Curiosidades

Essa história mostra que nem todo mundo tem as mesmas oportunidades

0

Depois de meses conturbados para o brasileiro, finalmente temos um motivo para ter orgulho de nosso país. A Olimpíada, mesmo com alguns problemas, está tendo momentos incríveis que mostram que nosso país pode ser tão bom quanto qualquer outro. Porém, mesmo vivendo momentos de alegria e orgulho, não podemos fechar os olhos para grandes problemas que existem em nossa sociedade.

Um dos mais discutidos na internet, faculdade e escolas, é a desigualdade social. Muitos acreditam que isso não é um verdadeiro problema e que todos têm a mesmas oportunidades. Já do outro lado, temos pessoas que defendem com unhas e dentes que a desigualdade social pode afetar uma pessoa na hora de conquistar seus sonhos. Mas qual dos grupos realmente está certo?

oportunidades

Essa discussão pode não ter fim, mas Toby Morris pode te ajudar a tomar parte de uma das duas ideias. Ele é um ilustrador australiano que resolveu abordar o tema de uma forma bem didática e divertida. Através de uma história em quadrinhos, ele mostra a vida de duas pessoas que tem vidas totalmente diferentes. Um garoto que nasceu em uma família onde seus pais não passam dificuldades financeiras e tem uma vida, como descrita nas ilustrações, “ok”. Já na segunda história, temos uma garota que nasceu em uma família não tão bem financeiramente como a do garoto. Ao longo da tirinha vemos que os dois crescem e tem oportunidades bem diferentes.

oportunidades

oportunidades

oportunidades

oportunidades

No Brasil

oportunidades

A foto acima sempre está em livros didáticos para falar sobre o tema “desigualdade social”. Do lado esquerdo, temos a favela Paraisópolis e do lado direito, temos um prédio de luxo, São Paulo. Eles são separados apenas por um muro, mas a qualidade de vida das pessoas que moram nesses dois lugares é absurdamente diferente.

O grande problema é que acreditamos que essa desigualdade é vista apenas nas grandes cidades, mas temos que lembrar que o Brasil é um país de tamanho continental e existem lugares mais pobres que as favelas das grandes cidades. Pode não parecer, mas muitas pessoas do interior que foram para as grandes cidades em busca de novas oportunidades e acabaram em favelas, estão vivendo muito melhor do que pessoas que escolheram ficar lá.

Cotas

oportunidades

Outro assunto que entra junto com o tema, são as cotas. Existem leis que facilitam a entrada de jovens em universidades públicas que estudaram em escolas públicas e são negros. O principal ponto para quem defende as cotas, é que pessoas que não tem outra opção a não ser estudar em escola públicas, tem menos chances de entrar em uma universidade que uma pessoa que pode estudar nas melhores escolas. Em contrapartida, temos pessoas que acreditam que todos têm as mesmas oportunidades e por isso não deveriam existir cotas. Isso parece muito a história que você acabou de ler, não é?

Antes de encerrar, não queremos defender nenhuma ideologia e estamos apenas mostrando alguns pontos sobre a desigualdade social. Outra coisa que é interessante citar é que esse problema não acontece apenas no Brasil e sim em todo o mundo.

O que você achou da história? Qual é o seu pensamento sobre esse assunto? É a favor das cotas? Comenta aí e compartilha com seus amigos.

8 coisas que os homens avaliam antes de chamar uma mulher para sair

Matéria anterior

Como os alemães reagiram ao saberem as atrocidades que o nazismo cometeu?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos