Curiosidades

Finalmente, desvendaram qual é o idioma dos Orangotangos

0

Saber outras línguas é sempre muito importante. Você aumenta a sua capacidade de comunicação e pode conhecer outras pessoas e outras culturas, sem precisar do auxílio de alguém. Isso pra não falar das linguagens, que elaboramos por nossa conta, afinal, quem também nunca criou seu próprio idioma, com seus amigos, irmãos, primos?!

A comunicação é extremamente importante para a sobrevivência animal. E, por mais que os humanos sejam privilegiados por terem a capacidade emitir sons mais de forma mais complexa, os demais seres vivos também mantêm uma interação entre si. E, mesmo sendo diferente da nossa, os animais conseguem transmitir sentimentos, necessidades e até passar ensinamentos.

Muitas pessoas ainda associam esse ato como um comportamento instintivo. Mas é através desses comportamentos e reações diferentes, que os animais acabam indicando outras coisas.

É aceito que nós evoluímos dos macacos. E se prestarmos atenção, podemos ver que eles fazem barulhos entre si, como se estivessem “falando” uns com os outros. Bom, isso não é tão ilógico assim. Tanto que, um estudo da Universidade de Exter, na Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos. Eles descobriram o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos feitos pelos animais.

Análise

Foram dois anos de estudos, feitos pelos pesquisadores. Eles filmaram mais de 600 horas do comportamento de orangotangos, nas florestas de Bornéu, na Indonésia.

De todas as filmagens, foram vídeos de 16 primatas, sendo sete pares de mãe e filho, e um par de irmãos, que possibilitaram a catalogação de 1.299 sinais comunicativos. Eram, ao todo, 858 sinais vocais e 441 gestos.

Dos sons feitos, alguns eram um chiado de beijo, que os orangotangos faziam quando inspiravam; um resmungo, que era um som baixo de um ou dois segundos durante a inspiração; e um beijo resmungado, que é um chiado de beijo, seguido de vários resmungos.

Os gestos, que os orangotangos faziam, eram acenar, mostrar o lábio inferior, sacudir objetos e apresentar uma parte do corpo.

Descobertas

Por natureza, os orangotangos são animais bastante comunicativos. E os pesquisadores descobriram que, quando eles percebem essas interações sociais acontecendo, eles respondem, em menos de um segundo, 90% das vezes.

Normalmente, os orangotangos são primatas pouco estudados. E essa pesquisa é importante porque os animais foram estudados em seu habitat natural e não em um ambiente criado ou fechado, como, por exemplo, em um zoológico.

Das descobertas feitas, os pesquisadores viram que os orangotangos preferem fazer gestos com as mãos, ao invés dos pés. E que na hora da comunicação, diferente dos chimpanzés, eles usam mais os pés.

Foi visto também que os primatas mais jovens usavam mais gestos, e os adultos usavam tanto gestos, como toques físicos na mesma frequência. O toque era mais usado, quando o animal queria falar com algum outro, que não estava prestando atenção. E a comunicação vocal era usada, quando o outro animal não estava no campo de visão, do que emitia os sons.

Gestos

“Observamos orangotangos usando sons e gestos para atingir oito objetivos diferentes. Coisas que eles queriam que outro orangotango fizesse”, disse uma das autoras do estudo, a Dra. Helen Morrogh-Bernard.

As principais coisas que os animais queriam eram: pegar algum objeto, subir, subir em algo, subir em alguém, se afastar, mudar de jogo e diminuir de intensidade. Do mesmo modo, em certos casos, queriam voltar para o jogo, parar ou fazer alguma brincadeira.

Em laboratório, cientistas conseguiram criar neurônios humanos que funcionam

Matéria anterior

Por que os formandos usam um ”babador”?

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.