade é que todo mundo tem uma voz diferente do que pensa.

Sabendo disso, o treinador de vozes Chris Beatty decidiu ensinar um método que pode ajudar a mostrar como sua voz soa para os outros. É claro qeu você pode apenas gravá-la e ouvir em seguida, mas se quiser uma percepção em tempo real, isso nem sempre vai funcionar.

Para eliminar o som que vem das vibrações ósseas, Beatty sugere que você utiliza duas pastas de arquivos (que podem ser substituídas por revistas, folha de papel ou qualquer outro objeto que simule as pastas) e as coloque na frente das orelhas, enconstadas nas laterais da cabeça. A posição dos objetos bloqueia os sons que possam ser transmitidos pelo lado de sua cabeça.

Dessa forma, as vibrações que passam pelo seu próprio corpo são parcialmente bloqueadas, criando um som muito mais próximo do real percebido pelas outras pessoas. Você pode conferir a técnica do professor em vídeo. O conteúdo está em inglês, mas é possível compreender os movimentos com clareza a partir de 1:50.

O técnico ainda recomenda o movimento das pastas para criar uma mudança de som percebido, te ensinando a diferenciar os dois claramente. Se você quiser experimentar o efeito reverso, ouvindo como sua voz soa apenas dentro de sua cabeça, você pode utilizar fones de ouvido ou tampar bem os ouvidos e conversar. Essa voz diferenciada e abafada que você ouve, é a que se propaga dentro de seu corpo.

O que achou do truque? E o que você acha da mudança de sua voz? Conte para a gente nos comentários e não deixe de compartilhar.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+