Como cientistas procuram por sinais alienígenas?

POR Pietro Bottura    EM Sem categoria      19/08/14 às 21h20

Provavelmente você acha que quando a ciência diz que "nunca encontrou provas de vida alienígena" com tantos vídeos de OVNIs e relatos por aí, é porque não soube procurar.

Mas, na verdade, os quesitos usados na lógica para investigação de possível vida fora da Terra seguem padrões bastante esquisitos, que por sí parecem já bastante restritos em seu alcance.

É o caso do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), instituto de pesquisa associado à Universidade de Berkeley, nos EUA,  que usa como aparelho antenas de alta potência, chamadas radiotelescópios, que, como o nome dá a entender, buscam ondas de rádio e outros tipos em longas distâncias, no espaço.

O problema é que com toda a estática, vácuo e corpos celestes, isso resulta numa bela chiadeira. E é nesse palheiro que os cientistas tentam encontrar uma agulha, um sinal de comunicação alienígena. Outra coisa que vale citar é que toda essa análise é feita por computadores, o que pode ser bom ou ruim para o resultado final.

seti__home

Aqui o Instituto:

arecibo

Para o SETI, a química seria a "linguagem universal", e a água o composto da vida. Por isso, acreditam que uma das possíveis mensagens seria a informação da existência de água em outro planeta. Como a água, por sua vez, tem elementos (hidrogênio e oxigênio) que vibram em uma frequência específica (1,42 e 1,72 gHz), imaginam que essa seria a faixa escolhida.

Como estrelas não produzem faixas abaixo dos 300 hertz, provavelmente esse seria outro limite.Também são procurados sinais que emitam luz ou som de forma intermitente, funcionando como alarmes.

É claro que existem outros métodos, mas esse ilustra a lógica seguida pelos ufólogos e pesquisadores da área, que contam com aparelhos dentre os mais modernos já feitos. Outra coisa interessante é saber que você pode emprestar seu computador para fazer a varredura de vida alienígena. Acontece que, como são infinitas ondas para análise, os computadores do SETI às vezes precisam de reforço.

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+