Curiosidades

Conheça os objetos deixados na lua pelos astronautas

0

Em 1969, os Estados Unidos fizeram a primeira viagem até a lua. A missão Apollo 11 fez com que Neil Armstrong e Buzz Aldrin pisassem no solo lunar junto com a bandeira da nação americana. Entre 1969 e 1972, houve cinco pousos na lua, mas nenhuma pessoa mais foi mandada depois.

A maioria de nós pensa que ida do homem à lua rendeu apenas uma frase icônica, e deixou por lá apenas algumas pegadas e a bandeira dos Estados Unidos. No entanto, nosso satélite natural tem nele mais de 180 toneladas de objetos feitos por humanos, como lenços, medalhões e até mesmo uma foto de família.

A maior parte dos objetos que estão na lua são destroços de espaçonaves. Todavia, alguns objetos foram deixados lá de propósito pelos próprios astronautas. São esses objetos que contribuem para o acúmulo de “lixo” lunar e transforma a lua em um verdadeiro museu.

Lua

Correio braziliense

Ao longo de várias décadas, os astronautas já passaram aproximadamente 30 horas na superfície lunar. Durante essas horas, cerca de 181 mil quilos de lixo foram deixados para trás. A priori, esse número parece absurdo, mas ele faz sentido, levando em consideração que entre esses objetos estão alguns bem pesados, como por exemplo, sondas.

Vários dos objetos que estão hoje na lua foram selecionados para serem relíquias de toda a exploração humana do espaço. Alguns foram deixados lá porque era preciso diminuir o peso da aeronave para que a volta dos astronautas para a Terra fosse mais segura.

Nesse ínterim, a maior parte do lixo foi deixado por astronautas da NASA entre 1969 e 1972. O resto dos objetos vieram das agências de exploração espacial de outros países em missões não tripuladas, como por exemplo, da Rússia, do Japão, da Índia e de países europeus.

É claro que essa quantidade toda de resíduos deixados em nosso satélite natural pode assustar as pessoas. Ademais, a lista desses objetos é bastante curiosa.

Objetos

Welt

Dentre todos os objetos, o que é considerado o mais inusitado é um retrato de família. A foto pertence ao astronauta Charles Duke. Na foto que está na lua, ele está do lado de sua esposa e seus dois filhos. Atrás da imagem está escrito “esta é a família do astronauta Charlie Duke do planeta Terra, que pousou na lua em 20 de abril, 1972”.

Além dessa foto, na lua também tem uma pena de falcão e um martelo. Esses objetos foram deixados para testar a teoria de Galileu Galilei de que a gravidade “puxa todos os objetos da mesma maneira, não importa o peso”. Para prová-la, um astronauta derrubou, ao mesmo tempo, a pena de falcão e o martelo para ver se eles chegariam no chão ao mesmo tempo. Esses objetos foram deixados por lá.

Outras coisas deixadas na lua são sacos de urina, fezes e vômito. Os astronautas deixaram quase uma centena deles em solo lunar para poder trazer de volta amostras do nosso satélite.

Mais uma coisa estranha deixada na lua foram bolas de golfe. Elas estão lá porque, na missão Apollo 13, um astronauta jogou uma partida de golfe na lua. Assim, as bolas que ele usou ficaram por lá. Ele trouxe de volta para a Terra apenas o taco, que atualmente está no Museu da Associação de Golfe dos Estados Unidos, em Nova Jersey.

Homenagem

Galileu

Além desses objetos, um também estranho é uma urna com cinzas. Ela pertence ao geólogo e astrônomo Eugene Shoemaker. O homem teve uma carreira brilhante na NASA e treinou para se tornar um astronauta. Contudo, por conta de razões de saúde ele não pode ir ao espaço.

Mas isso não o impediu de fazer suas contribuições. Shoemaker ajudou a treinar futuros astronautas e fundou o campo da ciência planetária, que estuda os planetas e seus satélites naturais. Além disso, foi um dos primeiros a concluir que crateras lunares eram causadas por impacto de meteoros.

Como homenagem, depois de sua morte, em 1997, sua cinzas foram deixadas na lua em 1999 por uma sonda abandonada depois de uma missão.

Fonte: Galileu

Imagens: Galileu, Welt, Corrieo Braziliense

O caso da jovem que ficou paraplégica por conta de um piercing

Matéria anterior

Entenda por que alguns pais têm filhos favoritos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos