Entretenimento

Faustão aguarda transplante do coração: saiba sobre a saúde dele

0

Recentemente todos ficaram surpresos com o estado de saúde do apresentador Fausto Silva, de 73 anos. Ele está internado há 16 dias e agora teve indicação médica para um transplante cardíaco. A notícia foi dada na noite do último domingo através do boletim médico enviado à imprensa pelo Hospital Albert Einstein. Quem assinou o comunicado foi o médico cardiologista Fernando Bocal.

Quem também assinou a nota sobre o estado de saúde do apresentador foi Miguel Cendoroglo Neto, diretor-médico e de serviços hospitalares do Hospital Israelita Albert Einstein.

De acordo com o comunicado, Faustão está “sob cuidados intensivos”. Ele está em diálise e precisando de remédios para ajudar na força do bombeamento feito pelo coração. Além disso, o comunicado também disse que o apresentador já foi colocado na lista de transplante de coração.

Estado de saúde

Veja SP

“Em 05 de agosto, Fausto Silva deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein para tratamento de insuficiência cardíaca, condição que vem sendo acompanhada desde 2020. Ele encontra-se sob cuidados intensivos e, em virtude do agravamento do quadro, há indicação para transplante cardíaco. O paciente está em diálise e necessitando de medicamentos para ajudar na força de bombeamento do coração. Fausto Silva já foi incluído na fila única de transplantes, regida pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, que leva em consideração, para definição da priorização, o tempo de espera, a tipagem sanguínea e a gravidade do caso”, informou a nota.

Em 2021, quando o apresentador ainda estava na Globo, ele foi internado para tratar um edema linfático. Desde então, Faustão vem tendo internações de rotina para o combate do déficit de circulação que acontece nos vasos linfáticos e acaba provocando o acúmulo de líquidos por conta de alguma insuficiência no organismo.

Segundo João Silva, filho do apresentador, Faustão não deve se aposentar e pode voltar à televisão em breve. “Acho que meu pai não vai parar. Talvez faça uma coisa completamente diferente, talvez no digital ou mesmo na televisão. Parar não faria bem para uma pessoa que ama tanto o que faz. Ele vai descansar e ter o tempo dele”, disse João.

Coração

Cepic

As doenças que afetam o coração são bastante preocupantes. Por isso saber como preveni-las e ter um diagnóstico o mais rápido possível é essencial. Uma bastante conhecida é o infarto. Ele acontece quando o fluxo de sangue que é levado ao miocárdio (músculo cardíaco) é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que uma parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra, e isso é chamado de infarto do miocárdio. Dependendo, o infarto pode ser fatal, mas com o tratamento adequado, é possível evitar danos significativos no músculo cardíaco.

Durante muito tempo, esse problema foi relacionado principalmente aos homens, idosos e com sobrepeso. Contudo, isso vem mudando com o passar do tempo. Segundo um levantamento feito pela Global Burden of Diseases (GBD), e divulgado no dia 19 de julho, as mulheres jovens estão sendo vítimas cada vez mais comuns de infarto.

Para se ter uma ideia, o número de casos entre as mulheres brasileiras entre 15 e 49 anos foi de 7,1 mil casos em cada 100 mil habitantes em 1990, para 11,6 mil casos em 2019. Ou seja, em quase trinta anos aconteceu um aumento de 62%.

Dentre os órgãos que fizeram parte do levantamento está a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), e o documento faz um alerta a respeito do aumento da mortalidade em mulheres mais jovens por conta de doenças cardiovasculares. “Um terço das brasileiras morrem de doença cardiovascular e a maioria, por infarto”, pontuou.

Conforme disse o cardiologista Marcelo Pinho, da Clínica AmorSaúde, esse aumento nos casos de ataque cardíaco em mulheres pode ser por conta da negligência com cuidados de saúde, maus hábitos e porque elas sofrem uma pressão maior tanto pessoal como profissionalmente. “Os fatores resultam em níveis de estresse cada vez mais elevados”, explicou ele.
Para quem não sabe, os sintomas principais de um infarto são: dor no peito; dor que se espalha para as costas, mandíbula ou braço esquerdo; náusea; vômito; suor frio; falta de ar; cansaço inexplicável; desconforto no peito e arritmia.

Fonte: Splash, Metrópoles

Imagens: Veja SP, Cepic

O que acontece se alguém morrer no espaço?

Artigo anterior

Documentos dizem que Jesus não morreu na cruz e viveu por muitas décadas no Japão

Próximo artigo