• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

A história do avião encontrado 37 anos depois do seu desaparecimento

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      10/09/18 às 14h54

Viajar de avião para muitos é um sonho e quem já viajou, sabe o quão confortável e prático que é. As distâncias parecem menores e o tempo que se leva para chegar ao destino final é muito mais rápido do que qualquer outro meio de transporte.

Várias pessoas têm medo de viajar de avião, ainda que ele seja considerado um dos meios de transporte mais seguros do mundo. Mas é claro que tem suas exceções, afinal, já existiram alguns acidentes raríssimos que levaram várias pessoas, inclusive famosas. Especialmente aqueles em que a aeronave simplesmente desapareceu do nada. Como se o místico triângulo das bermudas realmente tivesse um vórtex dentro dele onde o tempo não passa e as pessoas que fiquem presas lá, não conseguindo mais sair. Todavia, é sempre bom não ficar pensando nisso, e caso aconteça, também existem truques para as horas de medo.

Alguns desaparecimentos de aviões também são um mistério para a humanidade como foi o caso desse avião 914 da Pan America, que decolou em 22 de julho de 1955. O avião se perdeu no caminho e ninguém teve notícia de onde ele estaria. No dia 21 de mais de 1992 ele pousou acidentalmente em Caracas, na Venezuela.

Questões

Claramente o pouso do avião levantou várias questões como o paradeiro da aeronave durante todo esse tempo. Como o avião tinha funcionado tantos anos sem combustível? Como as pessoas não envelheceram nada desde o seu voo? Como eles sobreviveram a tantos anos? E se isso tinha a ver com algum vórtex temporal.

A testemunha desse pouso foi Juan de la Corte e o contato dele com o piloto da aeronave foi gravado. Corte relata o incidente como algo perturbadoramente incomum do que ele já tinha visto anteriormente. Como o avião era antigo ele não aparecia no radar. Quando Corte perguntou para o piloto detalhes do avião ele respondeu que se tratava de um 914 com 4 tripulantes e 57 passageiros com destino a Miami.

Juan perguntou ao piloto se ele estava perdido, já que Caracas não era o destino da aeronave. Mas mesmo assim o piloto pousou no aeroporto. Depois desse acontecido é todos os aborrecimentos começaram. O piloto e sua tripulação estranharam o ambiente e perguntaram às pessoas da sala de controle onde eles estavam e disseram que o voo era para aterrissar em Miami às 9:55. Foi aí que eles responderam que eles estavam em Caracas e disseram a data ao piloto.

Depois dessa informação a única coisa que se ouviu do piloto foi um "oh meu Deus". Corte tentou aclamar o piloto e disse que estava mandando os funcionários para tirá-los do avião. Quando os documentos foram checados, a surpresa foi imediata. Eles viram que os passageiros eram os mesmos que tinham embarcado em 1955 e que eles não tinham envelhecido.

Inesperado

Quando a equipe de terra já estava pronta para tirar todos da aeronave, o piloto fez um sinal para que eles parassem e não se aproximassem mais. Ele disse "estamos indo de novo". A equipe de terra conseguiu ver os rostos assustados da tripulação dentro da aeronave. E nessa pressa de sair, o piloto deixou seu calendário do ano de 1955 cair. O avião então decolou de novo e nunca mais voltou.

Prova

A prova para essa história é a gravação entre o piloto da aeronave e Juan de la Corte e o calendário datado de 1955 que foram dados às autoridades. Esse evento pode nos fazer acreditar que realmente existe um vórtex de tempo onde os anos não passem. Esse caso permanece não resolvido e deixa essa eterna dúvida em nossas mentes.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+