Curiosidades

Homem raspa a cabeça como promessa após conseguir tirar CNH depois de 15 anos

0

Uma das coisas que se pode fazer apenas com a maioridade é dirigir. Para isso é preciso tirar a carteira de habilitação (CNH). Esse documento dá a liberdade de dirigir para qualquer lugar, sem se preocupar com a fiscalização, desde que não esteja infringindo qualquer lei.

Contudo, até conseguir tirar a CNH, aqui no Brasil, é preciso passar por um processo. O candidato tem que fazer exame médico e psicológico, além de assistir a 45 horas de aulas teóricas e fazer mais de 20 horas de aulas práticas, tendo que uma ser necessariamente à noite.

Nas aulas práticas, o candidato é observado pelo instrutor. E depois desse período tem a prova, que também acontece de forma prática. Mas antes de ir para este teste é preciso passar em um exame teórico.

CNH

G1

Todo o processo, normalmente, dura alguns meses. No entanto, para algumas pessoas, tirar a CNH pode ser bastante demorado, como por exemplo, o caso do mecânico de manutenção de máquinas Cleomar Pereira, de 47 anos. O homem foi a verdadeira personificação do ditado que diz que “brasileiro não desiste nunca”.

O mecânico tentou por 15 anos tirar sua CNH de carro e, depois de todo esse tempo, Cleomar finalmente conseguiu o tão sonhado documento. E como muitas pessoas, ele fez uma promessa caso a graça fosse alcançada. Então, quando finalmente conseguiu passar no exame ele raspou a cabeça.

Embora o homem não se lembre quantos testes ele fez nesses 15 anos de tentativa, ele sabe que foram muitos. Segundo ele, sempre que sobrava dinheiro ele pagava o reteste da prova, mas o resultado nunca era o esperado.

Com o passar do tempo, o mecânico resolveu fazer a promessa de raspar o cabelo quando conseguisse ser aprovado. E finalmente, no último sábado, a boa notícia veio depois de ele tentar mais uma vez passar na prova para ter sua CNH.

Promessa

G1

Quando Cleomar viu que tinha finalmente passado na prova, ele não se aguentou de alegria e quis pagar sua promessa ali mesmo no local da prova em Goiânia. Então, o homem sentou no meio fio e começou a raspar sua cabeça com uma máquina. O momento foi gravado por Dilaila Stepane, sua instrutora que teve um papel importantíssimo na aprovação do mecânico e o ajudou a conter seu nervosismo em todo o processo.

Segundo Cleomar, ele ficou eufórico com o resultado positivo porque é um sonho ter a CNH e ele conseguiu realizá-lo. Depois de passar na prova, ele contou a boa notícia para sua esposa, Fátima Ferreira, que foi a maior incentivadora durante todos os anos.

“Quando eu passei foi uma sensação maravilhosa. Ela também ficou muito feliz quando contei, porque sempre acreditou que eu era capaz”, disse o mecânico.

Ele tinha CNH para pilotar moto, mas agora seu documento mudou de categoria. Conforme ele explicou, a falta da CNH de categoria B, para carros, já o fez perder oportunidades profissionais porque muitas vezes era um pré-requisito para a vaga.

Depois de ter sido aprovado no teste, agora Cleomar tem que esperar alguns dias até a sua carteira chegar. De acordo com ele, com a nova CNH ele pretende comprar um carro para trabalhar e passear com a família.

Dificuldade

G1

Mesmo que Cleomar tenha demorado 15 anos para passar, o processo para conseguir a CNH no Brasil é “fácil” se comparado ao de outros países.

Para as pessoas que querem pegar no volante na Alemanha, por exemplo, existem algumas complicações, como por exemplo, o número de tentativas. Os alemães possuem somente três oportunidades para fazer as provas, com o intervalo de duas semanas entre elas.

O teste prático é conduzir o veículo por aproximadamente 40 minutos sendo observado pelo avaliador. E, caso o futuro condutor não passe nessas três tentativas, as novas provas terão o tempo entre elas aumentado gradativamente.

Na África do Sul, alguns requisitos mais exigentes do que no Brasil são levados em consideração. Na prova prática, os alunos precisam verificar se não há vazamentos no carro antes de começarem.

Além disso, se eles não puxarem o freio de mão da forma certa, ou deixar o carro ir para trás, nem que seja um pouquinho, na hora da rampa, são reprovados imediatamente.

Na Finlândia, o exame para tirar a CNH foca em preparar os futuros motoristas para dirigir com segurança em qualquer clima. Por isso, os alunos devem fazer autoescola e ter aulas em pistas com condições escorregadias, seja com gelo ou neve no solo.

Para conseguir a carteira de motoristas, a etapa final tem dois testes. Um é feito no verão e outro no inverno, tudo para conseguir avaliar o futuro condutor nas duas condições climáticas. Todo o processo leva, pelo menos, seis meses.

Fonte: G1, Auto esporte

Imagens: G1

Carina Pereira vence processo contra Globo em 2ª instância

Artigo anterior

Novo filme do Scooby-Doo confirma que Velma é lésbica

Próximo artigo