Curiosidades

Jovem se mudou para o Pantanal e lidera resgate de animais vítimas dos incêndios

0

Por conta das queimadas, esse jovem se mudou para o Pantanal e está liderando o resgate de animais vítimas dos incêndios. Nos últimos meses, Eduarda Fernandes, de 20 anos, participou de resgates de bichos como onças, antas, jacarés e outro animais.

Dessa forma, Eduarda não é a única voluntária da região. No Pantanal, outros voluntários atuam distribuindo água e frutas para animais nas regiões mais afetadas pelo fogo. Para se ter uma ideia, essa é a maior tragédia registrada na história recente do bioma.

Por que ela abandonou tudo e se mudou para o Pantanal?

Jovem Se Mudou Para O Pantanal E Lidera Resgate De Animais Vitimas Dos Incendios 3 600x338, Fatos Desconhecidos

De acordo com a jovem, a principal motivação para a mudança se deu pelo seu amor aos bichos. Assim, há cerca de dois anos, Eduarda saiu de Cuiabá, no Mato Grosso, para ficar mais próxima da fauna e flora do Pantanal. “Eu era uma garota 100% urbana. Deixei família e amigos para me mudar. Larguei tudo o que uma pessoa jovem não abandonaria”, afirma Eduarda Fernandes.

Para Eduarda, o fogo deixou tudo mais difícil na região. Assim, a área em que a jovem atuava foi sendo cada vez mais afetada. Por isso, desde setembro sua única atividade é o resgate de animais. Além de Eduarda, outros quatro voluntários iniciaram o trabalham junto a jovem. Com isso, eles se tornaram um dos primeiros grupos a auxiliar os animais. Porém, com o crescimento do fogo, centenas de pessoas passaram a ajudar de diversas formas.

Jovem Se Mudou Para O Pantanal E Lidera Resgate De Animais Vitimas Dos Incendios 1 500x500, Fatos Desconhecidos

Somente no início do ano, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), mais de 15,4 mil focos de calor foram encontrados no Pantanal. Normalmente, esses focos de calor representam incêndios. Isso torna o número o maior desde 1999, quando os focos de calor passaram a ser monitorados.

Entre os meses de janeiro a setembro desde ano, o Pantanal teve mais de 2,9 milhões hectares atingidos pelo fogo. Em números, isso significa que uma área corresponde a pouco mais de 19 vezes a capital de São Paulo esteve em chamas durante o ano de 2020.

Ela conta como é viver no Pantanal

Jovem Se Mudou Para O Pantanal E Lidera Resgate De Animais Vitimas Dos Incendios 2 600x338, Fatos Desconhecidos

Segundo Eduarda, a vontade de proteger os animais não existe de hoje. Isso porque, esse é um sentimento que já perdura desde a infância. “Sempre tive contato com os bichos e com o mato em outras regiões, por causa da minha família. Porém, eu morava na cidade e me considerada totalmente urbana”, afirma Eduarda. No entanto, tudo mudou quando ela começou a visitar o Pantanal. “Fiquei encantada com a biodiversidade. Há muitos animais por aqui, e isso me encantou”, completa.

Jovem Se Mudou Para O Pantanal E Lidera Resgate De Animais Vitimas Dos Incendios 2 600x338, Fatos Desconhecidos

Desde que a jovem se mudou para o Pantanal, Eduarda vive com seu noivo, Macedo Falcão, de 22 anos. “Desde 2018, moro e trabalho no Pantanal. A minha vida gira em torno daqui”, afirma Eduarda. Além disso, a jovem também pretende continuar o trabalho com os animais nos próximos anos. “No futuro, penso em cursar biologia ou medicina veterinária, por causa dos animais”, continua. Porém, de toda maneira, sua principal prioridade é conter o avanço do fogo no bioma. “Essa história de que o Pantanal pega fogo todos os anos é uma tentativa de diminuir o que está acontecendo aqui. Pode ter ocorrido queimadas anteriormente, mas nada nesta proporção. O que está acontecendo aqui não pode ser considerado normal”, completa Eduarda.

Como Chadwick Boseman pode aparecer em Pantera Negra 2?

Matéria anterior

Encontrada ossada de cão de estimação da Idade da Pedra

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos