• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A história inspiradora do bombeiro Cody Mooney, que salvou vidas mesmo depois de morto

POR Cristyele Oliveira    EM Compartilhando coisa boa      19/03/19 às 19h31

Bombeiros são treinados para salvar vidas, mesmo que isso exija colocar a sua própria em risco. Eles estão dispostos a tudo e enfrentam situações extremas para tanto. Cody Mooney é um exemplos destes profissionais que dedicou toda a sua vida para salvar pessoas enquanto trabalhava como bombeiro, e que mesmo após a sua morte, continuou salvando vidas.

O bombeiro Cody Mooney, de 31 anos, morreu no último dia 4, depois de perder a luta contra um agressivo tumor no cérebro. Ele foi homenageado em um hospital na cidade de Littleton, no Colorado, por amigos, familiares, outros bombeiros e funcionários do hospital. As pessoas se reuniram ao longo do corredor do hospital em uma caminhada, enquanto escoltavam Cody que teve os seus órgãos doados. Cody vai continuar resgatando vidas, mesmo depois de ter ido embora.

O bombeiro

Cody Mooney era membro da corporação de Denver, nos Estados Unidos. Ele foi diagnosticado pela primeira vez com um tumor crescendo em seu tronco cerebral em junho de 2017, quando começou a sua luta contra a doença.

"Devido à localização do tumor, o risco de morte na mesa de cirurgia era superior a 60%. Por isso, nós escolhemos em decisão conjunta esperar e monitorar as coisas [o quadro clínico de evolução do tumor]. Percebemos que ele não estava afetando sua qualidade de vida ou sua capacidade de trabalho no momento. Viver com a realidade de que um tumor está crescendo em seu cérebro é uma coisa estranha para se equilibrar emocionalmente ", escreveu a esposa de Cody, Emily, em um comunicado.

Conforme os sintomas se tornaram mais incômodos e o tumor progrediu, a cirurgia se tornou inevitável e absolutamente necessária. Ele foi submetido ao procedimento para retirada do tumor há duas semanas. Alguns dias depois da cirurgia, Cody começou a apresentar complicações na recuperação e não resistiu, vindo a óbito no dia 4 de março.

Após o falecimento, sua família autorizou a retirada de órgãos para a doação para pessoas que precisam urgentemente de um transplante.

A homenagem

Um vídeo que mostra Cody sendo levado corredores do hospital, rodeado por conhecidos, familiares e colegas de profissão, enquanto estava a caminho para doar seus órgãos se tornou um viral depois de ser compartilhado pelo corpo de bombeiros em uma rede social.

"Salvando vidas mesmo depois de seu último suspiro, o bombeiro Cody Mooney foi homenageado pela família, amigos, colegas dos bombeiros e funcionários do hospital @LittletonHosp hoje à noite sendo escoltado para doar órgãos depois de perder sua luta contra um tumor cerebral agressivo", dizia a publicação feita pelo South Metro Fire Resgate.

"Na idade de apenas 31 anos, Cody foi tirado deste mundo cedo demais. O bombeiro Mooney deixa para trás uma linda família, incluindo sua esposa (que está esperando seu quinto filho), assim como seus outros quatro filhos", continua a publicação.

"A quantidade de pessoas que vimos no hospital é uma prova de seu caráter e de quem ele era", disse um bombeiro Sam Phelps, que trabalhava com Cody, à KCNC .

Cody deixou sua esposa, que espera o quinto filho do casal (e que deve dar à luz ainda neste mês) e mais quatro filhos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+