Estas janelas inovadoras podem escurecer e te proteger do sol em apenas um minuto

POR PH Mota    EM Inovação      18/08/17 às 18h13

Uma nova tecnologia para janelas inteligentes é capaz de escurecer vidros automaticamente em menos de um minuto. Assim, você poderia ir de uma janela transparente para uma escura rapidamente, cortando custos de aquecimento ou resfriamento em até 20%, segundo um estudo do equipamento.

A janela inteligente foi desenvolvida por engenheiros da Universidade de Stanford e anunciada num estudo publicado no início de agosto. A tecnologia aposta num princípio completamente inovador, se comparado com as janelas dinâmicas que já existem hoje em dia.

A nova abordagem utiliza um polímero gel que contém íons metálicos inseridos num eletrodo transparente. Quando alguma voltagem é aplicada no material, os íons reagem e bloqueiam as ondas de luz, escurecendo o ambiente. Para devolvê-lo ao estado normal, basta provocar o estímulo novamente.

De acordo com o professor de ciência e engenharia de materiais da universidade e líder da pesquisa, Michael McGehee, a nova tecnologia vai permitir diversas vantagens ainda não disponíveis no mercado.

"Várias pessoas gostariam de ter janelas dinâmicas e eu não acho que elas estão correndo pra ter os produtos disponíveis, em partes porque é muito caro", explicou. Segundo ele, isso acontece porque as janelas do mercado são fabricadas com materiais relativamente caros e processar isso na construção dos equipamentos exige altos custos.

McGehee também adicionou que a janela desenvolvida por sua equipe, que envolve a injeção de uma solução de polímeros no vidro, é muito mais barato e poderia pavimentar o caminho para a popularização das janelas inteligentes, principalmente na área de construção. A tecnologia já é bem difundida utilizada em aeronaves e carros.

Aviões Boeing, por exemplo, já contam com janelas que escurecem automaticamente nos modelos 787 Dreamliner. Além disso, fabricantes de carros luxuosos já utilizam materiais eletrocrômicos para fabricar retrovisores adaptáveis. Agora, com custos menores, a tecnologia pode ser encontrada com mais frequência.

"[A tecnologia] pode ser utilizada em janelas de todos os tipos de construções, de casas a grandes prédios comerciais", esclareceu McGehee. "Nós estamos conversando com companhias de automóveis e elas estão muito interessadas e instalar o material no teto solar no nos vidros traseiros."

Além de casas e carros, a novidade também pode estar presente em óculos, especialmente para quem utiliza óculos de grau o tempo todo e precisa trocar o acessório caso queira se proteger do sol.

Nas construções, as janelas podem ajudar a reduzir custos de aquecimento e resfriamento em até 20%, ao permitir que as pessoas tenham controle sobre a quantidade de luz que entra num ambiente. Isso porque, além dos modos de transparência ou escuridão completa, elas podem ser ativadas apenas parcialmente, filtrando parte da luz.

"Você pode bloquear 90% da luz para reduzir o brilho, mas ainda enxerga o que tem lá fora", comentou McGegee. "Não é como se você tivesse cortinas ou dentro de um avião - quando você cobre a janela - e acaba completamente com a visão."

O professor disse que, comparada a outras tecnologias, a nova janela dinâmica também é mais durável, graças ao uso do metal, que não se degrada com exposição ao sol. Durante as fases de testes, os pesquisadores instalaram e removeram janelas ao menos 5.500 vezes e ninguém percebeu mudanças no funcionamento do aparelho.

Até agora, os pesquisadores já construíram protótipos de pequena escala com 25 cm², mas já declararam que estão em negociação com fabricantes para aumentar o tamanho da tecnologia.

O que achou das janelas? Gostaria de ter uma dessas em sua casa? Conheça outras 7 tecnologias que você já pode ter em casa e nem imaginava.

PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+