Curiosidades

Conheça o caso da mulher que ficou paraplégica depois de usar a maquiagem da amiga

0

Depois de usar o pincel de maquiagem da sua amiga, a australiana Jo Gilchrist de 27 anos começou a sentir muitas dores nas costas e resolveu procurar um hospital.

Foi então que os médicos a diagnosticaram com contaminação por estafilococos, um grupo de bactérias conhecido como os patógenos mais comuns em seres humanos.

No entanto, o que aconteceu com a mulher foi bastante incomum. Gilchrist começou a perder os movimentos das pernas. Isso aconteceu porque os estafilococos se alojaram na sua coluna vertebral.

“Tudo começou com uma pequena dor nas costas e eu pensei que era minha má postura, mas ficava cada vez pior. Pensei que iria morrer, a dor era pior que a do parto”, declarou a jovem.

Contaminação

mu

A amiga de Jo Gilchrist teve uma infecção por estafilococos em seu rosto, mas a enfermidade só foi descoberta dias depois de elas terem compartilhado a mesma maquiagem.

Quando Gilchrist usou o pincel, ele já estava contaminado com as bactérias presentes no rosto da sua amiga, que utilizou o objeto antes dela, sem saber que estava contaminado com as bactérias.

A mulher declarou que não tinha ideia de que isso poderia acontecer é que costuma compartilhar coisas com as suas amigas o tempo todo.

Quando os estafilococos invadem um corpo e conseguem sobreviver ali, eles causam uma infecção. Essa infecção pode ser localizada, mas quando atinge várias partes do corpo é conhecida como septicemia.

Esse é um dos maiores riscos que a australiana corre, já que as bactérias, que se espalham pela corrente sanguínea, já atingiram outras partes do seu corpo como intestino e bexiga.

Recuperação

rec

Felizmente, nem tudo está perdido. Embora as bactérias sejam muito resistentes aos medicamentos e o tratamento tenha começado bastante tarde, Jo Gilchrist continua lutando contra a infecção e tenta aprender a caminhar de novo.

Inicialmente, o estafilococos era sensível a antibióticos, mas como o uso indiscriminado desse tipo de medicamente se tornou bastante comum, a bactéria acabou se tornando mais resistente.

Mas isso não significa que ela não possa ser eliminada do organismo da australiana. Ela vai passar os próximos três meses no hospital recebendo administração de antibióticos, para que os microrganismos patógenos sejam eliminados de vez do seu corpo.

Com quantos anos paramos de crescer? E o pênis e os seios?

Matéria anterior

Você se lembra desse garotinho? Ele ajudou o pai dele a conseguir dinheiro para um transplante!

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos