Entretenimento

“Inventando Anna”: a verdade na série sobre jovem que enganou elite nos EUA

0

A nova produção de Shonda Rhimes, que também tem em seu repertório séries como Grey’s Anatomy e Scandal, foi lançada no dia 11 de fevereiro de 2022. Em “Inventando Anna”, acompanhamos Anna Delvey, que usa o nome Anna Solkin para enganar a elite dos Estados Unidos e se tornar uma figura proeminente.

Dessa forma, a série já começa com a frase: “esta história é completamente verdadeira. Exceto pelas partes que foram totalmente inventadas”. Então, o que é verdade e o que é ficção na nova série da plataforma de streaming Netflix?

A nova série protagoniza a atriz de Ozark, Julia Garner, no papel de Anna Delvey, cujo nome verdadeiro é Anna Sorokin. Assim, a produção conta a história incrível da jovem de 20 e poucos anos que consegue enganar não só a elite da cidade de Nova York, como até grandes bancos. Isso pelo menos até a casa cair.

Então, a justiça estadunidense culpou Sorokin de fraudar mais de US$ 200.000 de hoteís, bancos e outras instituições. Além disso, ela enganou mais montantes de amigos e associados sob falso pretexto.

Assim, a perspectiva da série é da jornalista Jessica Pressler, que escreveu uma exposição sobre a jovem, responsável pela explosão do caso. Então, o que é verdade e o que é ficção?

Vivian Kent

A atriz Anna Chlumsky interpreta Vivian Kent enquanto ela tenta acompanhar a história de Anna. Sendo assim, na vida real, a jornalista que acompanhou o caso era Jessica Pressler, que entrevistou a jovem golpista enquanto ela aguardava julgamento na prisão em Rikers Island.

Além disso, ela conversou com diversos colegas de Sorokin para descobrir a história da falsa herdeira. Ela também decidiu escrever a peça de exposição para se redimir após um erro anterior que quase acabou com sua carreira.

Em 2014, a jornalista chegou a ter uma oferta de emprego do Bloomberg News, que foi rescindido depois que um artigo seu foi provado ser uma farsa.

Anna e Chase

Um ponto focal da série é o relacionamento complicado de Anna com Chase Sikorski, interpretado por Saamer Usmani. Assim como a jovem, Chase também é um traficante, em busca de fundos para iniciar seu aplicativo, Wake. Então, explica-se vagamente o conceito do aplicativo, sendo descrito como um app que captura dados.

Chase também é retratado como o meio pelo qual Anna consegue ter uma vida de luxo. Assim, o homem tem um papel importante em sua vida, mas ele não é muito ressaltado no artigo escrito para a Revista de Nova York.

Fundação Anna Delvey

Inventando Anna

Reprodução

Anna destina toda sua energia na fundação Anna Delvey, que é um clube de artes hiper exclusivo de Nova York. Na série, a jovem tem um local específico em mente: a Church Missions House, o que é fato da vida real.

Além disso, na produção, Anna fala sobre a sua vontade de ter lojas pop-up rotativas, bem como exposições e instalações de grandes nomes. Entre eles estavam Urs Fischer e Tracy Emin. O artista Christo também teria concordado em embrulhar o prédio, sendo que tudo isso é relatado no artigo original.

Roubo do jato

Na série, Anna convence o empresário chamado Blade a emprestar um jato sem nenhuma comprovação de pagamento. No entanto, na vida real, Anna enviou uma confirmação falsa de transferência eletrônica do Deutsche Bank. Obviamente, o dinheiro nunca chegou.

Alan Reed

O terceiro episódio é focado no relacionamento de Anna com Alan Reed, um advogado financeiro que a apoia em sua missão de organizar a Fundação Anna Delvey.

Sorokin trabalhou com Andy Lace na vida real, um sócio da empresa Gibson Dunn. Na ocasião, ele também marcou caixas confirmando que Anna tinha recursos para pagar seus negócios sem conferir se era verdade.

Peter Hennecke

Na produção, Anna fala para Alan entrar em contato com o chefe de seu escritório na Alemanha, chamado Peter Hennecke. Assim, para falsificar essa relação, a jovem realiza ligações com um telefone europeu consigo mesma, por meio de um disfarce de voz.

Na vida real, Sorokin deu detalhes de um suposto Peter Hennecke, e quando os e-mails sob seu nome não começaram a retornar, ela contou que o homem havia morrido.

Férias em Marrakech

Reprodução/Netflix

Na série, Anna conta que foi assaltada em uma tentativa de enganar os presentes e se safar de pagar as contas das férias luxuosas. No entanto, na realidade, Anna não deu explicações além de que seu cartão não foi aceito.

Fonte: BBC

Kelly dos Santos: a “golpista de luxo” que inspirou personagem de novela

Artigo anterior

Como está o elenco de ”O Beijo do Vampiro” 20 anos depois

Próximo artigo