Curiosidades

Escolas deveriam começar mais tarde? Estudo mostra o porquê

0

Nós vivemos a pandemia do coronavírus já há um tempo, e vimos como ela impactou a saúde mental das pessoas. Dentre todos, os jovens foram um grupo particularmente afetado com o fechamento das escolas. Como resultado, milhões de crianças e adolescentes ficaram longe dos seus amigos, professores e de aspectos de uma vida normal.

Nesse ínterim, vários estudos documentaram esses efeitos psicológicos negativos. Contudo, dentre todos os aspectos negativos trazidos pela pandemia, pelo menos um parece ter tido um impacto bom. O aspecto positivo foi justamente o fechamento das escolas.

De acordo com um estudo da Suíça, os pesquisadores descobriram que os adolescentes do país que estudavam em casa enquanto as escolas estavam fechadas, entre março e junho de 2020, acabaram dormindo significativamente mais do que antes do lockdown. Por sua vez, isso se relacionou com várias outras melhorias no bem-estar das pessoas.

“Os alunos dormiam cerca de 75 minutos a mais por dia durante o lockdown. Ao mesmo tempo, a qualidade de vida relacionada à saúde melhorou significativamente e o consumo de álcool e cafeína diminuiu”, disse o pesquisador de desenvolvimento pediátrico Oskar Jenni, da Universidade de Zurique (UZH).

Estudo

Nyack news and views

Nesse estudo, Jenni e seus colegas fizeram uma pesquisa online com mais de 3.600 estudantes do ensino médio na região de Zurique. A pesquisa tinha perguntas a respeito do padrão de sono e outras questões relacionadas à saúde e às características comportamentais.

Então, se comparou os resultados com um estudo anterior que tinha sido feito com 5.300 alunos em 2017, bem antes do começo da pandemia e do fechamento das escolas.

Como resultado, essa comparação mostrou que durante a semana escolar, os estudantes que frequentavam as escolas em casa acordaram aproximadamente 90 minutos mais tarde do que o grupo que tinha que se dirigir para as escolas. Contudo, eles também iam para a cama aproximadamente 15 minutos depois. O que no total dava uma diferença de sono de 75 minutos por dia.

Ademais, outras características associadas à saúde comportamental do grupo de lockdown melhoraram em comparação ao grupo de controle. Isso sugeriu que esses 75 minutos a mais de sono todos os dias fizeram com que eles se sentissem melhor em determinados pontos. Ainda assim, outros efeitos causados pelo isolamento também foram observados nas respostas.

“Valores mais altos foram indicados pela amostra do lockdown nos itens para se sentir em forma e bem, para estar cheio de energia, para ter tempo suficiente para si e para ser capaz de fazer as coisas que queriam em seu tempo livre. Por outro lado, os adolescentes na amostra do lockdown indicaram que se sentem mais solitários e tristes e se divertem menos com os amigos”, escreveram os pesquisadores que foram liderados pelo pesquisador de neuropsicologia do UZH, Joëlle N. Albrecht.

Escolas

Science news for students

Segundo Jenni, esses resultados mostram que por mais que o fechamento das escolas surtiu alguns efeitos negativos nos adolescentes, a quantidade extra de sono parece ter trazido benefícios que fizeram com que os dias isolados em casa ficassem mais toleráveis a longo prazo.

“Embora o lockdown claramente tenha levado a piora da saúde e bem-estar a muitos jovens, nossas descobertas revelam um lado positivo no fechamento de escolas, que tem recebido pouca atenção até agora. Nossas descobertas indicam claramente o benefício de começar a escola mais tarde pela manhã, para que os jovens possam dormir mais”, disse Jenni.

Esses resultados não deveriam ser tão surpreendentes assim. Isso porque há vários anos estudos mostram evidências de que as escolas deveriam começar o dia mais tarde. Com isso, haveria como resultado um melhor bem-estar, além de um melhor sono e capacidade de concentração.

Observações

Tio Sam

De acordo com alguns especialistas, as escolas não deveriam começar o dia antes das 10 horas da manhã. Esse novo estudo, no entanto, não aponta um horário. Contudo, ele é mais um dado para apoiar que as escolas deveriam começar mais tarde.

“As descobertas sugerem que o fechamento das escolas permitiu aos alunos alinhar melhor seus horários de sono com a fase tardia do sono dos adolescentes. Para nosso conhecimento, este estudo fornece a primeira evidência científica para as associações benéficas relacionadas ao sono e o fechamento de escolas com a saúde dos adolescentes”, concluíram os pesquisadores.

Fonte: Science Alert

Imagens: Nyack news sand views, Science news for students, Tio Sam

Botos atacam filhotes na Amazônia

Matéria anterior

Cientologia: Conheça a religião de Tom Cruise

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos