Notícias

Elon Musk desiste de comprar Twitter por US$ 44 bilhões

0

O bilionário Elon Musk divulgou que está retirando a oferta de US$ 44 bilhões (R$ 233 bilhões) para comprar o Twitter. A justificativa do dono da Tesla é que a empresa não cumpriu cláusulas estabelecidas no contrato.

O empresário, que divulgou a compra em abril, afirmou que desistiu do negócio porque o Twitter não forneceu informações suficientes em relação às contas falsas e de spam que existem na plataforma.

Já o Twitter afirmou que vai entrar na Justiça para que o acordo seja cumprido.

Com isso, Musk poderá ter que pagar uma multa de US$ 1 bilhão (R$ 5,3 bilhões) e enfrentar um processo judicial pela desistência da compra.

Em maio deste ano, Elon Musk havia informado que o acordo estava “temporariamente suspenso” enquanto aguardava dados sobre o número de contas falsas e de spam em circulação na rede social.

De acordo com matéria da BBC, essas contas são criadas para espalhar informações muitas vezes falsas para um grande número de pessoas, e com isso manipular a forma como elas interagem com a plataforma.

Exigências de Elon Musk em relação a spam e robôs

Foto: AP Photo/ Matt Rourke

No dia 8 de junho, o Twitter afirmou que remove cerca de 1 milhão de contas de spam diariamente.

O empresário, considerado o homem mais rico do mundo, solicitou provas de que spam e robôs são menos de 5% do total de usuários, como alega a empresa. De acordo com Elon Musk, esse número chega a 20%.

Em uma carta à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, o representante legal de Musk afirmou que essas informações não foram fornecidas.

“Às vezes, o Twitter ignorou os pedidos do sr. Musk, às vezes rejeitava-os por razões aparentemente injustificáveis e às vezes sustentava que cumpria solicitações enquanto fornecia informações incompletas ou que não podia ser usada”, afirmou o representante do bilionário.

Por outro lado, o presidente do Twitter, Bret Taylor, declarou que a empresa entraria com uma ação legal para garantir que a negociação fosse adiante.

“O Conselho do Twitter está comprometido em fechar a transação no preço e nos termos acordados com Musk”, publicou Taylor na rede social.

As ações do Twitter caíram 7% depois do anúncio de Musk.

Elon Musk posta meme para zombar de possível batalha judicial

Foto: Reprodução/ Twitter/ G1

O bilionário Elon Musk compartilhou nesta segunda-feira (11/07) um meme zombando do Twitter após a rede social afirmar, através de comunicado, que iria entrar em batalha judicial por Musk ter abandonado o acordo de comprar a plataforma por US$ 44 bilhões (cerca de R$ 231 bilhões).

O meme tem quatro frases e fotos do bilionário ao lado de cada afirmação dando risada:

“Eles disseram que eu não podia comprar o Twitter. Então, eles não divulgariam informações do bot. Agora, querem me obrigar a comprar o Twitter no Tribunal. Agora, eles têm que divulgar informações do bot no Tribunal”, afirma as frases escritas no meme do empresário.

A publicação é a primeira resposta pública do dono da Tesla e da SpaceX desde que foi divulgada a intenção de abandonar a oferta de compra do Twitter na última sexta-feira(8). 

“Então tudo isso fazia parte do seu plano?😉”, chegou a questionar um usuário no Twitter.

Ações em queda

Foto: Maja Hitij / Equipe/ Getty Images

Nesta semana, as ações do Twitter começaram em forte queda, após o bilionário Elon Musk anunciar que desistiu de comprar a rede social.

Na última segunda-feira (11), por volta das 11h10, as ações da rede social recuavam cerca de 7%, negociadas a pouco mais de US$ 34. Lembrando que nesta sexta-feira (08/07), já eram negociadas a US$ 36,81, cerca de 32% abaixo da oferta feita por Musk, de US$ 54,20.

Fonte: BBC, G1

Aos 77 anos, idoso passa no exame da OAB e celebra

Artigo anterior

Cientistas começam a desvendar os sons desconhecidos da Terra

Próximo artigo