Ciência e Tecnologia

Como os seres humanos vão dormir nos próximos séculos?

0

Dormir de conchinha é um tipo de atividade que as pessoas gostam muito de fazer. E aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você algumas verdades sobre dormir deste modo.

De acordo com um estudo divulgado na publicação científica Proceedings of the Royal Society B, na BBC Brasil, pela neurocientista brasileira Suzana Herculano-Houzel, “a quantidade de sono seria proporcional à concentração de neurônios no cérebro. Ou seja, quanto maior a densidade de células nervosas, mais tempo é necessário passar dormindo.”

Especialistas da Universidade de Rochester e da Universidade de Nova York revelaram, em um estudo publicado na revista Science, em 2013, que o cérebro passa por uma espécie de “limpeza de toxinas e detritos derivados das conexões cerebrais que se acumulam ao longo do dia.”

Nos animais, quando eles são privados de sono, as toxinas em excesso podem comprometer a capacidade mental deles.

exames-diagnosticam-os-disturbios-do-sono-foto-arquivo

O físico e futurista Ian Peterson, em um relatório feito sobre o futuro do sono, relata que o modo como os seres humanos vão dormir nos próximos anos e séculos será bem diferente e revolucionário do que se faz atualmente.

Seu estudo mostra que os pijamas serão “inteligentes”, as roupas de cama e os colchões serão equipados com sensores que medem os seus pulsos cerebrais e em especial as nossas respostas à pressão, à luz e a temperatura.

Além disso, o sono será um hábito praticado em camas mecânicas com reguladores e luminárias que se ajustam em tempo real para criar e manter uma experiência totalmente personalizada para o seu sono.

sono

De acordo com o físico, “em ultima análise, o sono virá de forma ‘otimizada e personalizada’, o que significa que ele será personalizado para que o seu cérebro e funções biológicas funcionem especificamente para um indivíduo não só dormir como mais do que descansar.”

De acordo com o futurista e diretor-executivo do Instituto Da Vinci,Thomas Frey, “Dormir é como reiniciar o computador, só que é um processo de 8 horas de reiniciação do corpo.”

Ele prevê que no futuro tudo será diferente e alega que “podemos fazer isso mais rápido e com mais frequência no futuro? Se nós podemos acelerar o cérebro para aprender mais rápido, também podemos acelerá-lo e fazê-lo dormir mais rápido“.

1932236-3665-atm14

Segundo Jack Uldrich, autor do livro sobre futurismo “Foresight 2020: A Futurist Explores the Trends Transforming Tomorrow“, “a humanidade pode evoluir para duas espécies diferentes: uma que favorece o processo evolutivo mais lento, natural e outra que vai abraçar um processo evolutivo reforçado.”

O que você achou das previsões? Mande seu comentário para gente!

O que aconteceu com o Cartel de Medellín e familiares depois da morte de Escobar?

Matéria anterior

12 imagens de micro apartamentos ao redor do mundo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos